Bombeiros em casa que teve o telhado destruído no bairro Jardim Brasil(Foto: Michelly Oda/G1)
Bombeiros em casa que teve o telhado destruído no bairro Jardim Brasil(Foto: Michelly Oda)

O Observatório Sismológico de Brasília ainda não informou qual a magnitude deste tremor.

3 tremores de terra assustaram moradores de Montes Claros,  na madrugada desta quarta-feira (19).
De acordo com a PM, o primeiro tremor ocorreu por volta das 2h50 e os seguintes ocorreram em um intervalo de 20 a 30 minutos.
Vários bairros da cidade ficaram sem energia elétrica por meia hora, segundo o Corpo de Bombeiros essa queda de energia pode ter sido causada pelos tremores.
Com medo, moradores sairam  fora de suas casas.
A ocorrência mais grave registrada pelos bombeiros foi uma queda de uma varanda no Bairro Jardim Brasil, região norte da cidade. No local moram quatro pessoas. “Acordamos com o tremor e logo as telhas caíram, saímos todos assustados, correndo para o lado de fora, apesar de já ter sentido outros tremores, este foi o que mais deu medo”, diz o proprietário da casa, Paulo Pereira.
Assustados, os moradores permaneceram do lado de fora das casas e, muitos afirmaram que havia a informação de que novos tremores ocorreriam. O especialista da Universidade de São Paulo, Marcelo Assumpção, que realiza estudos na região, disse que os abalos são imprevisíveis, portanto, não há como determinar o horário e o dia em que irão ocorrer.
A Polícia Militar recebeu 350 chamadas e o Corpo de Bombeiros de Montes Claros também registrou mais de 500 ligações. Eles orientam a população a ficar distante da rede elétrica e permanecer em estado de alerta.
Os terremotos aconteceram dois dias após a cidade ter recebido a visita de dois especialistas do Observatório Sismológico de Brasília e da Universidade de São Paulo, que apresentaram estudos sobre as causas dos abalos e tranquilizaram a população. Segundo os levantamentos, a principal causa dos abalos sísmicos é uma falha geológica situada entre a Vila Atlântida e a Serra do Mel. Os especialistas explicaram que a falha está situada entre 1,5 a 2 km de profundidade e tem 3 quilômetros de extensão, partindo no sentido da Vila Atlântida em direção a Serra do Mel (terminando num local onde não existem habitações), portanto, não passa em área situada debaixo de outros bairros.
Outros tremores
Em maio deste ano, cinco tremores de terra foram registrado em Montes Claros em quatro dias. No dia 10 de maio, o Obsis registrou dois tremores na cidade. O mais forte foi pouco antes das 11h, com duração de três segundos e intensidade de 4,2 graus na escala Richter. O segundo tremor foi registrado no começo da tarde. Não houve feridos, segundo o Corpo de Bombeiros. Até o mês de novembro foram registrados 174 eventos naturais, 60 destes foram registrados por quatro das nove estações sismológicas instaladas no entorno de Montes Claros.
Mais informações aqui


Fonte: Jornal Montes Claros

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.