Nesta segunda-feira (27), foram divulgados pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), os dados da criminalidade em Minas Gerais. Os roubos cresceram 10,7% nos três primeiros meses desse ano em comparação com 2014. As estratégias das polícias não conseguiram frear o número de roubos, em ascensão desde 2012. No primeiro trimestre de 2015 houve 25.781 roubos no Estado. Em 2014 foram 23.284 nos três primeiros meses.


Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Já os crimes violentos aumentaram quase 7%, subindo de 27.448 para 29.384. Por outro lado, os homicídios caíram 11,7%, estupros caíram 11,9% e ocorrências de sequestro e cárcere privado foram reduzidas em 25,2%. 
Em números absolutos, houve 1.195 assassinatos entre janeiro e março de 2014 em Minas. Em 2015 já foram 1.055. Em Belo Horizonte, 151 pessoas foram vítima de execuções, ante 229 no ano passado. Os estupros tiveram leve alta em BH, 73 contra 74. Em Minas, esse tipo de crime caiu de 386 para 361 em 2015.
Em comunicado, o secretário de Defesa Social, Bernardo Santana, apontou que o combate aos roubos deve ser priorizado pelas polícias. "Os dados de roubos, principalmente, são focos prioritários do nosso trabalho, pois esse tipo de ocorrência está sendo e será severamente combatida com a presença cada vez mais intensa de nossas forças nas ruas". Em 2012, Minas registrou 60 mil ocorrências de roubo. O número subiu para 76,5 mil em 2013 e 92,8 mil em 2014. Se mantida a média do primeiro trimestre, 2015 pode fechar em 100 mil ocorrências de roubo. 
Fonte: R7/SeteLagoas.com.br

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.