Foto: Viomundo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, será investigado criminalmente pela Procuradoria da Republica. Lula teria ajudado a Odebrecht e outras empresas, por suposto trafico de influencia no Brasil e também, em outros países.

Agora o petista é alvo de procedimento investigatório criminal.

Dinheiro recebido pelo ex-presidente por palestras, pode ser propina por lobby a favor da empreiteira. Ele (Lula) é suspeito de usar sua influencia no cargo para facilitar negocios da Odebrecht, com governos estrangeiros, onde a empreiteira ganhou contratos.

A documentação apresentada e investigada pela Procuradoria da Republica, com suposta vantagem de Lula, economicamente, teriam sido obtidas entre os anos de 2011 a 2014.

Para os procuradores, relações de Lula com a construtora, o BNDS e os chefes de Estado, podem ser enquadradas, "a princípio", em artigos do Código Penal.

Ainda em maio, o Instituto Lula, rebatou (negou) em nota a imprensa, tudo o que estava sendo divulgado, e que, o líder máximo do PT, não é lobista, nunca aceitou propinas, não olhava para interesses particulares e nunca favoreceu a ninguém, nem tampouco, os seus companheiros de partido.

Vamos aguardar o que a Procuradoria da República vai decidir sobre esta investigação (mais uma), sobre o ex-presidente Lula e seu Partido dos Trabalhadores.

Reportagem: Adriano Bossi

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.