Projeto de lei reconhece o município como polo cultural devido às suas oficinas, músicas e artes plásticas. 

O relator, deputado Elismar Prado, opinou pela aprovação na forma do substitutivo nº 1

A Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) emitiu, nesta quarta-feira (18/12/13), parecer de 1º turno favorável ao Projeto de Lei (PL) 4.568/13, do deputado Duilio de Castro (PMN), que reconhece o município de Cordisburgo (Região Central do Estado) como a Capital Mineira da Cultura. O relator, deputado Elismar Prado (PT), opinou pela aprovação na forma do substitutivo nº 1.
Segundo o autor do projeto, a riqueza cultural de Cordisburgo enobrece Minas Gerais, com suas oficinas literárias, de música, de artes plásticas e de fotografia, palestras, apresentações teatrais, lançamento de livros, feiras de artesanato e shows musicais. A cidade também é a terra natal do escritor Guimarães Rosa.
O substitutivo nº 1 apenas acrescenta ao projeto que cabe ao Poder Executivo realizar estudos e tomar as providências necessárias para a efetivação da titularidade. O PL 4.568/13 segue agora para apreciação em Plenário.

 

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.