Visando garantir o desconto de 18% na conta de luz dos consumidores brasileiros e de até 32% para as indústrias prometido pela presidente Dilma Rousseff, o governo federal terá que desembolsar R$ 8,46 bilhões por ano. A informação é da Agência Nacional de Energia Elétrica, Aneel, órgão que regulamenta o setor.

Governo terá que desembolsar mais de R$ 8 bilhões para manter desconto prometido pela presidente / Foto: Marcelo PaivaGoverno terá que desembolsar mais de R$ 8 bilhões para manter desconto prometido pela presidente / Foto: Marcelo Paiva

Diferentemente do previsto em setembro do ano passado, o montante é duas vezes e meia o valor projetado inicialmente, R$ 3,3 bilhões. A redução anunciada pela presidente em seu pronunciamento de 7 de Setembro era de 16,2% para o consumidor e de até 28% para a indústria.

Segundo a Folha de S. Paulo, as concessões do setor elétrico que venceriam entre 2015 e 2017 tiveram suas renovações antecipadas, também para garantir a redução anunciada pelo governo. Porém as companhias Cesp, Cemig e Copel preferiram não aceitar a proposta e permanecer com seus contratos antigos.

Não foi esclarecido, porém, como e qual verba do sistema será usada para manter este desconto.

Fonte: SeteLagoas.com.br

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.