$type=grid$count=3$m=0$sn=0$rm=0$show=home$hide=post

Coluna Anacrônicas - De Cordisburgo a Curdiá, uma viagem ao coração da Palavra

Em 2005 visitei Lavras Novas, um distrito de Ouro Preto, lugar mágico com a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres no centro do vilarejo, datada do século 18, e muitas casinhas, que chamo de Poesias de morar, e muitas igrejas e capelinhas, que passo a chamar de Poesias de rezar. Já me despedindo daquele burgo singular, atravessei a rua do restaurante onde sempre almoçava e dei de cara com uma minúscula capelinha de pau-a-pique. Como na piada, porque o cachorro entrou na igreja? Porque a porta estava aberta, no caso nem porta tinha, entrei. Num pequeno nicho entronizada estava uma imagem de madeira com a seguinte inscrição: Nossa Senhora da Palavra.

Chegando em São Paulo fui logo contar a novidade para a minha turma da Fundação Vieira Souto, que se reunia na hora do almoço na Editora Abril. Entidade sem fins lucrativos, a não ser nossas risadas mais gostosas, um bálsamo a que nos permitíamos para aliviar os reflexos de um ambiente corporativo tóxico em que trabalhávamos.

Isso foi numa quinta-feira. No domingo logo de manhã a voz de Carlos Machado ao telefone me dava conta que, apesar de ateu e agnóstico, recebera a visita de uma santa, que era negra e trazia no colo um bebê. Ato contínuo ele baixou nele este
poema-oração:

NOSSA SENHORA DA PALAVRA

Nossa Senhora da Palavra,

padroeira de quem escreve,

conselheira de quem fala.

Negra magnífica que governas

o rastro das sílabas;

mulher que iluminas

os descampados de Minas;

 e que guiaste a rosa de Drummond,

as penas de Alphonsus,

as veredas de Rosa.

 No ribeirão turbulento

de nossa fala,

dá-nos a graça de fisgar

com linha clara

o peixe arisco da palavra.

Do peixe vivemos.

Todos os dias — por vaidade

ou para nosso sustento —

enchemos o ar

e gotejamos no papel

incessantes cardumes de palavras.

Nossa Senhora da Palavra,

dá que possamos distinguir

entre o verbo que abraça

e o dizer que fere;

entre o termo solar

que acende a luz do diálogo

e o vocábulo sanguíneo

que declara guerra.

Praticantes humildes da palavra,

sabemos que há tempo de pescar

e tempo de lançar o anzol

para fisgar o vazio e o recolhimento.

Portanto, Senhora,

dá-nos a claridade magna da palavra

e a infinita sabedoria do silêncio.                                           

27/02/2005


Este poema-oração virou santinho, distribuído para o círculo de amigos, a maioria trabalhadores da Palavra, e logo a santa de tantos devotos já estava a merecer uma igreja. Mas a verdade é que poucas informações tínhamos sobre ela. Na época liguei para o setor de Turismo de Lavras Novas para saber mais sobre a imagem que tinha visto na capelinha da Rua Nossa Senhora dos Prazeres. A voz do outro lado foi enfática: “A senhora deve estar variando, aqui não tem nenhuma Nossa Senhora da Palavra”.

Comuniquei o logro aos já devotos que imediatamente me acalmaram: “Se não é real, ela apareceu para você e para o Machadinho. Imprima-se então a lenda e ela passa a ser a nossa padroeira”. Nesta altura a quantidade de devotos só aumentava. Não era possível voltar atrás. Notícias vindas de Madri davam conta que em 14 de janeiro ela era celebrada por lá.

Depois disso as buscas sobre a veracidade dos fatos em Lavras Novas ficaram paradas no devagar depressa dos tempos até que, em 2022, numa viagem que começa pela cidade do Coração, Cordisburgo, plena de reencontros, mais de dois anos depois da pandemia que nos imobilizou, resolvemos, Cleide, Moises, Murilo e eu, na volta, ir a Lavras Novas resgatar a estória. Saímos da Cidade do Livro Vivo, da Casa da Palavra,  para uma dobra do tempo, à procura do quem das coisas, em busca do mistério da Palavra. João Rosa devia de estar de carona nesta aventura, se rindo de felicidade, que se acha em horinhas de descuido.

Quando chegamos, desci do carro bem em frente a uma construção que me lembrava a capela da aparição. Entrei lá e constatei com tristeza que a vegetação tomara conta do recinto, resumido a uma ruína. Mas meu desejo de elucidar a estória não me fez desanimar. Exploramos um jardim, que remeteu ao da personagem Lina, de Corpo de Baile. As flores do cosmo ou brisa lá se apresentavam de cores variadas: branco, rosa, vermelho. Admirávamos o conjunto de construções singulares, curiosos de saber quem os arquitetara. O certo é que parecia ser alguém que viera a pé de Woodstock ou estivera também procurando o caminho para Machu Picchu.

Neste mesmo dia, na hora do Angelus, fomos caminhar e, vendo a igreja aberta, entramos bem na hora em que, no fim da missa, o padre abençoa os fiéis. Abençoáveis estávamos por Nossa Senhora dos Prazeres.

No dia seguinte, bem cedo, depois do café, avistei uma mulher quentando sol no pequeno jardim. Com o coração aos pulos coloquei a cara num portão azul amarrado com um cachecol e tentava explicar o que eu queria. A princípio ela se manteve reticente, achei até que ia repetir o que ouvira anos atrás: “Aqui não tem nenhuma Nossa Senhora da Palavra, você deve estar variando”. Mas aos poucos ela abriu um sorriso solar no rosto sério e veio desatar o nó da cancela. E se deu a comunicação.


Suzana me convidou a sentar, e explicou que estava colando as florezinhas amarelas que caíam porque não queria desperdiçar a beleza delas. Ela mesma na idade da desflor tinha a generosidade de prolongar a vidas das desflores. Moises, Cleide e Murilo chegaram, e ela foi buscar a imagem que eu presumidamente teria visto em 2005 na capelinha. Enquanto isso dois cães e a gata Miudinha vieram nos festejar efusivamente. Havia um quê de celebração no ar.

A emoção de rever a imagem fez meu coração saltar pela boca, mas me faltaram palavras diante de Nossa Senhora da Palavra. A imagem era a mesma que eu trazia na lembrança, já que nos tempos de máquinas analógicas e sem o recurso do celular, eu nenhuma foto tirara. Sobre uma toalha colorida a santa foi caprichosamente colocada, mas o enigma da inscrição com o nome continuava. Suzana disse que havia, sim, a inscrição, mas que era de papelão e se houvesse tempo ela procuraria.

Na verdade eu estava diante de uma Nossa Senhora muito particular, a de Suzana, que a batizou de Nossa Senhora dos Prazeres da Palavra. Da mesma maneira como Nossa Senhora de Monserrat se desdobra em Nossa Senhora da Palavra. Dois mistérios a ser estudados. O milagre que se deu em Madri se repete séculos depois em Lavras Novas.

Suzana, narrou então a fantástica estória de como chegou naquele povoado, na época fechado para o mundo, mas essa é outra história, fica pra uma outra crônica.

No vasto terreno de brisas, ou cosmos, e flores solares, Suzana manteve durante muito tempo uma casa de chá, onde também se apresentava como cantora e acordeonista. A construção tem um design singular e um nome curioso, Curdiá, que remete a cordial, ao coração.

Fomos convidados para uma Cerimônia do Chá no dia seguinte. Sentados a uma mesa enfeitada de flores, ela nos serviu um chá de capim-cidreira com malva e mel do cipó-de-são-joão acompanhado de um “bolo bobo” enfeitado de lantanas multicoloridas. Fazia parte da cerimônia a leitura de um livro artesanal que ela esteve e está escrevendo, colando flores e folhas secas, páginas ornadas com desenhos minúsculos feitos à mão, O Livro do Vazio, com reflexões de uma vida, reflexões sobre a Palavra. Parece que Suzana conhecia os versos do nosso poema-oração e neles se inspirara:

Praticantes humildes da palavra,

sabemos que há tempo de pescar

e tempo de lançar o anzol

para fisgar o vazio e o recolhimento.


O tempo com ela foi curto para tantas perguntas que ainda gostaria de fazer, muito por que a gente não quis interromper a narrativa de Suzana, muito riobaldiana. Refletindo sobre esse encontro e, posteriormente, vendo as postagens de Suzana no Face com arranjos de flores e mandalas que ela cria, a maneira como sacraliza e ritualiza o seu cotidiano, a coragem de se desgarrar de uma vida que não fazia sentido em Belo Horizonte, indo morar nesse lugar na época isolado, com muita parecença com tantos outros lugares por onde passei e onde tive ímpetos de me estabelecer: São Thomé das Letras, Arraial d’Ajuda, Trindade, Canoa Quebrada, sinto que ela é meu duplo que realizou o que eu queria ter realizado. Pra mim esta viagem foi mais que um resgate da estória da aparição da imagem de Nossa Senhora da Palavra. Foi como se tivesse entrado numa cápsula do tempo e encontrado o outro eu que viveu uma vida que eu queria ter vivido em toda a sua profundidade. Como disse Jung em seu livro Memórias, sonhos e reflexões: “Minha vida é a história de um inconsciente que se realizou”.

Ave, Nossa Senhora da Palavra, Ave, Suzana.

Ter vivido esses desacontecimentos importantes comprova que não somos turistas, mas viajantes caçando estórias, alegriazinhas e epifanias, à maneira de Guimarães Rosa.

Ave, Palavra. Ave, João. Ave, Suzana.


COMENTÁRIOS

SITE
Nome

À Luz da Bíblia,1,A Voz do Leitor,5,AAMCGR,30,Academia Cordisburguense de Letras,19,Ação Entre Amigos,1,ACESA,1,Acidente,51,ACINCOR,1,ADNAC,4,Adriano Bossi,564,Aeroporto,3,Agreste,1,Agricultura,19,AgroCordis,4,Agronegócio.,5,Agropecuária,11,Airsoft,1,América-MG,3,Amigos e Viola,2,André Zumzum,2,Andrequicé,1,Animais,1,Aniversário de Cordisburgo,21,Antonio Maria Clarete,18,Antônio Pereira de Souza,3,APAE,19,Apicultura,2,Aposentados,2,Araçaí,98,arma,20,Arquitetura,2,Artes,13,Artesãos,2,Assistência Social,25,Astronomia,7,Atlético-MG,11,Atletismo,3,Audiência Pública,3,Automobilismo,9,Aviação,2,Axé Cordis,1,Bagagem,5,Baldim,1,Bálsamo,1,Banda Asus,4,Banda de Música Vitalina Corrêa,31,Barack Obama,1,Baralho,1,Barra das Canoas,3,Barra do Luiz Pereira,6,bebidas,1,Belo Horizonte,33,Boletim MNEPL,3,Bombeiros,13,Bonde dos Balas,3,Brasil,389,Brasília,4,Brasinha,23,c,1,Cachoeira da Prata,1,Caetanópolis,44,Calamidade Pública,1,Câmara Municipal,125,Caminhada Ecoliterária,4,Caminhos de Rosa,23,Caminhos do Sertão,12,Campanhas,2,Campeonato do Povão,6,Campeonato Regional de Futebol,3,Capim Branco,5,Capoeira,3,Carnacordis,25,carnaval,34,Carvalho de Almeida,1,Casa de Leitura João da Cunha,2,Casa Elefante,2,CAT,1,catolico,31,Cavalgada,3,ceará,1,Celebrações,2,Chamada Pública,2,Chikungunya,1,Cia de Teatro Cafarnaum,1,Ciclismo,14,Cidade,23,Ciência,4,Circo,4,Circuito das Grutas,13,Circuito dos Cristais,6,Clara Nunes,1,Clube Vista Alegre,6,CODEMA,2,Coluna Anacrônicas,20,Coluna GaloCordis,1,Coluna Lucas Gustavo,5,Colunas,26,Comemorações,3,Comércio,11,Comitiva Arraial do Conto,1,Comitivas,1,Comunicação,2,Conceição do Mato Dentro,1,conclave,1,Concursos Públicos,18,Conselho Municipal de Turismo - COMTUR,1,Conselho Tutelar,17,Contagem,1,Cooperativa,2,Copa AMAV,6,Copa do Mundo,9,Copa Eldorado,6,Copa Juventude Para Cristo,22,Copa Musirama,1,Copasa,5,Cordis FM,1,Cordis Folclore e Cultura,2,Cordis Notícias,16,Cordis Radical,4,Cordis Uphill,1,Cordisburgo,2108,Cordisburgo Literária,1,Cordisburgo Sport Clube,11,Cordisburguenses,95,CordisFest,1,Corinto,4,Correios,4,Corrida Educa Cordis,5,Corrupção,1,CPL Notícias,1,CRAS,4,Creche,4,Crianças,21,Cruzeiro,2,Culinária,14,Cultura,349,Curiosidades,51,Cursos,16,Curvelo,103,Democrata de Sete Lagoas,3,Dengue,9,Denúncias,2,Descubra Minas,2,Destaque,1771,Diadema,1,Dilma,13,Drogas,50,ECO 135,11,Economia,17,Edilaine Souza,2,Editais,2,Editorial,3,Educação,222,EJC,2,Eleições,103,EMATER,17,EMBRAPA,1,Emprego,42,ENEM,16,Enquetes,3,Entrevistas,2,Éntrevistas,1,Enviadas,12,Equipe Alto Rendimento,1,Erik Alves,1,ERV Cordisburgo,1,Escola Cláudio Pinheiro de Lima,31,Escola Estadual Mestre Candinho,28,Escola Estadual Professor Anísio Teixeira,9,Escola Maria de Souza,1,Escola Municipal Octacílio Negrão de Lima,18,Escolinha Educa Cordis,2,Esmeraldas,1,Especiais,1,Esporte,267,Estados Unidos,1,EUA,2,Exército,2,FAB,1,faculdade,2,Família,1,Fazendinhas Pai José,1,Febre Amarela,1,Feira Sertaneja,7,Felixlândia,1,Ferrovia,18,Festas,214,Festival de Balé,1,Festival de Comida de Roça,2,Festival do Frango Caipira,13,Figuras de Cordis,4,Filmes,18,Fitness,2,Folia de Reis,11,Fortuna de Minas,4,Francielly Gaudêncio,1,Funilândia,6,Futebol,126,Futsal,45,Galeria de Fotos,6,GaloCordis,4,Governo,44,Grupo de Seresta,2,Grupo Estrelas do Sertão,23,Gruta,70,Gruta da Morena,2,Guarda Municipal,1,Guerra,1,Guimarães Rosa,106,Handebol,1,História,12,Histórias Cordisburguenses,5,Humor,2,IDEB,1,Idosos,3,IEF,7,Igreja,16,Impeachment,3,Imprensa,1,inaugurado,1,Incêndio,1,Indústria,4,Inhaúma,5,Inimutaba,3,inteligência,1,Internet,11,JEMG,3,Jequitibá,9,João Concliz,2,Jornal,2,Jornal Escolar,4,Junho,1,Justiça,8,Juventude FC,1,Koban,2,Lagoa Bonita,96,Lagoa Santa,1,Lar dos Idosos,11,LBV,5,Leilão,1,Literatura,81,Loterias,2,Loucos por Memória,1,Lucas Gustavo,502,Magnata Produções,1,Manifestações,1,Manoel do Norte,2,Maquiné,6,Maquinézinho,1,Marco Antonio Pereira,10,Mascarenhas,1,Master 50 Cordisburgo,19,Masterchef,2,Mato Grosso do Sul,1,Matozinhos,3,MEC,1,Medalha Anísio Teixeira,3,Medalha Guimarães Rosa,7,Medalha Mestre Candinho,4,Medalha Sinhá Araújo,9,Medalha Vovô Felício,6,MEGA,1,Megaupload,1,Meio ambiente,57,memória,1,Mexa-Se,11,Miguilins,14,Minas Gerais,345,Mineirão,2,Miss Grande Sertão,2,MNEPL,9,Moda,21,Montes Claros,3,Monumento Peter Lund,5,Morro da Garça,19,Moto Velocidade,1,Motociclismo,5,Mountain bike,17,Mugstones,4,Mulher e Trabalhador Destaque,3,Mulheres,7,Mundo,9,Museu,56,Música,56,nanotecnologia,1,Natal Fantástico,3,Natureza,3,Nota Oficial,6,Notícias,3226,Novembro Azul,2,OBMEP,2,Obras,43,Olimpíadas,6,Onça,2,Outubro Rosa,2,Paleontologia,4,Palmito,22,papa,1,Papagaios,1,Paraopeba,120,Patrimônio,2,Patrocinado,4,Peão,2,Pecuária,5,Pedreiro Fight Clube,1,Pedro Leopoldo,10,Periquito,10,Permacultura,1,Pesca,1,Pesquisas,1,pessoal,1,Plano Diretor,3,Poesias,4,Polícia,575,Polícia Civil,126,Política,209,Pompéu,3,População,1723,Post Patrocinado,2,Praça de Esportes,1,Prefeitura Municipal,189,Presidente Juscelino,2,Processo Seletivo,9,Produzart,1,PROERD,1,professores,7,Programação,3,Projeto Árvore é Vida,3,Promoção,4,Prudente de Morais,6,Quintino Vargas,1,Rádio,6,Rainha da Primavera,1,Rainha do Café,1,Raul,3,Real Cordis,3,Reclamações,2,rede publica,1,Reflexões,1,Região,610,Regina Pereira,20,relaçoes,1,Religião,116,ressaca,1,Reunião Câmara Municipal,116,Riacho Comprido,1,Ribeirão das Neves,2,Rio 2016,2,Rio das Velhas,1,Rio de Janeiro,4,Roda de Violeiros,2,Rodeio,9,Rodovia,35,Salário,5,Samu,1,Santana de Pirapama,22,São José das Lages,2,São Paulo,10,São Tomé,5,Saúde,304,Sebastião Alvino Colomarte,4,Secretariado,1,Seleção Brasileira de Futebol,9,Semana Roseana,81,Semana Santa,4,Senado,2,Sequestro,1,Ser Arte,1,Serro,1,Sertão,10,Sete Lagoas,214,SISU,4,Solidariedade,40,STF,1,Teatro,25,Tecnologia,9,Telefonia,5,Testemunhas de Jeová,1,Timóteo,1,Torcida Organizada,1,Torneio de Tiro ao Alvo,2,Trabalho,10,Tragédia,13,Trail Cordis,2,Trail Run,1,Trânsito,4,Transporte,3,Trekking,1,Três Marias,5,Troféu Dedê,4,Turismo,45,TV,24,uaitec,1,União Futebol Clube,7,UNIFEMM,2,Utilidades,406,Vagas de Emprego,6,Vereadores,146,Vestibular,2,Veteranos,1,Vídeos,14,Você Sabia?,1,Vôlei,1,Zika,4,Zona Rural,59,Zoológico de Pedras,3,
ltr
item
Cordis Notícias: Coluna Anacrônicas - De Cordisburgo a Curdiá, uma viagem ao coração da Palavra
Coluna Anacrônicas - De Cordisburgo a Curdiá, uma viagem ao coração da Palavra
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh3v6YVPy7P1OTsixH069tpEP3hn6m52bU5icdWS3p9JA0HrRr-K17s9HvQg-FEF6HX-Lhgt1IGFPaYUnBi24IFQjnGO-pCbksvSo25-5-sSHbnKuxnLaEUg36OmuYs2zmLcBltmEPo9Kmj5hcaFMfzPDufR5nZxZsZXPKcgMKThR9nYTOCfVuGBOH01A/w640-h480/suzanaeu.JPG
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh3v6YVPy7P1OTsixH069tpEP3hn6m52bU5icdWS3p9JA0HrRr-K17s9HvQg-FEF6HX-Lhgt1IGFPaYUnBi24IFQjnGO-pCbksvSo25-5-sSHbnKuxnLaEUg36OmuYs2zmLcBltmEPo9Kmj5hcaFMfzPDufR5nZxZsZXPKcgMKThR9nYTOCfVuGBOH01A/s72-w640-c-h480/suzanaeu.JPG
Cordis Notícias
https://www.cordisnoticias.com.br/2022/08/coluna-anacronicas-de-cordisburgo.html
https://www.cordisnoticias.com.br/
https://www.cordisnoticias.com.br/
https://www.cordisnoticias.com.br/2022/08/coluna-anacronicas-de-cordisburgo.html
true
352566166544178726
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhum post encontrado VER TUDO Ler Tudo Responder Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTS Ver Tudo NOTÍCIAS RELACIONADAS CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS OS POSTS Não foi encontrado nenhum post que corresponda ao seu pedido Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terrça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minute atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link em sua rede social Copiar Todo o Código Selecionar Todo o Código All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content