Imagem: O Nacional
Diante das manifestações de protesto em todo o país, contra a posse do ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como ministro e também, por motivo de ações favoráveis ao ato da Presidente Dilma; a cada momento, novos episódios são apresentados.

E ainda, nesta quinta-feira, no final do expediente, desembargador cassou liminar que suspendia a nomeação de Lula, como super ministro.

O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1) - Cândido Ribeiro, derrubou decisão que suspendeu a posse de Lula no cargo de ministro da Casa Civil. O desembargador atendeu a um recurso da Advocacia Geral da União (AGU).

A posse foi suspensa na manhã desta quinta-feira, pelo juiz federal, Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara de Justiça Federal de Brasília, durante posse de Lula realizada no Palácio do Planalto.

No despacho, Cândido Ribeiro alegou "ausência de imparcialidade objetiva" do juiz federal. Para o ministro chefe da AGU - José Eduardo Cardozo; Catta Preta, tem se engajado contra o governo Dilma e de há muito tempo. Segundo Cardozo, muitas mensagens desse senhor, são tendenciosas e mostram claramente sua aversão ao PT.

A nova medida porém, ainda pode, não permitir que Lula exerça o cargo, uma vez que há outra decisão, essa da 6ª Vara de Justiça Federal, no Rio de Janeiro, em vigor.

As duas são de primeira instância e teriam juridicamente a mesma eficácia. 


Reportagem Adriano Bossi, com dados de André Richter - Agencia Brasil

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.