ma fazenda foi assaltada na madrugada desta quarta-feira (19), na zona rural de Araçaí. De acordo com informações, dez vítimas estariam no local no momento da ação criminosa.

Elas relataram que estavam dentro de casa na Fazenda Bela Vista, quando acordaram com movimento de luzes do lado de fora e ouvindo vozes, onde homens encapuzados e armados arrombaram a porta, entrando no local e anunciando o assalto.

Alguns autores ficaram na residência, enquanto outros foram até a Fazenda Correia, onde deixaram outro autor. O restante da quadrilha deslocou para residência da vítima F.C.C.M. de 26 anos, onde roubaram seu veículo Fiat Uno Way de cor prata, ano 2010, placa HLA-6291 e um veículo Fiat Uno de cor azul, ano 1994, placa GOM-8587, pertencente a vítima M.R.A.S. de 25 anos.

As vítimas homens foram amarradas em uma residência e mulheres e crianças em outra casa. Os autores eram sete indivíduos, todos com os rostos cobertos e um deles chamou uma mulher pelo nome, a qual de mediato o repreendeu.

Também foram roubados vários celulares, TVs, produtos eletrônicos, pertences pessoais, aproximadamente R$ 2.359,75 em dinheiro, bem como um pequeno cofre com moedas diversas.

Os autores fugiram nos veículos das vítimas. Durante o rastreamento, a autora R.C.S. de 20 anos foi abordada e na sua residência encontrada as roupas utilizadas no crime, três celulares e R$ 355,75 em dinheiro. Ela foi reconhecida pelas vítimas, sendo presa e encaminhada à Delegacia de Polícia com os materiais apreendidos.

O veículo Fiat Uno de cor azul foi localizado na Rua Professor Abeylard, Bairro Nossa Senhora das Graças em Sete Lagoas, sendo removido ao Pátio do Socorro Silva. Também o veículo Fiat Uno Way cor prata foi localizado na Rua Vinícius de Moraes, Bairro JK em Sete Lagoas, sendo removido ao Pátio do Socorro Fênix.

Por Mega Cidade


Passou por Cordisburgo neste "feriadão prolongado", uma pessoa muito especial e dotada de enorme capacidade para ajudar o ser humano.

Aqui, esteve no CAT - Centro de Atendimento ao Turista e acompanhou a chegada dos maratonistas do Caminhos de Rosa, que, desde 5ª feira - 06/9, se encontravam participando da grande jornada pelo interior do nosso sertão - vindos desde Andrequicé.

A Tina, para quem não sabe, é mesmo a Valentina Descolada - uma bonequinha linda e que pretende, para muito em breve, juntar-se ao grupo Caminhos de Rosa e em parceria, promover uma prova - mini maratona, dedicada às pessoas portadoras de alguma deficiência física.

Tina Descolada, é mesmo, fruto de um brilhante projeto que abraça a diversidade humana e promove ações para a Inclusão: oferecendo oficinas, palestras, vivências, contação de histórias, exposição de fotos e brinquedos inclusivos. O objetivo primordial é sensibilizar e favorecer a convivência natural com as diferenças.

A psicóloga Marta Alencar, é a criadora de Tina Descolada e mentora deste grande Projeto de Ações Inclusivas - Contatos (031) 99812-5448.

Setembro Verde - Dia 21/9, comemora-se o "Dia Nacional da Pessoa com Deficiência".

Reportagem Adriano Bossi




Durante 3 dias - 4, 5 e 6 de setembro, Cordisburgo recebeu diversas autoridades da área literária - tradutores e professores de diversas universidades brasileiras - UFMG, UFPR, USP, UFSBA, PUC-MG e também da Università di Roma e do Instituto Caro y Cuervo, de Bogotá/Colômbia.

Participaram de Conferências e Mesas Redondas, com a finalidade de se implantar em nossa cidade a Escola de Tradução das Obras de Guimarães Rosa.

Estiveram presentes neste importante evento literário, os professores/tradutores - Ettore Finazzi-Agrò - Università di Roma. 

Anna Palma (UFMG) - moderadora

Volker Jaeckel (UFMG), Raquel Samara (UFMG), Elisa Amorim (UFMG) - moderadora)

Sandra Stroparo (UFPR), Alison Entrekin (UFPR), Silvia La Regina (UFSBA), Cláudia Campos Soares - moderadora

Tereza V Ribeiro Barbosa (UFMG), Anna Palma (UFMG) e Marli Fantini

Alberto Bejarano (Inst. Caro y Cuervo) Bogotá/Colombia

Luiz Roncari (USP), Caetano Galindo (UFPR)

Márcia de Morais (PUC-MG), Patrizia Collina Bastianetto (UFMG)

O objetivo maior deste projeto é implantação da Escola de Tradução das Obras de JGR, além de consolidar em nossa cidade, cursos de línguas estrangeiras, curso de instrumental italiano, além de outras atividades voltadas para a população

O curso de Alemão já está acontecendo e do Italiano Instrumental, se encontra com as inscrições em aberto, ambos, sem custo algum para os alunos.

O encontro aconteceu no CAT - Centro de Atendimento ao Turismo, através do Museu Casa de Guimarães Rosa.

O encerramento do Cosmopolitismo do Sertão - 2ª edição - A língua italiana em diálogo, foi encerrado por Elisa Almeida e Ronaldo Alves, diretor do MCGR.

O Sertão está em toda parte...O Sertão é do tamanho do mundo.

Reportagem Adriano Bossi


Cordisburgo recebeu na noite deste sábado o Projeto Literatura e Música pelo Sertão Roseano, integrado por vários grupos culturais da cidade de Morro da Garça.

O evento aconteceu no auditório do Centro de Atendimento ao Turista - CAT, e foi iniciado com as jovens contadoras de estórias, que narraram trechos da obra de João Guimarães Rosa.

Logo após, o Grupo de Violão "Com a Corda Toda" apresentaram o melhor da música brasileira, passando por clássicos da MPB e finalizando com o rock ao som das violas.

A noite foi finalizada com uma grande apresentação do Grupo de Percussão e Música "Criartes Cultura", que fez o público se deliciar e dançar ao som da bela orquestra.

Na próxima sexta-feira, dia 21, as atrações estarão na cidade de Araçaí e passará ao todo por 7 cidades.

O projeto propõe a circulação dos grupos culturais da Casa da Cultura do Sertão de Morro da Garça por municípios do Circuito Guimarães Rosa, entre Setembro e Novembro de 2018, com o objetivo de fortalecer as atividades culturais existentes, incentivar novas criações e integrar culturalmente a região.

Por Lucas Gustavo
































A Escola Estadual "Cláudio Pinheiro de Lima" realizou nesta sexta-feira, sua Feira Científica e Cultural, um evento produzido a partir do esforço e do talento dos alunos.

Inicialmente, a diretora Patrícia Vaz, homenageou os alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Pública - OBMEP/2017, sendo eles João Victor Oliveira Romano, Marina Gabriele Marques de Lima e Yara de Souza Marcial, menções honrosas, e também a medalhista de ouro, Analice Cristina Marques de Souza. As professoras de Matemática, Glauciene Souza, Márcia Ribeiro e Lígia Rachel também receberam destaque.

A abertura do evento foi ensaiada pelos professores de Educação Física Rogério Marques e Francisca Samara, com a participação dos alunos e comunidade.

As alunas Evelyn e Alice cantaram acompanhadas por Fernando Rocha, Bruna Vieira, Rogério, Rodrigo e Toninho Maria.

Houveram também as apresentações do Grupo de Dança Maktube e do Grupo de Pastorinhas, além de dança dos alunos e do grupo de percussão formado na própria escola.

Ao fim das apresentações, foi dado início à mostra dos alunos com tomas como: Folclore e Plantas Medicinais, com os alunos do 6º ano A e B, com as professoras Denise, Sandra, Fabiane, Andreia e Karine como responsáveis; Cinema, com os alunos dos 7º A e 8º A, com Sara June, Francisca e Elcilene como responsáveis; Tipos de Energia, com os alunos do 9º ano, com Alcione e Julcione como responsáveis, A Arte, A Matemática e o Sistema Solar com alunos do 1º ano A e B, com Lígia e Simone como responsáveis; Energia Elétrica com os alunos do 1º C, com Jocelina, Jussara e Janine como responsáveis; O Antes e Depois das Drogas na Vida dos Famosos, com os alunos da EJA / Médio, com Jaqueline, Aline e Sâmella como responsáveis; Os Sentidos, com os alunos do 2º A e B, professores Ediléria e Izildete; Função Orgânica e Estrutura Molecular, com alunos do 3º A e B, com Júlio César e Meliza como responsáveis; O Mundo Encantado da Educação Infantil, com os alunos do Curso Normal, com Ione e Mônica como responsáveis e O Artesanato com a Educação Especial, apresentado pelos alunos da Sala de Recurso, com Walderleny, Elcilene, Janine e Karine como responsáveis.

" A Cultura de um povo é o seu maior patrimônio
Preservá-la é resgatar a história, perpetuar valores,
É permitir que as novas gerações
Não vivam sob as trevas do anonimato"
Nildo Lage

Por Lucas Gustavo
















































































Tecnologia do Blogger.