Último jogo em casa, estádio cheio e simples vitória para ser campeão. Seria moleza levar esses três aspectos em consideração para esperar uma vitória fácil do América sobre o CRB. Não foi! O Coelho sofreu muito diante de um adversário disposto a segurar o empate a qualquer custo. Mas o nervosismo em grande parte do primeiro tempo deu lugar a um bombardeio na etapa complementar. Eis que aos 20min, o zagueiro Rafael Lima completou cruzamento de Ruy e marcou o gol do título americano na Série B de 2017! Na noite deste sábado, 22.481 torcedores pagaram ingressos e assistiram, no Independência, à segunda conquista do time alviverde, campeão também em 1997.

O detalhe importante é que Rafael Lima integrava o elenco da Chapecoense vitimado pelo desastre aéreo na Colômbia, em novembro de 2016, antes da final da Copa Sul-Americana - se salvou do acidente porque não havia sido convocado pelo técnico Caio Júnior, um dos 71 mortos na tragédia. Ainda abalado pela dor da perda de vários amigos, o experiente defensor de 31 anos trilha uma trajetória de sucesso em Belo Horizonte e levanta a taça na condição de capitão. Ele marcou seu quarto gol na Série B e o sexto em 53 jogos na temporada.

A vitória por 1 a 0 mostrou as características do time armado por Enderson Moreira. Dos 20 triunfos, 11 foram por esse placar. De todos os campeões da Série B por pontos corridos, o América de 2017 foi o que menos marcou gols (46) e também o que menos sofreu (25).

O Coelho chegou ao bicampeonato com uma campanha de respeito: 73 pontos, 20 vitórias, 13 empates e apenas cinco derrotas (64% de aproveitamento). Bill, com nove gols, foi o artilheiro do elenco no campeonato. Favorito à taça, o Internacional terminou em segundo lugar, com 71. Ceará, com 67, e Paraná, com 64, também subiram à Série A de 2018.


AMÉRICA 1X0 CRB

AMÉRICA
Fernando Leal; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Juninho, Ernandes, Ruy (Zé Ricardo, aos 28min do 2ºT) e Felipe Amorim (Renan Oliveira, no intervalo); Luan e Bill
Técnico: Enderson Moreira

CRB
Edson Kölln; Marcos Martins (Marion, aos 23min do 2ºT), Adalberto, Flávio Boaventura e Diego; Olívio, Yuri, Rodrigo Souza (Tony, aos 24min do 2ºT) e Edson Ratinho; Chico e Zé Carlos (Neto Baiano, aos 42min do 1ºT)
Técnico: Mazola Júnior

Gol: Rafael Lima, aos 20min do 2ºT (AME)
Cartões amarelos: Juninho, aos 38min do 2ºT (AME); Neto Baiano, aos 18min do 2ºT. Edson Ratinho, aos 20min, Flávio Boaventura, aos 32min do 2ºT (CRB)
Motivo: 38ª rodada da Série B
Estádio: Independência
Data: sábado, 25 de novembro de 2017
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (CBF/SP)
Público: 22.481
Renda: R$ 98.353,00

Por Superesportes


Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.