Prejudicando quem precisa fazer a leitura por algum motivo ou simplesmente alguém que queira passar o tempo com algum título, a biblioteca pública Dr. Avellar, na rua Lassance Cunha, 124, sofre com livros emprestados e não devolvidos. De acordo com a direção são aproximadamente 900 exemplares emprestados que não retornaram às prateleiras. Os livros didáticos, por exemplo, deixaram de ser emprestados por causa da inadimplência.

Fichas em atraso já somam 900 na biblioteca municipal / Foto: Marcelo PaivaFichas em atraso já somam 900 na biblioteca municipal / Foto: Marcelo Paiva

Diante da grande quantidade de exemplares que não voltaram a Biblioteca faz um apelo e pede a quem está com livro em atraso que faça a devolução o quanto antes. “É cobrado R$ 0,50 por dia de atraso, mas quem está a muito tempo sem devolver é só doar um outro livro que a dívida será perdoada.” Explica o funcionário e técnico em biblioteca, Rangel de Carvalho, mostrando três caixas com fichas que estão em débito.

Ainda segundo o funcionário muita gente tem vergonha de devolver por causa do tempo em que está com o livro, mas é importante que o exemplar volte para a Biblioteca. “Pra gente não faz diferença e a pessoa não vai sofrer nenhum tipo de constrangimento. O importante é que a pessoa devolva porque precisamos do livro”, finaliza Rangel.

Biblioteca conta com um acervo de 30 mil livros de diversos gêneros / Foto: Marcelo PaivaBiblioteca conta com um acervo de 30 mil livros de diversos gêneros / Foto: Marcelo Paiva

A Biblioteca Pública municipal tem um acervo de aproximadamente 30 mil livros de diversos gêneros. Para se filiar e ficar apto aos empréstimos o interessado precisa se cadastrar no local pagando uma taxa de R$ 2 e apresentando CPF, RG e um comprovante de residência.

Fonte: SeteLagoas.com.br

Quatro homens abasteceram um Tucson Hyunday em um posto de combustível no Bairro Jardim Primavera e saíram sem pagar, deixando um débito no valor de R$140,00. O funcionário do posto acionou a polícia que ao consultar a placa do veículo descobriu que o carro havia sido roubado em Contagem, no dia 13 de abril.
A Polícia Militar iniciou então cerco pela região e localizou o veículo roubado na Avenida Sérvulo Soalheiro, iniciando a perseguição do automóvel. Os suspeitos, então, abandonaram o carro no bairro Nova Cidade e iniciaram fuga a pé, pulando muros de casas na região.
Tucson roubado em Contagem é semelhante ao da foto / Foto: DivulgaçãoTucson roubado em Contagem é semelhante ao da foto / Foto: Divulgação
Os policiais realizaram cerco no quarteirão, com auxílio do Grupamento Policial GP Moto, onde os bandidos tentavam se esconder e localizaram três suspeitos, Lucas Raí Nonato Fraga, 21 anos, Daniel Mata da Silva, 19 anos, e Alex Miller Leles de Araújo, 20 anos.

Alex Miller que conduzia o veículo disse aos policiais que havia comprado o carro por 2 mil reais em Belo Horizonte. Na casa de Alex foi localizado e apreendido ainda um Certificado e Registro de Licenciamento de Veículo de uma Pick-Up Fiat/Strada que havia sido roubada em 3 de abril.

A Pick-Up teria sido utilizada pelos suspeito em um roubo de motores de barco, no mesmo dia em que foi roubada. Com os suspeitos ainda foram apreendidos 3 aparelhos celulares, uma bucha de maconha e a quantia de R$68,00 em dinheiro.

No veículo foram encontrado, também,  um pé de cabra e um alicate. Os suspeitos foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com os materiais apreendidos. A ação foi realizada na tarde dessa terça-feira, 16.

Na Rua Cosme e Damião , no Bairro Mata Grande, a PM recebeu uma denúncia pelo 190 da ação de dois homens suspeitos que estavam em um Ford Fiesta.

A policia foi até o local e iniciou a abordagem dos suspeitos que tentaram fugir a pé. Um dos homens, Rafael Dias Santos, 20 anos, foi interceptado. Durante a averiguação, a PM constatou que o veículo havia sido roubado, também em Contagem, no dia 11 de abril. Com Rafael foram encontrados três celulares, uma chave, uma aliança de prata e R$20,20.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. Não foi informado se há correlações entre os crimes.

Fonte: SeteLagoas.com.br

Os professores da rede estadual de ensino de Minas Gerais foram selecionados para participar do programa Líderes Internacionais em Educação (International Leaders in Education Program – ILEP). O programa é um curso de aperfeiçoamento no exterior com experiências para dar aulas nas universidades e escolas de ensino médio norte-americanas.

Representantes brasileiros do Programa em 2012 / Foto:AgênciaMinasRepresentantes brasileiros do Programa em 2012 / Foto:AgênciaMinasOs selecionados foram Angêla Barroso do Santos Duarte, da Escola Estadual Monsenhor José Paulino, em Pouso Alegre; Daniel César Maiochi, da Escola Estadual Professor Arlindo Pereira, em Poços de Caldas; Francine da Costa Cândido, da Escola Estadual Padre José Venâncio, no município de Pains; e Wirginia de Moura Carvalho, da Escola Estadual Benedito Valadares, em São Gonçalo do Pará.

A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Conselho Nacional de Educação (Consed) e a Embaixada dos Estados Unidos. O Ilep tem por objetivo oferecer aperfeiçoamento para professores de inglês de diferentes lugares do mundo. Os professores selecionados embarcam para os Estados Unidos em janeiro de 2014.

Fonte: SeteLagoas.com.br/Agência Minas

Nessa terça (9), por volta das 11h55, a 3ª Cia de Bombeiros Militar de Sete Lagoas atendeu a uma ocorrência na BR 040, km 466, no Barreiro, onde o caminhão Ford Cargo, placa MRO 7562 de Alegre/ES, conduzido por Michel Lacerda Carmo, de 31 anos, colidiu na traseira do caminhão bi trem, placa GVK 1867 de Várzea da Palma/MG, conduzido por Rafael Pires Ferreira, de 30 anos.

Acidente ocorreu no Km 466 da BR-040 / Foto divulgação BombeirosAcidente ocorreu no Km 466 da BR-040 / Foto divulgação Bombeiros

Foto divulgação BombeirosFoto divulgação Bombeiros

Após a colisão o bi trem desacoplou e tombou na pista de rolamento. O condutor do Cargo ficou preso as ferragens, sendo retirado pela guarnição de bombeiros e conduzido ao HPS municipal, consciente com traumatismo de crânio leve, suspeita de fratura nas pernas e escoriações generalizadas, ficando aos cuidados da equipe médica de plantão. O motorista do bi trem nada sofreu.

Fonte: SeteLagoas.com.br




              
Foi inaugurada no dia 22, em Curvelo, UTI Adulto do Hospital Imaculada Conceição e teve a presença do Secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, do prefeito Maurílio Guimarães, dentre outras autoridades. Com dez leitos, a obra custou mais de R$ 1,5 milhão, desde o projeto ao custeio dos medicamentos.
                  
Durante a solenidade, o secretário Danilo de Castro anunciou ainda novos benefícios para a cidade. Por ordem do Governador Anastasia, terá inicio a licitação da avenida que liga Curvelo a Cordisburgo por meio do Programa Estadual Caminhos de Minas. Aguardada desde 2006, o processo licitatório tem inicio dia 15 de abril.
                             
Além da licitação, Danilo de Castro falou sobre outros benefícios que irão para o Município, como máquinas e caminhões para reforçar a frota municipal que se encontra defasada.
                
“Hoje, o Governador Antônio Anastasia me pediu que cumprimentasse a todos e anunciasse a liberação de 03 caminhões, 02 rolos compressores, 01 motoniveladora para o Município”, encerrou o Secretário.

Fonte: UAI Noticias



Maria Júlia Felix
Maria Júlia Felix
A delegacia de Polícia Civil de Pedro Leopoldo está com toda equipe empenhada na investigação do desaparecimento de uma garota de 13 anos na cidade. Maria Júlia Felix (foto), de 13 anos, saiu de casa ontem para ir à escola e não voltou. A menina é aluna da Escola Estadual Rui Barbosa no centro do município.
Na sua página no facebook, amigos e amigas da adolescente estão deixando várias mensagens de solidariedade e clamando pela sua volta. “Maria Júlia que você esteja bem. Que Deus te proteja onde quer que esteja. Que você retorne para sua família o mais rápido possível. Que Deus dê força a todos e que isso se resolva o mais rápido possível”, escreveu Jussara Costa.
Thais Santos coloca a garota nas mãos de Deus e também pede ajuda para encontrá-la. “O Jú não faz isso com agente não, vê se aparece rápido, tá todo mundo doido atrás de você. Amo demais você menina, volta logo. Espero que você esteja bem e que papai do céu te ilumine onde é que você esteja”, disse.
Maria Júlia mora com os pais no Distrito de Vera Cruz de Minas. Qualquer informação sobre o paradeiro da garota pode ser passada a Polícia Civil e Militar através do disque denúncia unificado das duas polícias através do nº 181.
Outros telefones para contato são: (31) 8872-1090 / 82818556
Reportagem: Pacheco de Souza
Fonte: MIX Notícias

Pela primeira vez em Minas Gerais, a Receita Federal vai utilizar um helicóptero para fiscalizar contribuintes que estão sonegando impostos na construção de casas e prédios. A operação começou nesta terça-feira (2) em Belo Horizonte. De acordo com a Receita, foram selecionados endereços de 750 imóveis na Região Metropolitana. Os dados foram mantidos em sigilo. 

Helicóptero vai ajudar a fiscalizar quem sonega imposto em obras / Foto: Divulgação
Helicóptero vai ajudar a fiscalizar quem sonega imposto em obras / Foto: Divulgação

O objetivo é flagrar contribuintes que omitiram rendimento e aqueles que não pagaram impostos sobre a obra. Na manhã desta terça (2), a corporação realizou a primeira fiscalização aérea do estado. Dois pilotos – que são auditores da Receita Federal – sobrevoaram imóveis da Região Sul da capital. Com a vista aérea será possível filmar e fazer fotografias, uma estratégia para ter mais detalhes das moradias.

A Receita Federal arrecada, em Minas, R$ 130 milhões por ano com a contribuição previdenciária sobre construções. A expectativa é que, com este helicóptero, a arrecadação aumente 30%. A contribuição previdenciária sobre construções deve ser paga por qualquer pessoa que estiver construindo, reformando ou demolindo imóveis. Ela incide sobre a mão de obra contratada para o serviço.

A fiscalização com helicóptero já é realizada em outros sete estados, de acordo com a Receita. Até o fim do ano, a expectativa é de três mil endereços sejam vistoriados em Minas.


Fonte: SeteLagoas.com.br
Tecnologia do Blogger.