Inicia-se nesta segunda-feira (24) a proibição de venda de lanches considerados maléficos à saúde de crianças e adolescentes em escolas públicas e privadas de Minas Gerais. Na lista, estão inclusos alimentos como balas, refrigerantes, frituras e embutidos. Já bolos, barras de cereal e salgados assados, como esfirras e enrolados de queijo, continuam valendo.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a proibição é válida para os ambientes escolares, o que atinge tanto as lanchonetes terceirizadas internas quanto os vendedores ambulantes que ficam nas portas dos colégios, incluindo os serviços de entrega (delivery). 

Para especialistas, a maior dificuldade de implantação da legislação estadual, que foi promulgada em 2004 e regulamentada 15 anos depois, está nas escolas particulares, haja vista que instituições públicas já seguem a cartilha com alimentos saudáveis. Segundo a SES, a fiscalização do cumprimento à proibição será feita pelas vigilâncias sanitárias municipais. 
Continua depois da publicidade

O que pode e o que não pode

Alimentos cuja comercialização será proibida nas escolas:

I – balas, pirulitos, gomas de mascar, biscoitos recheados, chocolates, algodão doce, chup-chup, suspiros, maria mole, churros, marshmallow, sorvetes de massa, picolés de massa com cobertura e confeitos em geral;
II – refrigerantes, refrescos artificiais, néctares e bebidas achocolatadas;
III – salgadinhos industrializados e biscoitos salgados tipo aperitivo;
IV – frituras em geral;
V – salgados assados que tenham em seus ingredientes gordura hidrogenada (empadas, pastel de massa podre);
VI – pipoca industrializada e pipoca com corantes artificiais;
VII – bebidas alcoólicas, cerveja sem álcool e bebidas energéticas;
VIII – embutidos (presunto, apresuntado, mortadela, blanquete, salame, carne de hambúrguer, bacon, linguiça, salsicha, salsichão e patê desses produtos);
Ix – alimentos industrializados cujo percentual de valor energético provenientes de gordura saturada ultrapasse 10% (dez por cento) das calorias totais ou que tenha em sua composição, amido modificado, soro de leite, realçadores de sabores, sejam ricos em sódio e corantes e aromatizantes sintéticos;
X – outros alimentos não recomendados pelo Guia Alimentar para a População Brasileira.

Alimentos que podem ser comercializados nas escolas: 

I – frutas, legumes e verduras;
II – suco natural ou de polpa de fruta (100% fruta);
III – iogurte e vitaminas de frutas naturais, isolados ou combinados com cereais como aveia, farelo de trigo e similares;
IV – bebidas ou alimentos à base de extratos ou fermentados (soja, leite, entre outros similares) com frutas;
V – sanduíches naturais sem maionese;
VI – pães;
VII – bolos preparados com frutas, tubérculos, cereais ou legumes;
IX – produtos ricos em fibras (barras de cereais sem chocolate, biscoitos integrais,entre outros similares);
X – salgados assados que não contenham em sua composição gordura vegetal hidrogenada ou embutidos. Exemplos: esfirra, enrolado de queijo;
XI – refeições (almoço ou jantar) balanceadas em conformidade com o Guia Alimentar para a População Brasileira;
XII – outros alimentos recomendados pelo Guia Alimentar para a População Brasileira.

Com Mega Cidade


Aconteceu neste domingo, 23, no Km 630 da BR-135, em Curvelo, próximo ao Chalé da Prata, um grave acidente com um veículo de Cordisburgo.

O veículo Volkswagen Up, que voltava da Festa da Lavoura de Morro da Garça chocou-se frontalmente com uma carreta. 

O veículo era ocupado por três pessoas, sendo que o condutor LGVL, 25 anos, foi socorrido pelos funcionários da ECO Vias e encaminhado ao Hospital Imaculada Conceição, em Curvelo, em estado grave, tendo fraturado as duas pernas, um dos braços e sofrido perfuração em um dos pulmões. Ele passou por cirurgia na tarde deste Domingo.

O passageiro Miguel Dornas Vargas, 19 anos, de Cordisburgo, que ocupava o banco traseiro, também foi socorrido, contudo, faleceu pouco tempo após sua entrada no HPS. O passageiro Gustavo Ítalo Moreira, de 26 anos, de Araçaí, que estava no banco do carona teve morte instantânea, sendo seu corpo encaminhado ao IML de Curvelo.

O condutor do caminhão nada sofreu, sendo obtido resultado negativo no teste de alcoolemia.

Os corpos foram liberados aos familiares e serão sepultados em Cordisburgo e Araçaí.



Informações atualizadas em 23/06/2019 16:32h


As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) poderão ser feitas de 25 de junho a 1º de julho, na internet. O edital dos programas foi publicado hoje (31) no Diário Oficial da União.

O resultado da pré-seleção na modalidade Fies ou na P-Fies será divulgado em 9 de julho. No primeiro caso, o resultado será constituído de chamada única e de lista de espera. A pré-seleção dos participantes da lista de espera ocorrerá no período de 15 a 23 de julho. Já o P-Fies terá apenas a primeira chamada.

Em ambos os casos, para concorrer a uma vaga, é necessário que o candidato tenha feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, e tenha obtido nas provas uma média igual ou superior a 450 pontos. Precisa ainda ter tirado nota acima de zero na redação.

Para obter o financiamento, o interessado deve ter renda familiar mensal bruta per capta de, no máximo, três salários mínimos por pessoa e estar matriculado em um curso superior cadastrado no programa e que seja reconhecido pelo Ministério da Educação. Candidatos inadimplentes com o programa ou que já tenham sido contemplados anteriormente não podem participar.

ProUni e Sisu

Além de participar do Fies, os estudantes podem usar a nota do Enem para concorrer a vagas em instituições públicas de ensino superior pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições do Sisu poderão ser feitas de 4 a 7 de junho. Podem participar do Sisu, os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero.

Os estudantes interessados já podem consultar, na página do programa, as vagas disponíveis nas instituições e cursos oferecidos na edição do Sisu do segundo semestre.

Também é possível concorrer a bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições poderão ser feitas de 11 de junho a 14 de junho pela internet, no site do Prouni. As bolsas de estudo ofertadas são parciais, de 50% do valor da mensalidade, e integrais, de 100%, e são para o segundo semestre deste ano.

As bolsas integrais são destinadas a estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais contemplaram os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos.

Além disso, cada estudante precisa ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral. Também podem participar do programa estudantes com deficiência e professores da rede pública.

Os candidatos precisam ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 e ter obtido uma nota mínima de 450 pontos na média aritmética das notas obtidas nas provas do Enem. 

Outra exigência é a de que o aluno não tenha tirado zero na redação.

Por Agência Brasil


A Cordis Radical realizou neste último fim de semana, o Circuito de Trekking Comemorativo ao Dia Estadual do Cerrado na Cidade de Cordisburgo, proporcionando natureza, esporte e aventura para todos que participaram. 

Foi realizado um percurso de 12 km, percorrendo um trecho da estrada que liga Cordisburgo até o povoado do Onça, onde em determinado ponto o percurso se desenrolou em trilhas com trechos de transição entre cerrado e mata atlântica. 

O evento contou com narração do Grupo de Contadores de Estórias "Miguilim" pela integrante Heloísa, que narrou a Biografia do Escritor, no término já no Sítio do Norberto o evento foi encerrado com degustação de cachaça e licores artesanais produzidos no próprio sítio onde, os participantes apreciaram a produção artesanal tendo como acompanhamentos alguns petiscos tradicionais da culinária mineira. 

De acordo com os organizadores, acontecerá no mês de outubro outra etapa do Circuito de Trekking com percurso ainda a ser definido, mas que promete explorar e alavancar o turismo rural do nosso município que ainda é pouco explorado.











Um incêndio por volta das 04h30 da madrugada desta quinta-feira (20), na Lanchonete e Churrascaria Leite ao Pé da Vaca, localizada na Cidade de Paraopeba MG, na Rodovia BR 040, Km.436, sentido Brasília destruiu parte do estabelecimento.

O Corpo de Bombeiros informou ao site Tecle Mídia que o incêndio começou no forno a gás dentro da cozinha da lanchonete. O vigia iniciou o combate às chamas e logo em seguida acionou o Corpo de Bombeiros, que utilizou duas viaturas e cinco militares para combater as chamas.

O segurança que inalou muita fumaça, precisou ser socorrido para a UPA de Paraopeba, mas já foi liberado.

Ainda segundo os bombeiros, o incêndio queimou vários equipamentos da cozinha e da área de lanches e o telhado da lanchonete ficou parcialmente queimado.


A Legião da Boa Vontade (LBV) vai intensificar seu trabalho socioeducacional durante os meses de abril a agosto em todo o país, com a realização de ações emergenciais em prol de famílias em situação de pobreza que sofrem principalmente nesse período do ano, com as estiagens, as cheias e as baixas temperaturas.

A ação faz parte da campanha Diga Sim!, promovida pela LBV, e visa mobilizar a sociedade a fazer doações. Mediante os recursos arrecadados, a Instituição fará a entrega de cobertores e de cestas de alimentos em dezenas de municípios brasileiros.

A meta é entregar 17.500 cobertores no Distrito Federal e em cidades de Goiás, do Mato Grosso do Sul, de Minas Gerais, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e de São Paulo; e 12.500 cestas de alimentos, contendo itens básicos e que estejam de acordo com os costumes regionais, para famílias nos seguintes Estados: Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe e Tocantins.

Quando a LBV chamar, atenda com o coração: DIGA SIM! As doações para a campanha podem ser feitas no site www.lbv.org/digasim, pelo 0800 055 50 99 ou, ainda, diretamente em uma das unidades da Instituição (ver endereços no site www.lbv.org). Para saber mais sobre a entrega das doações, acesse LBVBrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.


Tecnologia do Blogger.