Marco Antônio Pereira sempre andou pelas ruas de Cordisburgo, até seus 18 anos, quando foi estudar Jornalismo em Belo Horizonte. O filho da Enir, da família Liboreiro, agora tem levado o nome da nossa cidade ainda mais longe ao se destacar no cenário mundial de cinema.

Em Cordisburgo, é conhecido como o Juninho, e muitos nem sabem que ele é diretor de filmes e suas produções já foram exibidas em todo Brasil e em muitos países como Canadá, Portugal, Itália, Rússia e Estados Unidos. 

Em julho de 2017, depois de muitos anos de trabalho na área, Marco, deu um novo rumo em sua carreira como diretor e poucos meses depois conseguiu encaixar seu filme Alma Bandida, gravado totalmente em Cordisburgo, em um dos três maiores e prestigiados festivais de cinema do mundo! 

O festival de Cinema de Berlim, conhecido como Berlinale, é o maior festival do mundo em termos de público. Todos os anos, em fevereiro realiza a Competição Oficial pelo Urso de ouro e prata. Sobre ganhar prêmios Marco diz que só exibir o filme em Berlim já é uma grande conquista.

E para quem pensa que Alma Bandida é sobre violência, não é bem assim. A produção mostra a beleza e a cultura de Cordisburgo ao contar a história de Fael, que quer se casar e construir uma família. O filme foi gravado com meninos locais acompanhados pelo diretor durante seis meses, no projeto Arte e Vocação. (Nos meses anteriores vimos aqui um vídeo produzido no projeto.)


Marco Antonio Pereira (Juninho) ex aluno das Escolas Mestre Candinho e Cláudio Pinheiro de Lima

Processo

Sobre as grandes e recentes conquistas Marco vê tudo apenas como mais um passo na árdua caminhada. “Todo começo exige muito esforço. É como uma plantação, a gente sofre para plantar e sofre para colher. Espero frutos surpreendentes” diz o diretor.

"Alma Bandida" está entre os 22 selecionados para a Berlinale Shorts  da 68ª edição do Festival de Berlim, que começa em 15 de fevereiro. As produções, vindas de 18 países diferentes, visam a realidade nos olhos e contribuem ativamente para o discurso sociopolítico atual", disse a curadoria da mostra.


Rafel Iago é o protagonista do filme de Ficção que está na BerlinaleShorts

Patrocínio

Marco está aceitando patrocínios para representar seu filme de maneira efetiva. É uma boa oportunidade de apoiar um jovem  cordisburguense que brilha no mundo, mas também de divulgar sua marca ao lado do Ministério das Relações Internacionais que já apoiou Marco Antônio com as passagens.

Vamos ouvir falar muito ainda desse cineasta de Cordisburgo.

Postar um comentário

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. É muito gratificante ver alguem levando nossa cultura a Sério ate porque são poucos que estao dando determinando valor sou cordisburguense mas atualmente moro em Belo Horizonte e trabalho cm projetos culturais e tenho oportunidade de ver, e trabalhar em produções de filmes sei que o trabalho serio e exige muita dedicação.
    Parabens por levar o Nome de Cordisbugo por esse mundo a fora. Sucesso

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS MEU AMIGO.. SEMPRE FELIZ COM O SEU SUCESSO! LEONARDO CALAÇA

    ResponderExcluir
  4. ACHOAACHO AS DELES SUPER GENIAL UM POTÊNCIA EXTRAORDIANRIO,UMA VISÃO AMPLA MUITO CULTURAL DINÂMICA
    PARABÉNS

    ResponderExcluir

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.