As reportagens alusivas à mais importante obra literária de Guimarães Rosa, começam a despontar nos grandes jornais brasileiros.

O Estado de Minas, um dos mais antigos e importantes jornais do nosso estado, publicou no início deste mês - 6/março, um Caderno Especial, com 8 páginas, abordando com detalhes a grande obra.

A matéria em homenagem aos 60 anos, do Grande Sertão:Veredas, é muito abrangente e foi produzida por uma equipe enorme, composta por profissionais de elite do grande jornal dos mineiros e tem a seguinte chamada: TRAVESSIA - O EM inicia homenagens aos 60 anos da obra fundamental de Guimarães Rosa, com relatos das jornadas de vidas e mortes de anônimos Diadorins do sertão mineiro em busca da própria identidade.

Pessoas que, como a misteriosa criação do escritor cordisburguense, tiveram coragem para enfrentar os perigos e, tão certas de si, vivem "o calor de tudo".

A reportagem retrata a figura de 7 pessoas (inclusive com fotos) de cidades do sertão mineiro e relata as suas histórias reais e autênticas. Histórias que se enquadram muito bem nesta obra roseana.

Pessoas de Cordisburgo, Três Marias, Paracatú, Pirapora e Buritizeiro, estão na grande reportagem e são testemunhas fieis da grande travessia do Grande Sertão:Veredas.

Obra literária do cordisburguense Guimarães Rosa, um dos expoentes da literatura nacional.


Reportagem Adriano Bossi, embasada em matéria da equipe do Caderno Travessia, do jornal "Estado de Minas"

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.