Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, detalhou em coletiva nesta segunda-feira (18) o calendário de pagamentos da segunda parcela do auxílio emergencial. Cerca de 60 milhões de pessoas receberão o benefício, dentro de três diferentes grupos. Nesse caso, tem direito a essa segunda rodada quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril.
Grupo 1 
O primeiro grupo divulgado pelo banco contempla os beneficiários do Bolsa Família, que possuem um calendário específico para o saque da segunda parcela. Veja datas:
Grupo 2 
Já o segundo grupo se refere aos brasileiros que não participam do Bolsa Família e que se inscreveram no programa via app e site. Por isso, eles receberão seu dinheiro apenas na Poupança Digital, por meio do app Caixa Tem ou pelo site da Caixa, a partir desta quarta-feira (20).
“Esse grupo representa 30 milhões de pessoas e receberá o depósito nas contas digitais. Essa parcela poderá pagar contas, como água, luz, gás, telefone, ou comprar produtos, como vestuário, alimentos, remédios, em sites parceiros da Caixa na internet, por exemplo”, afirma Guimarães.
Dia Mês de nascimento da pessoa 
20 de maio (quarta-feira)janeiro e fevereiro
21 de maio (quinta-feira)março e abril
22 de maio (sexta-feira)maio e junho
23 de maio (sábado)julho e agosto
25 de maio (segunda-feira)setembro e outubro
26 de maio (terça-feira)novembro e dezembro
Dessa maneira, esse grupo não precisa ir a uma agência e receberá o auxílio nas contas digitais. Desta vez, não será permitido a este segundo grupo fazer uma transferência DOC, como era possível na época do depósito da primeira parcela.
“Dois terços do primeiro grupo, ou seja, 13 milhões de brasileiros, realizaram DOCs para o filho, amigo, pai, etc, e isso gerava descontrole do ponto de vista dos saques”, explicou Guimarães.
Grupo 3
Os saques e transferências a partir das poupanças digitais serão liberados de acordo com um outro calendário. Além disso, pessoas com contas em outros bancos também se encaixam nesse terceiro grupo.
Ainda, os trabalhadores que receberam a primeira parcela do auxílio em outra conta terão o dinheiro restante na poupança digital transferido automaticamente para ela, seguindo esse calendário.
“Além de usar o dinheiro digitalmente, as pessoas poderão sacar em ATMs, lotéricas e outros bancos”, diz Guimarães.
Veja:
Esse grupo começa a sacar no sábado (23) e serão cerca de 2,5 milhões de pessoas contempladas por dia com o crédito, segundo Guimarães.
Guimarães lembrou que as agências continuam com “movimento tranquilo”, o que “demonstra que a organização, da maneira como foi feita quebrando em meses e espaçando o pagamento, funcionou”.

Última rodada da primeira parcela

Cerca de 8,3 milhões de brasileiros ainda vão receber nos próximos dias a primeira parcela. Segundo Guimarães, “esse é o último lote analisado pela Dataprev e entregue à Caixa no fim da semana passada”.
O calendário dessa rodada de saque segue a data de aniversário dos beneficiados. De acordo com Guimarães, cerca de 650 mil pessoas poderão sacar o dinheiro diariamente.
Veja o calendário dos usuários poderão fazer o saque da primeira parcela do auxilio emergencial e que não são do Bolsa Família:
Dias Mês de nascimento da pessoa 
19 de maio (terça-feira)janeiro
20 de maio (quarta-feira)fevereiro
21 de maio (quinta-feira)março
22 de maio (sexta-feira)abril
23 de maio (sábado)maio, junho, julho
25 de maio (segunda-feira)agosto
26 de maio (terça-feira)setembro
27 de maio (quarta-feira)outubro
28 de maio (quinta-feira)novembro
29 de maio (sexta-feira)dezembro
“Somando os usuários com beneficiários do Bolsa Família, serão 2,5 milhões de pessoas por dia podendo retirar o dinheiro”, sintetiza Guimarães.
O grupo de pessoas que está recebendo o dinheiro pela primeira vez pode fazer uma transferência para outra conta, além de poder sacar em espécie em caixas eletrônicos, agências da Caixa ou lotéricas.
O presidente do banco explicou que essa parcela de beneficiários receberá a segunda parcela em cerca de um mês, dentro de um calendário que ainda será divulgado.
Todas as pessoas autorizadas a receber o auxílio emergencial receberão três parcelas. “Só que receberão a primeira, depois de 30 dias a segunda e depois de mais 30 dias a terceira”, explica Guimarães.
Por InfoMoney

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.