Um vereador da cidade de Funilândia, que fica na Região Central de Minas Gerais, foi encontrado morto dentro do carro, em frente à Estação de Metrô do bairro Vila Oeste, em Belo Horizonte, no início da tarde desta quinta-feira (23).

Segundo a Polícia Militar, o corpo de Hamilton Dias de Moura (MDB), estava no banco do motorista, com várias perfurações por arma de fogo.

A Polícia não soube dizer se ele foi morto no local onde foi encontrado, nem a motivação do crime.

De acordo com as primeiras informações levantadas pela Polícia Militar, Hamilton Moura era também diretor do Sindicato de Motoristas e Empregados das Empresas de Transporte de Carga e Logística em Transporte Diferenciado, com sede no bairro Barroca, na Região Oeste da capital.

O presidente do MDB de Minas Gerais, Newton Cardoso Jr, enviou nota de pesar, lamentando "profundamente a morte prematura e inesperada do vereador de Funilândia, Hamilton de Moura, nesta quinta-feira, em Belo Horizonte, vítima de um crime brutal. Hamilton era presidente do MDB de Funilândia e coordenador do Núcleo Trabalhista do MDB em Minas Gerais".


Com informações de G1

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.