Na tarde deste sábado, 14/04, R. F. P., de 32 anos, que havia mandado de prisão preventiva em aberto, se entregou à Polícia Civil.

Conforme se apurou no inquérito instaurado pela Delegacia de Cordisburgo, em 10/11/2017 o indivíduo matou sua companheira, G. C. da S., de 35 anos, durante uma briga entre o casal, na casa onde viviam, em Cordisburgo.

Nenhuma testemunha presenciou o crime, mas o investigado confessou ter matado sua companheira com uma faca, durante uma discussão, e a necropsia constatou ferimentos perfuro-incisos na vítima, compatíveis com faca, na região esternal e do pescoço, que causaram sua morte.

Após a conclusão do inquérito a Polícia Civil representou pela prisão cautelar do investigado, que foi determinada pela Justiça.

O investigado não foi localizado pela polícia, mas sua família foi cientificada da existência da ordem judicial de prisão, e o convenceu a se apresentar à Delegacia de Plantão de Sete Lagoas, onde compareceu com sua advogada por volta das 15h deste Sábado, oportunidade em que foi preso.

Ele será transferido para o presídio de Sete Lagoas, onde aguardará seu julgamento.

Por Cordis Notícias

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.