Os mineiros precisam redobrar a atenção com a dengue no estado. Até o momento já ficou registrado exatamente 81.304 casos da doença. Só nesta semana foram 6.978 casos identificados, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.
Contudo, espera-se que nos próximos dias o número de casos venha a tomar tendência de queda, devido a estiagem típica desta época do ano. Os casos tendem a aumentar entre novembro e maio. 
Só em Belo Horizonte foram registrados 9.567, sendo que este ano (até julho) já se supera os casos do ano passado como um todo.
Os sintomas da dengue são: febre alta com início súbito; forte dor de cabeça; dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos; perda do paladar e apetite; manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores; náuseas e vômitos; tonturas; extremo cansaço; moleza e dor no corpo; e muitas dores nos ossos e articulações.
Já a dengue hemorrágica é mais perigosa. Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta: dores abdominais fortes e contínuas; vômitos persistentes; pele pálida, fria e úmida; sangramento pelo nariz, boca e gengivas; manchas vermelhas na pele; sonolência, agitação e confusão mental; sede excessiva e boca seca; pulso rápido e fraco; dificuldade respiratória; e perda de consciência.
Fonte: Brasil247Imagem: Fabrizio Pensati

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.