Imagem: Divulgação 

A Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, por meio da Delegacia de Polícia Civil de Cordisburgo, concluiu nesta quarta-feira, 11/11/2015, 3 inquéritos policiais que apuravam furtos ocorridos na Fazenda Lagoa da Pedra, em Cordisburgo, de propriedade da empresa Gerdau Aço Minas S.A. 

A Polícia Civil investigou 3 fatos diferentes, sendo 1 tentativa de furto e 2 furtos consumados. No caso da tentativa, um casal, utilizando um automóvel com uma "carretinha" acoplada, carregou o veículo com madeira de eucalipto, sendo surpreendido por funcionários da fazenda, quando devolveram o material. 

Em outro caso, 2 homens, utilizando uma caminhonete, subtraíram biorredutor (carvão) que se encontrava depositado às margens de uma estrada que corta a fazenda. No último caso, 3 homens, utilizando um caminhão, cortaram pés de eucalipto da fazenda. 

Nos 2 casos de furto consumado, a Polícia Civil conseguiu que os autores reparassem integralmente o dano causado à empresa, em valor superior a R$ 2.000,00 (dois mil reais), com a entrega da quantia correspondente, por isso serão beneficiados pela figura do arrependimento posterior, com redução de pena que pode variar de um a dois terços. Os autores foram indiciados por tentativa de furto e furto, podendo ser condenados a penas de até 8 anos de reclusão.

Assessoria de Comunicação Polícia Civil



Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.