O “Um por todos e Todos por um” do Caldeirão do Huck gravado em Cordisburgo que contou a história da infância difícil e do projeto social desenvolvido pelo Sargento da Polícia Militar, Leonardo, vai ao ar nesse sábado, 30. Através do programa, a banda de música Vitalina Corrêa ganhou um espaço cultural onde crianças em vulnerabilidade da região terão aulas de música com violino, violão, piano, entre alguns instrumentos. 

Sgt Leonardo com Milton Nascimento e banda durante a gravação do programa que vai ao ar no sábado / Foto: Divulgação
Sgt Leonardo com Milton Nascimento e banda durante a gravação do programa que vai ao ar no sábado / Foto: Divulgação

E para mostrar que realmente são afinados e fizeram por merecer o novo espaço, crianças que compõem a banda, ao lado do idealizador do projeto, estiveram no estúdio do programa para gravar a apresentação que vai ao ar nesse fim de semana. Na prova que garantiu o “Espaço Cultural Haydeé Ferreira Viana” para a banda Vitalina, os músicos foram desafiados a tocar Canção da América para ninguém menos do que o cantor Milton Nascimento que aprovou a execução. 

Início da obra da sede da banda antes da participação no programa / Foto: Arquivo PessoalInício da obra da sede da banda antes da participação no programa / Foto: Arquivo Pessoal

Refeito das emoções dos últimos meses desde quando Luciano Huck esteve na sede do 25° Batalhão para anunciar que o quadro seria com o policial, AQUI, e da volta do apresentador para a entrega da nova sede da banda, AQUI, Sgt. Leonardo garante que o novo espaço vai mudar a vida de mais crianças em Cordisburgo. “A sede entregue vai servir de motivação para os músicos, pois encontrarão um local lindo e aconchegante. Muitas portas vão se abrir e novos músicos irão aparecer e fazer a banda ainda melhor”, confia.

E o novo espaço no dia da entrega com Luciano Huck / Foto: Arquivo PessoalE o novo espaço no dia da entrega com Luciano Huck / Foto: Arquivo Pessoal

Com o sonho da sede da banda realizado, o militar já pensa a frente e adianta que pretende levar música para crianças também dentro da escola porque com disciplina e estudo o policial que tem 16 anos de carreira transformou sua própria vida e agora pode dar um futuro melhor para as crianças da região onde vive. “O projeto música na escola é para atender os alunos e ensinar música dentro de sala de aula. O objetivo não é transformar os alunos em músicos profissionais, mas sim em cidadãos dispostos a viver neste mundo tão incerto”, vislumbra.

O nome do espaço, Haydeé Ferreira Viana, foi sugerido por Leonardo para homenagear sua vice-presidente na banda. Prova viva de que boas ações conseguem mudar o ambiente ao seu redor, o policial que viu na música a oportunidade de um futuro melhor para crianças carentes confia que com estudo e perseverança tudo na vida tem um tempo e avisa. “Nunca desista dos sonhos, eles chegarão ao tempo de Deus".

Fonte: SeteLagoas.com.br

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.