Cidades de Minas Gerais, notadamente as menores, estão articulando semana de paralisação em protesto e também, para chamar a atenção dos governos estadual e federal, face às dificuldades por que estão enfrentando.

Há, em algumas pequenas cidades, como a nossa, um autentico caos rondando, e os gestores, com a redução de receitas e cortes nas verbas, oriundas da Cidade Administrativa, em Belo Horizonte e igualmente de Brasília, em nível federal, estão à beira de ver suas cidades pararem.


Sem dinheiro em caixa e algumas enfrentando dificuldades enormes, começam a cortar salários e até demitir alguns servidores.


A fonte secou de vez e o efeito cascata, face a situação ruim da economia brasileira, deixa alguns prefeitos em panico, até porque, a crise nos cofres municipais poderá durar por muito tempo. 


Não há no momento nenhuma tranquilidade e até a AMM - Assoc. Mineira de Municípios, sentindo as dificuldades também, não está sabendo como lidar com o universo de 853 municípios mineiros.


Reportagem: Adriano Bossi

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.