A encomenda de um presidiário que cumpre pena no presídio Promotor José Costa, no bairro Santa Felicidade em Sete Lagoas, foi flagrada pelos agentes e estava endereçada para Gleison de Almeida Silva. O celular que foi encaminhado via Sedex, foi enviado por Marcos Antônio Soares Silva morador do bairro Interlagos.

Agentes penitenciários ficaram surpresos com tamanha ousadia do remetente em imaginar que o aparelho celular chegaria até o detento sem que fosse percebido na revista.

O presídio segue um protocolo bastante rigoroso no tocante as vistorias em produtos de higiene pessoal e alimentos dentro da unidade.

O aparelho celular foi recolhido e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Sete Lagoas.

Por Mega Cidade

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.