Imagem: Blog Jean Souza 
O ex-presidente Lula sentindo o grande "estrago" que o seu PT, a Presidente Dilma Rousseff e aliados políticos, estão causando ao país, passa por momentos de grande incerteza.

Face, a tantas falcatruas descobertas pelo Ministério Publico e Policia Federal, com a Operação Lava Jato, ele (Lula) tem procurado "evitar" que seus movimentos e entrevistas piorem ainda mais a situação e tem ficado na "moita".

E, para tentar conter a ideia de impeachment que está sendo cogitada em todo país, o ex-presidente, desde maio, vem tratando com os seus aliados mais próximos - vejam a que ponto chegamos - um encontro com o ex-presidente Fernando Henrique Cardozo - FHC, um dos lideres do PSDB, partido que vem efetuando forte oposição ao governo petista de Dilma Rousseff, face a tantos desmandos, que a opinião publica já cansou de tomar conhecimento.

O desespero do ex-presidente Lula, é tanto, que no inicio desta semana, aliados petistas, tentaram marcar um encontro com Fernando Henrique, mas não conseguiram, pois o mesmo está fora do país.

Lula, quer tentar barrar a pressão da oposição, que pede o impeachment da presidente Dilma, e deseja conversar com o PSDB, até mesmo por telefone, numa conversa rápida e discreta. Mas esse encontro tem que acontecer "rapidamente" pois, segundo ele (Lula), a situação em que o país foi colocado, não permite mais demora e nem adiamento.

A propósito desta dificuldade enorme por que passa o nosso país, o jornal inglês - Financial Times, em uma de suas edições desta semana, estampa este título: 
'Recessão e Politicagem - a crescente podridão no Brasil" e ainda, compara o Brasil a "um filme de terror"; ressalta também, no duro editorial, que a "incompetência, arrogância e corrupção abalaram a magia do país".

O FT, de Londres, reconhece entretanto, que as instituições brasileiras tem mostrado força e exalta a prisão de executivos das maiores construtoras do país.

Vamos aguardar o desenrolar dos acontecimentos, pois a expectativa do povo brasileiro é enorme, mas, tudo está indicando que o ex-presidente Lula, será o próximo petista a ser "enquadrado" pela Operação Lava Jato.


Reportagem: Adriano Bossi

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.