A reserva da Gruta Rei do Mato, patrimônio natural da cidade de Sete Lagoas, esteve ameaçada durante os últimos dias por focos de incêndio que se iniciaram na mata próxima a Siderúrgica Itasider e matas vizinhas. A ação de combate do Corpo de Bombeiros para evitar que o fogo chegasse a reserva durou mais de 24 horas.
Incêndio consumiu mata por mais de 24h / Foto: DivulgaçãoIncêndio consumiu mata por mais de 24h / Foto: Divulgação

Segundo o Sg.Josemar da 3° Companhia de Bombeiros Militares de Sete Lagoas, o fogo chegou a queimar aproximadamente 150 mil m² de área verde. “Pode ser até mais por que o fogo cruzou a serra, mas o trabalho foi importante para que o fogo não chegasse a reserva”, relata o sargento.
Bombeiros combateram as chamas / Foto:DivulgaçãoBombeiros combateram as chamas / Foto:Divulgação

Os focos tiveram início na última quarta-feira, 28, próximo às 11 da manhã e só foram controlados durante a manhã desta quinta-feira, 29. As suspeitas são de que o incêndio tenha sido criminoso. Foram necessários oito profissionais e três viaturas para impedir que as chamas atingissem a reserva.
3 viaturas foram utilizadas na ação / Foto: Divulgação3 viaturas foram utilizadas na ação / Foto: Divulgação

Apenas neste mês de Agosto, em Minas Gerais já foram contabilizados 1.031 focos de calor em unidades de conservação de todo Estado. A situação se agrava nessas épocas de tempo seco, e ações irresponsáveis como atear fogo em matas de rodovias e lotes podem gerar grandes catástrofes naturais.

Fonte: SeteLagoas.com.br

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.