O GEPMOR - Grupo Especializado de Prevenção e Mobilidade Rápida, estava patrulhando na Praça do CAT, no Centro de Sete Lagoas e foi acionado por uma transeunte e passou a situação de que havia uma jovem de nome V.C.C, 34 anos, perambulando no centro da cidade, estando grávida e com uma criança nos braços, alegando que iria tomar chumbinho devido uma vizinha ter mandado fazer isto a fim de melhorar a vida.

Ao GPMOR foi passado as características pessoais, neste ínterim o grupamento fez patrulha no centro localizando a mulher e a criança. A mulher estava bastante agressiva e com fala desconexas. O sargento Leonardo Leandro a interpelou sobre os fatos e diante da narrativa de que iria dar fim a vida e de sua filha tomando chumbinho, o graduado manteve um intenso diálogo até convence-la a entregar o veneno.

Diante disso, com ela e a criança ficou fora de risco, a mulher foi conduzida para um atendimento médico específico.

As viaturas de apoio da base de segurança comunitária conseguiu localizar o comércio de onde foi comprado o veneno e o autor foi preso e apresentado ao DP.

Com informações de Tecle Mídia



Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.