Diferentemente das copas anteriores, pela primeira vez, a torcida brasileira não pintou com destaque, seus muros e ruas de verde e amarelo.

Mostrando que a "pátria não vai calçar as chuteiras", os brasileiros ficarão na "muda e de chinelos" em casa, assistindo os jogos sossegadamente e torcendo sem muito entusiamo.

Mesmo considerada uma das favoritas, a torcida brasileira não se mostra entusiasmada com a "seleção canarinho".

A crise econômica, a corrupção e o desemprego, parecem ter ganho de goleada sobre a possibilidade de o Brasil ganhar a copa.

Mas, entretanto, essa Copa da Rússia é chance real do Brasil "reverter o que fez em 2014", diante da Alemanha, no Mineirão, quando caiu por 7 a 1 e foi fragorosamente humilhada.

Segundo Tite, treinador da seleção: "a falta de experiência no time brasileiro exige cautela para o Mundial", que agora se inicia, deixando no ar, um enorme desafio de contagiar o Brasil e melhorar o humor no País.

Certamente, mais uma vez, iremos gritar: "O Brasil é o país do Futebol". E, em assim sendo, acreditar na conquista do título na Rússia e ser novamente ovacionado como Campeão Mundial de Futebol.

Por Adriano Bossi

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.