O publicitário Marcos Valério, condenado por envolvimento no esquema do mensalão, organiza sua vida com o objetivo de cumprir a pena de 40 anos, quatro meses e seis dias de prisão no presídio Promotor José Costa, em Sete Lagoas. Ele quer evitar a penitenciária de segurança máxima Nelson Hungria, em Contagem. Para isso, Valério mudou de residência e se casou com uma jovem de 21 anos arranjada por contrato de gaveta. 

Diferente dos tempos em que ficou famoso na TV, o publicitário, agora com implante de cabelo, é visto com frequência em restaurantes e pizzarias da cidade. Valério já foi visto na companhia de políticos da cidade e tem uma ligação próxima com o vereador Padre Décio. 

Marcos Valério quer cumprir pena em Sete Lagoas / Foto: Divulgação
Marcos Valério quer cumprir pena em Sete Lagoas / Foto: Divulgação

Valério já declarou à Polícia Federal que sua moradia oficial é uma mansão na fazenda Santa Clara, em Caetanópolis, a 30 quilômetros de Sete Lagoas. Caberá à Vara de Execuções Criminais e à Secretaria de Estado de Segurança Pública decidir se permite que Valério cumpra pena no presídio de Sete Lagoas. 

O publicitário também se casou com uma baiana de 21 anos, que mora em Sete Lagoas, para garantir o direito a visitas íntimas. Os dois firmaram um contrato de união estável feito por um advogado amigo de Valério, sem registro em cartório.

A casa penitenciária de Sete Lagoas possui 430 detentos, divididos em quatro alas, e não possui bloqueio para sinais de celulares. A maioria dos que cumprem pena em Sete Lagoas são presos por crimes como furtos. Já na penitenciária de segurança máxima, os detentos são alguns dos criminosos mais perigosos do Estado. 

Fonte: Jornal O GLOBO

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.