A Prefeitura Municipal de Cordisburgo atualizou seu boletim epidemiológico nesta segunda-feira, com 29 casos confirmados de Covid-19 no município.

A cidade chegou a 158 notificações, sendo 67 casos em monitoramento, 36 monitoramentos concluídos, 26 casos descartados e agora estes 29 casos confirmados. Não há informação de curados.

Este número de confirmações de casos de Covid-19 no município apresenta um aumento de 314% em um período de 10 dias. No dia 20 de Junho eram 7 casos, hoje são mais de 4 vezes mais.



Segundo a Secretária Adjunta de Saúde informou na última reunião da Câmara de Cordisburgo, o aumento de casos se deve ao fato de desde a primeira confirmação, a população tem procurado mais as unidades de saúde, e consequentemente tendo mais testes rápidos sendo efetuados.

Este rápido aumento acende alerta à população, visto que estas contaminações estão acontecendo de forma comunitária, ou seja, as pessoas estão contraindo o vírus dentro da própria cidade.

Na região, o número de confirmações é a seguinte: Sete Lagoas: 206, Curvelo: 119, Paraopeba: 19, Caetanópolis: 09, Jequitibá: 04, Santana de Pirapama: 03 Araçaí: 01.

É muito importante a conscientização da população, saindo de casa somente se necessário, utilizando máscara quando sair e seguindo os protocolos de higienização.


No início da tarde deste sábado (27), por volta das 12h30, a Prefeitura Municipal de Araçaí, publicou um comunicado informado o primeiro caso de coronavírus registrado na cidade. A paciente é uma mulher, que não teve a idade informada.

“É com imensa tristeza que informamos o primeiro caso de Covid-19 registrado no município de Araçaí. Trata-se de uma pessoa do sexo feminino que trabalha na rede de saúde do município de Sete Lagoas.”, diz a nota.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde de Araçaí, Cibele Aparecida, a família da profissional de saúde está sendo monitorada diariamente pela Equipe de Saúde da Família (ESF), e toda a família foi orientada a ficar em quarentena, para evitar a disseminação da doença.

“O prefeito pede à população que evite aglomerações, mantendo todos os cuidados e recomendações da OMS no combate ao vírus, principalmente lavando as mãos com água e sabão, usando álcool 70% e caso seja necessário sair de casa, use máscara.”, finaliza a nota.



Por Tecle Mídia


Nova morte por Covid-19 ocorreu em Sete Lagoas. Segundo o boletim epidemiológico desta sexta-feira (26), trata-se de um idoso de 78 anos, que estava internado no Hospital Municipal.

Oficialmente, agora a cidade tem 3 mortes pela doença, contudo, extra-oficialmente o número é 4 mortes. Conforme já publicado pelo Site Mega Cidade, um caminhoneiro que era morador de Sete Lagoas, Leonardo Alves Menezes de 39 anos, morreu nesta quarta-feira (24) em Timóteo. Este caso de morte por Covid-19 deverá entrar na estatística de Sete Lagoas, após o registro oficial pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG).

Aumento dos casos de coronavírus em Sete Lagoas

Nova morte por Covid-19 ocorreu em Sete Lagoas. Segundo o boletim epidemiológico desta sexta-feira (26), trata-se de um idoso de 78 anos, que estava internado no Hospital Municipal.

Oficialmente, agora a cidade tem 3 mortes pela doença, contudo, extra-oficialmente o número é 4 mortes. Conforme já publicado pelo Site Mega Cidade, um caminhoneiro que era morador de Sete Lagoas, Leonardo Alves Menezes de 39 anos, morreu nesta quarta-feira (24) em Timóteo. Este caso de morte por Covid-19 deverá entrar na estatística de Sete Lagoas, após o registro oficial pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG).

Aumento dos casos de coronavírus em Sete Lagoas

Mais 20 casos da Covid-19 foram registrados nas últimas 24 horas em Sete Lagoas: 14 homens e 6 mulheres. Assim sendo, o número confirmado subiu agora para 187.


Por Mega Cidade


Em Cordisburgo, MG, dos 518 contribuintes, apenas 451 cordisburguenses já prestaram as contas com o fisco.

Isso significa que 104 contribuintes ainda não enviaram seus rendimentos e documentos comprobatórios e eles têm até às 23h59min do dia 30 de junho.

Prazo de entrega IR 2020

Esse ano, devido à pandemia, o prazo para declarar Imposto de Renda mudou para 30 de junho, um acontecimento bem raro e que deu uma folga para muitos brasileiros que tiveram que adaptar suas rotinas de repente.

Considerando que tradicionalmente o prazo para entrega final é em 30 de abril, esse alargamento de dois meses ajudou muitos cidadãos a declararem com eficiência e com todos os documentos necessários.

Vale lembrar que, por causa do coronavírus, muitos bancos e instituições financeiras fecharam, impossibilitando a retirada de documentos obrigatórios para prestação de contas.

Portanto, se você faz parte dos cidadãos de Cordisburgo que ainda não declararam, é bom correr e fazer o quanto antes, uma vez que historicamente esses dias finais são de congestionamento no site da Receita Federal.

Além do mais, quem não entrega no prazo definido corre riscos de sofrer algumas penalidades.

Penalidades pela não entrega do IRPF

O contribuinte que não entregar o Imposto de Renda na data estipulada pode ter que pagar multa, que tem valor inicial em R$ 165,74 e pode chegar a até 20% do valor do imposto devido.

Além disso, é possível que o CPF seja suspenso, o que acarretaria numa série de problemas, desde a impossibilidade de abrir contas e pedir empréstimos até a impossibilidade de emitir passaporte e até mesmo ficar sem receber a aposentadoria.

As penalidades mais severas podem chegar a uma investigação de crime de sonegação fiscal.

Quem é obrigado a entregar a declaração

Se você se encaixar em algumas das hipóteses listadas abaixo, certamente você precisa agilizar o que ainda falta para ficar em dia com esse dever.

É obrigado a declarar quem:

  • recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;
  • recebeu rendimentos isentos acima de R$ 40.000;
  • teve, em qualquer mês do ano passado, ganho de capital na venda de bens ou realizou operações na Bolsa de Valores;
  • optou pela isenção de IR na venda de um imóvel residencial para comprar outro, se as duas transações ocorreram dentro de, no máximo, 180 dias;
  • até o último dia do ano a ser declarado, tinha posses somando mais de R$ 300 mil;
  • alcançou receita bruta acima de R$ 142.798,50 em atividades rurais;
  • passou a morar no Brasil em qualquer mês do ano passado.


Como fazer a declaração do Imposto de Renda

Realizar a entrega da declaração é bem fácil, ainda mais que os contribuintes contam com algumas opções para tal.

É possível contratar um contador, que já possui experiência e saberá tudo que precisa, até porque os melhores contadores sabem indicar as melhores opções para cada cliente, individualmente, de acordo com suas necessidades.

Aqueles que preferirem não pagar pelo serviço, podem fazer o download do programa oficial, no site da Receita Federal, e ir preenchendo por conta própria.

Há, ainda, a possibilidade de declarar com a Leoa, a plataforma autorizada que também não cobra nada para enviar a declaração, mas que, diferentemente do software do governo, faz tudo com a ajuda de uma assistente virtual, ou seja, facilitando todo o processo, que dura cerca de 25 minutos.

Quanto de restituição os moradores de Cordisburgo vão receber?

A importância da entrega da declaração o quanto antes e dentro do prazo é também para conseguir uma boa posição na ordem de pagamento dos lotes da restituição, realizada pelo governo.

A consulta da restituição é realizada no portal do e-CAC e os contribuintes que tiverem direito, encontrarão a mensagem "Em Fila de Restituição" no status do seu cadastro. Isso se o contribuinte já não recebeu, pois os lotes começaram a ser pagos em 29 de maio e o próximo pagamento acontece no mesmo dia do prazo final, ou seja, 30 de junho.

A liberação dos lotes do Imposto de Renda 2020, portanto, que começou em 29 de maio, respeitará a seguinte ordem de pagamentos:
  • 2º lote: 30 de junho de 2020;
  • 3º lote: 31 de julho de 2020;
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020; e
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020.

Infelizmente, não dá para saber em qual das datas cada contribuinte receberá o seu valor, que é depositado na conta corrente indicada no momento da declaração. O valor fica disponibilizado por até um ano para sacar e é atualizado com base na taxa Selic.

A ordem de pagamentos é por prioridades, e começa com os idosos com mais de 80 anos, depois os de 60, portadores de doenças graves e pessoas cuja maior fonte de renda seja proveniente do magistério. Os outros lotes são pagos por ordem de entrega de declaração.

Somente em Cordisburgo, R$ 235 mil serão devolvidos aos contribuintes e, aqueles que ainda não receberam e que não querem esperar até o último lote, o que pode demorar cerca de três meses, antecipar a restituição, através de fintechs como a Leoa ou dos seus bancos de preferência, é uma opção para receber o valor mais rápido.


Por Leandro Santos - Jornalista Contábil


No fim da tarde desta segunda-feira, a Prefeitura de Cordisburgo atualizou os dados sobre o coronavírus no município.

A cidade chega a marca de 15 casos confirmados da doença, pouco mais de uma semana após confirmar o primeiro caso.

São 116 notificações no total, sendo 48 em monitoramento, 35 monitoramentos concluídos e 18 negativos.

O último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, datava de 20/06/2020, e apresentava 07 confirmações. Com a atualização dos dados, em três dias, o número de casos confirmados da doença é mais que o dobro.

Nesta segunda-feira, a Secretária Adjunta do Secretário Municipal de Saúde, Giovana Campelo, esteve presente na Câmara de Cordisburgo para poder dar esclarecimentos quanto as ações desenvolvidas no combate ao coronavírus no município. Você pode ler a matéria CLICANDO AQUI.

Cordisburgo continua em uma curva ascendente de casos, tanto que decretou novamente o fechamento do comércio local, como você pode conferir CLICANDO AQUI.

Neste momento, é indispensável a conscientização da população, tomando as medidas preventivas, visando a diminuição do pico da doença.

Confira o boletim informativo de hoje:



A Câmara Municipal de Cordisburgo se reuniu nesta segunda-feira, 22, para a reunião extraordinária do mês de Junho de 2020, recebendo a Secretária Adjunta do Secretário Municipal de Saúde, Giovana Campelo, para discutirem sobre as ações que estão sendo tomadas quanto ao enfrentamento à pandemia de coronavírus.

A presidente da Câmara, Geralda Maria, convidou o Secretário Municipal de Saúde para estar presente na reunião, mas impossibilitado de comparecer, alegando compromissos, encarregou sua Secretária Adjunta de se reunir com os vereadores.

Giovana relatou que o acompanhamento a COVID-19 já está sendo feito há dois meses, cuidando desde o início como se já houvessem casos na cidade. Disse que a cidade fechou a segunda-feira com 12 casos confirmados e mais 2 casos testados positivos nos testes rápidos do Centro Municipal de Saúde.

Relatou ainda ter sido iniciada uma blitz educativa na última semana, a fim de conscientizar a população. Disse estarem orientando aos casos suspeitos que chegam ao Centro de Saúde de permanecerem em casa em quarentena.

Quanto aos testes rápidos, relatou que foram encaminhados pelo Ministério da Saúde, e existe um protocolo que só podem serem realizados testes em pacientes após o oitavo dia de sintomas, visto que antes disso o resultado poderia ser um "falso negativo". Quanto a testagem em profissionais de saúde, estes seguem o mesmo protocolo.

O vereador Aldair questionou as providências que estão sendo tomadas pela Secretaria de Saúde para os pacientes que assinaram termo de responsabilidade para ficarem em isolamento, visto que algumas pessoas nesta situação encontram-se transitando normalmente pela cidade.

Ela respondeu que é complicado que eles forcem as pessoas a ficarem em isolamento, visto que o papel da secretaria é orientativo. Disseram que chegaram a pensar em pedir ajuda da Polícia Militar, mas neste caso a única coisa a fazer é contar com a conscientização da população, visto que eles não podem ferir o direito de ir e vir das pessoas.

O vereador Paulo Eduardo questionou se foi cogitada a implantação de uma barreira sanitária, dizendo achar ser mais eficaz as barreiras dentro da cidade, a fim de acompanhar a própria população. Diz não estar tendo esclarecimentos da Secretaria de Saúde, visto que não teve seu ofício respondido.Disse que a população está desemparada de esclarecimentos das autoridades competentes. Expôs sua revolta de duas pessoas que relataram nas redes sociais que os vereadores deveriam ter "embolsado" o dinheiro recebido para o COVID. Disse ainda que a população tem reclamado que os fiscais da cidade não comparecem para averiguar denúncias. Disse que um dos integrantes da Virgilância Sanitária está sendo um dos maiores contribuintes para aglomeração nos bares de Cordisburgo, visto que está frequentando os bares da cidade.

Giovana respondeu que fizeram uma reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Cororonavírus, mas chegaram a conclusão de que a barreira sanitária não seria eficaz, visto que não adianta a higienização dos pneus, já que o interior do veículo não é higienizado. Relatou ainda que a maior parte dos que passam pelas entradas na cidade, não param na cidade, se dirigindo a outras cidades. Completou que a blitz educativa é mais válida por acompanhar a situação da população corodisburguense, descartando assim a possibilidade da instalação de barreiras nas entradas da cidade.

O vereador Ney Freitas disse que se reuniu com o Secretário de Saúde e a presidente da Câmara, tendo relatado a ele sobre o fato a ineficácia da barreira sanitária na entrada da cidade. Questionou se a Secretaria de Saúde possui recursos para comprar testes. Dissertou que a política nacional do Ministério da Saúde pode não ser a mais eficaz, visto que países pobres como o Brasil, como é o caso da Colômbia, o número de infectados por habitante é muito menor. Relatou que o isolamento social é importante, mas que as pessoas não estão sendo contaminadas em seus locais de trabalho, mas sim em eventos particulares, dizendo ser importante a educação da população e que a Prefeitura está fazendo a parte dela e que cabe a cada um conscientizar as pessoas próximas a tomarem as medidas preventivas. Elogiou as ações da médica Dra. Mariana.

A secretária disse que a cidade recebeu um montante em torno de 101 mil reais, mas que este valor está sendo utilizado para a compra de insumos como equipamentos de proteção individual. Informou não ver a necessidade de realizar a compra de testes, pois o Ministério da Saúde enviou 260 unidades de testes rápidos para a cidade. Disse que a expectativa é de 90% da população irá ser contaminada com o vírus, mas que o isolamento é essencial para que não haja uma contaminação muito grande ao mesmo tempo, e que cada pessoa reagirá de uma forma: algumas terão sintomas, outras serão assintomáticas e algumas podem até chegar a óbito, que é difícil precisar, mas enquanto isso a solução é aguardar a vacina. Ela relatou que as pessoas da cidade estão esquecendo das outras doenças, que a cidade tem muitos casos de Dengue, pois a população não está tomando as medidas preventivas.

O vereador Péricles solicitou a veiculação de carros de som com mensagens orientativas na cidade. Ainda demonstrou preocupação com locais como bares que fecham as portas e permanecem funcionando na parte de dentro e ainda mais com as festas "fundo de quintal" e com os jogos de baralho.

O vereador Paulo solicitou que seja mostrados registros de ação dos fiscais sanitários nos comércios da cidade, como ação de cumprimento do decreto. Disse que há mercearias que aproveitam para funcionarem em seu fundo como bares.

Giovana disse que o aumento repentino de casos em Cordisburgo se deu devido à confirmação do primeiro caso, visto que a partir deste, várias pessoas que tiveram contato e sintomas, que antes não procurariam as unidades de saúde, agora tem procurado atendimento médico e sido acompanhados.

Prosseguindo a reunião, foi votado o Projeto de Lei nº 04/2020 que Estabelece Diretrizes Gerais para a Elaboração do Orçamento do Município para o Exercício de 2021 e dá outras providências, sendo aprovado por unanimidade, com emendas.

Durante a palavra livre, o vereador Paulo Eduardo disse que a população da cidade tem se comportado como criança, já que todos sabem o risco que estão correndo, e que a população tem sido negligente e culpado o poder público e a área de saúde. Pediu a mesa diretora que envie ofício ao prefeito e departamento responsável para que faça o fechamento de praças e locais que estejam acontecendo aglomeração de pessoas. Disse não adiantar fechar o comércio e a cidade aos finais de semana ficar cheia de ambulantes e que a fiscalização deve atuar também nestes dias e feriados neste situação.

Quanto ao assunto do caminhão da prefeitura que há anos está em uma oficina de Paraopeba, na data de hoje ele e o vereador Aldair estiveram no local para fiscalização, não sendo autorizados a tirar fotos, mas que irão nesta terça-feira com mais vereadores para averiguarem a situação.

Solicitou que a Secretaria de Saúde encaminhe relatório do acompanhamento de denúncias por parte dos fiscais municipais, visto que se não estiver sendo feito, fará denúncia no Ministério Público. Relatou que em contato com o prefeito, sugeriu contratar empresa especializada para realizar fiscalização na cidade. Bastante revoltado, criticou a administração municipal, dizendo que os vereadores não são palhaços.

Finalizou, dizendo não ter esquecido do caso da servidora denunciada por desvio de iPhones da prefeitura, mas que não houve tempo na reunião para falar sobre o assunto.

O vereador Erivélton agradeceu os deputados Newton Cardoso Jr e Douglas Melo pelos recursos liberados para a cidade.

Aldair sugeriu colocar uma placa proibindo a entrada de vendedores ambulantes na cidade, visto que não é o momento apropriado para recebê-los. Solicitou o fechamento do Campo Laduzão, que tem gerado grandes aglomerações.

Péricles reforçou a palavra dos vereadores e reafirmou a solicitação de fechamento do Campo Laduzão.

O vereador Gilson denunciou que uma paciente sintomática relatou que o médico Dr. Sebastião solicitou que fosse realizado o teste rápido de Covid-19 e que a enfermeira responsável pelo Centro Municipal de Saúde se recusou a fazê-lo, discutindo com o doutor, sendo a paciente encaminhada a Sete Lagoas e tendo testado positivo para a doença. Afirmou que ao averiguar a situação, dois profissionais de saúde afirmaram a ocorrência e que a envolvida na ocorrência procurou o prefeito e o secretário e que não foram tomadas providências. Pediu que seja solicitado esclarecimento sobre o assunto.

A secretária Giovana pediu a palavra e disse não saber do caso apresentado, mas que tem acontecido algumas ocorrências de que pacientes que chegam não podem ser testados por não terem sintomas pelo prazo de oito dias e que neste caso os testes podem dar "falso negativo". Alguns casos acontecem de dar negativo por este motivo e em Sete Lagoas apresentar resultado positivo por ser executado outro tipo de exame, que apresenta resultados confiáveis em um menor espaço de tempo.

Edimar disse ficar triste com este caso em Cordisburgo e disse ter pedido bastante consciência da população rural do município e que há uma grande número de pessoas de outras cidades na zona rural.

O vereador Arnaldo pediu que também passe o carro de som na zona rural para conscientizar a população. Disse que cada um tem que cuidar, pois a saúde faz a parte dela, mas que as pessoas também tem que fazer sua parte. Continuou dizendo que nestes quatro anos nada foi feito com relação ao esporte na zona rural. Solicitou ações do DER, já que há vários meses uma ponte encontra-se danificada na MG-231, ainda dizendo ser necessário o patrolamento daquela estrada.

Ney Freitas realizou uma manifestação defendendo os comerciantes de Cordisburgo, dizendo não ter visto o comércio incentivando aglomerações e que as denúncias tem que ser investigadas, mas que não tem vistos irregularidades. Disse que a Vigilância Sanitária não investiga somente Covid-19, mas que tem que acompanhar de forma geral as condições de higiene dos estabelecimentos da cidade, e que os que estão fazendo entregas também tem que ser fiscalizados, para verificar se as entregas não estão servindo como forma de contaminação.

A presidente Geralda Maria disse estar sempre trabalhando e cobrando, mas que tem sido bastante criticados por algumas pessoas. Disse não ter compromisso com ninguém a não ser com ela e os eleitores e que está fazendo o trabalho do jeito que acha necessário e pediu que as pessoas respeitem seu jeito de trabalhar. Relatou uma atitude louvável que recebeu, ao conversar por telefone com Luiz Pereira, que lhe apresentou ideias e sugestões muito pertinentes. Solicitou mais fiscalização na zona rural, visto que há muitas reclamações de aglomerações em bares, dizendo ter acontecido até cavalgada recentemente.

Continou dizendo que o secretário de saúde disse a ela que manterá o Centro Municipal de Saúde para atendimento somente de casos de urgência e emergência como a COVID-19, e que para outros assuntos a população deverá procurar as ESF's, a fim de resguardar a segurança da população.

A reunião foi encerrada com a oração do "Pai Nosso".

Confirma a reunião completa abaixo:


A Prefeitura de Cordisburgo publicou nesta segunda-feira, 22, Decreto que retoma as medidas emergenciais restritivas na cidade, suspendendo parte das atividades econômicas.

O Decreto nº. 1.322, suspende no período de 22 de junho a 07 de julho, podendo ser prorrogado de acordo com a avaliação periódica do quadro evolutivo da COVID-19 no município, o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais de todos os gêneros, salões de beleza, bares, restaurantes, lanchonetes e similares em funcionamento no município.

Os estabelecimentos comerciais deverão manter-se fechados os acessos do público ao seu interior, entretanto as medidas restritivas não se aplicam às atividades internas dos estabelecimentos, liberando a venda com entrega via delivery, ou mesmo retirada no local, de alimentos devidamente embalados (quando se tratar de alimentos), desde que o consumo seja fora do estabelecimento e adotadas todas as medidas estabelecidas pelas autoridades de Saúde Pública.

Os bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres no interior de hotéis, pousadas e similares poderão ser mantidos para atendimento exclusivo aos hóspedes, desde que para consumo no interior de seus aposentos.

As atividades administrativas e os serviços essenciais de manutenção de equipamentos, dependências e infraestruturas referentes aos estabelecimentos citados no Decreto, poderão ser realizadas com adoção de escala mínima de pessoas e quando possível, por meio virtual.

Estas suspensões não se aplicam a farmácias, supermercados, mercados, açougues, peixarias, padarias, hortifrutigranjeiros, lojas de venda de alimentação para animais, distribuidores de gás e água mineral, instituições bancárias, estabelecimentos lotéricos, Correios, postos de combustível, velórios e funerárias.

Para estas exceções permanece proibido o consumo de alimentos dentro dos estabelecimentos aplicáveis.

Deverão ser adotadas medidas preventivas pelos estabelecimentos liberados, como organização de filas, assegurando o distanciamento seguro entre os clientes.

Não poderão permanecer no interior dos locais número superior a 8 clientes, deverão observar distância mínima de 1,5 m entre eles, além de disponibilizar álcool em gel e intensificar ações de limpeza e higienização.

Permanecem suspensos os eventos festivos, esportivos, culturais, religiosos, políticos, educacionais e outras atividades coletivas de qualquer natureza, em locais públicos ou privados, ainda que anteriormente autorizados.

Os estabelecimentos que descumprirem as determinações, serão notificados através de lavratura de Auto de Infração, podendo ter seus alvarás de funcionamento suspensos por 15 dias, 30 dias ou enquanto perdurar a pandemia.

Os órgão públicos funcionarão para atendimentos externos de 08h às 12h e como funcionamento interno das 13h às 17h.

Com este Decreto, fica obrigatório o uso de máscaras faciais nas vias urbanas e em todos os estabelecimentos comerciais.




Com informações de Prefeitura de Cordisburgo


O governador Romeu Zema (Novo) disse que, se a curva da COVID-19 continuar no ritmo que está, o sistema do saúde mineiro pode entrar em colapso em um mês. Ele solicitou a colaboração de todos os prefeitos para ajudar a controlar o avanço da doença. "Essa trajetória ascendente não pode continuar como está, caso contrário, em um mês teremos o estrangulamento total do sistema de saúde" 

Zema afirmou que o governo trabalha com a previsão de crescimento, mas está em ritmo acima do esperado. O governador pediu a colaboração dos mineiros para que o estado consiga controlar a doença  em Minas. 

"O mineiro vai ter que fazer a sua parte, caso contrário, nós poderemos perder tudo o que foi construído até o momento. Lembrando que Minas é o segundo Estado com melhor desempenho. Só estamos atrás do Mato Grosso do Sul no que diz respeito a óbitos por 100 mil habitantes". 

A preocupação do governo com a curva ascendente fez com que fossem feitas reclassificações dos municípios no programa Minas Consciente. O secretário de desenvolvimento, Fernando Passalio, informou que os 101 municípios da Região Centro de Minas devem voltar à onda verde, que permite a abertura apenas dos serviços essenciais. 

Em 15 dias, é a segunda reclassificação. A Região Centro já havia saído da onda amarela para a branca e, neste momento, retorna à verde.  Os municípios da Região Norte, que estavam na onda amarela, retornaram à onda branca. 

Ao todo, 146 municípios aderiram aos protocolos sanitários do Minas Consciente, abrangendo uma população de 3,5 milhões de habitantes.

Desse total, 290 municípios estão na onda branca, 53 na amarela e, a maior parte, 510 na onda verde.


Por Estado de Minas


A Secretaria Municipal de Saúde de Cordisburgo divulgou neste sábado, boletim epidemiológico atualizado com a situação de casos de coronavírus na cidade.

Ultrapassamos a marca de uma centena de notificações: 102 no total, sendo 55 monitoramento em andamento, 24 monitoramentos concluídos, 16 casos negativos e agora 07 casos confirmados.

A cidade vê um crescimento constante de casos. Até uma semana atrás não haviam confirmações da doença, e as notificações eram menos da metade da atual.

Este cenário deixa aceso o alerta vermelho. É importante a colaboração de comerciantes, população, visitantes e até mesmo do poder público, para que sejam tomadas todas as medidas de prevenção, para que a curva de contaminados não continue tão acendente como é agora.

Confira o gráfico de evolução de casos:



Prevenção

As recomendações de prevenção à COVID-19 são as seguintes:


  • Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.
  • Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
  • Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.
  • Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
  • Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas. Se puder, fique em casa.
  • Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar.
  • Durma bem e tenha uma alimentação saudável.
  • Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.


Por Cordis Notícias


A pandemia de coronavírus que assola todo o país não impediu que Cordisburgo celebrasse a devoção a seu Padroeiro Sagrado Coração de Jesus.

Este ano, devido as medidas de saúde, não foi possível a realização da esperada festa, mas a paróquia local diariamente realiza a "Reza do Terço" nos alto-falantes da Igreja Matriz.

Na noite desta quinta-feira, 18, aconteceu o levantamento do mastro, com foguetório, mas sem a presença de público e do tradicional congado.

Nesta sexta-feira, 19, feriado em Cordisburgo, toda a população fica apreensiva com os constantes e progressivos casos confirmados de Covid-19.

Neste fim de semana ainda seria vendido pela Igreja o costumeiro feijão tropeiro, entretanto, com as recentes confirmações da doença no município, os organizadores optaram por adiar esta venda, visando a saúde pública da população.

Os cordisburguenses pedem que Sagrado Coração de Jesus derrame suas bênção para que Cordisburgo se recupere logo desta triste situação de pandemia.

Confira abaixo um resumo de como foi a festa no ano de 2019:



Um alerta sobre os perigosos causados por uma lagarta ou taturana conhecida popularmente por Lagarta de Fogo, nome científico Megalopyge lanata, foi divulgado em grupos de WhatsApp, nesta terça-feira (16), em Matozinhos. A espécie que tem veneno potente pode provocar hemorragia interna, insuficiência renal e, em casos extremos, até a morte.

Conforme áudio divulgado por um morador, que não teve o nome revelado, a esposa estava debaixo do pé de manga quando uma lagarta desta espécie caiu em sua mão. “Rapidamente passamos álcool, mas a levei para UPA. Mostrei a foto do bicho para a médica e precisaram colocá-la rapidamente no soro. Me explicaram que o efeito do veneno é muito rápido. Graças a Deus depois tudo ficou bem. É uma coisa que não damos tanta importância, mas é um perigo”, disse.

O perigo desta lagarta foi confirmada pelo Bombeiro Civil Voluntário Denis Valério. “Em algumas pessoas pode dar complicações realmente. Já encontrei lagarta dessa espécie em Pedro Leopoldo e Matozinhos. É normal onde tem vegetação esse tipo de lagarta. É preciso redobrar a atenção para evitar problemas maiores. No entanto, é importante que os moradores não matem as taturanas, pois a produção de soro depende da lagarta viva”

O setor de Zoonoses de Matozinhos informou que o caso será investigado.

Mais sobre a Lagarta: Também conhecida como Lagarta-de-fogo, elas provocam acidentes cujo envenenamento é decorrente da penetração de cerdas ou espículas na pele e conseqüente inoculação de toxinas. Na maioria dos casos tem evolução benigna, sendo bastante comuns as queimaduras. No entanto, acidentes envolvendo lagartas do gênero Lonomia podem provocar risco de morte caracterizado por alterações na coagulação do sangue. Podem ainda surgir reações alérgicas e/ou inflamações na pele (dermatite).
Continua depois da publicidade

Onde Vivem? Vivem naturalmente em regiões de florestas, porém são encontradas em árvores, cultivadas isoladamente, no meio rural e áreas urbanas. Árvores onde são encontradas: Cedro, Ipê, Figueira do Mato, Abacateiro, Pessegueiro, Plátano, Araticum, Seringueira, Pereira, Ameixeira, Figueira, entre outras.

Cuidados imediatos após contato com as lagartas

– Lavar bem o local do contato com água corrente.
Continua depois da publicidade

– Elevar o membro afetado.

– Procurar atendimento no posto de saúde ou hospital mais próximo.

Se possível levar a lagarta a unidade de saúde para identificação e o tratamento correto.

Medidas preventivas

– Evite o contato com qualquer tipo de lagarta.

– Observe atentamente as folhas e troncos das árvores;

– Nas atividades de risco, proteja o corpo com roupas e luvas adequadas;

– Pinte de branco os troncos das árvores próximas às residências. Facilite a visualização das lagartas urticantes;

– Alerte os vizinhos e amigos sobre este perigo;

– Verificar se as folhas das plantas foram consumidas por insetos.



Com Por Dentro de Tudo


Nesta quarta-feira, 17, a Secretaria Municipal de Saúde de Cordisburgo confirmou mais dois casos de COVID-19.

Os dois indivíduos do sexo masculino já eram monitorados pelas equipes de saúde da cidade e na data de hoje realizaram exames que atestaram resultado positivo para a doença.

Este é o terceiro caso confirmado na cidade, sendo que das 81 notificações, 45 estão sendo monitorados, 24 já tiveram monitoramento concluído, sem necessidade de exame, e 09 casos já foram descartados.

O aumento de casos confirmados em Cordisburgo acontece bastante rapidamente nos últimos dias. Há uma semana atrás não haviam casos confirmados.

Confira o boletim epidemiológico da cidade:


Com este aumento exponencial de casos, é importante que a população cordisburguense se conscientize e tome todas as medidas necessárias para a prevenção do contágio da doença, além de priorizar pelo distanciamento social.

Qualquer cidadão que apresentar os sintomas deverá procurar uma unidade de saúde imediatamente.



A Prefeitura de Cordisburgo divulgou na tarde de hoje, em seu portal institucional. nota de esclarecimento do Secretário Municipal de Saúde sobre os atendimentos realizados com suspeitos de COVID-19 na cidade.

Nesta segunda-feira, dezenas de pessoas que tiveram contato com o paciente que testou positivo para a doença, estiveram no Centro Municipal de Saúde Jenny Negrão de Lima para se consultarem, como medida preventiva. Entretanto, pelas redes sociais, alguns deles fizeram reclamações quanto ao atendimento, relatando não terem passado pelo teste de coronavírus, além de terem assinado um termo se comprometendo a permanecerem em quarentena em suas residências. Alguns, inclusive fizeram o teste por conta própria.

Nesta terça-feira, a Prefeitura de Cordisburgo publicou um esclarecimento, assinado pelo Secretário Municipal de Saúde, conforme segue abaixo:

Venho através deste, informar a V. Exa. que os atendimentos realizados no Centro Municipal de Saúde Jenny Negrão de Lima no dia 15/06/2020, foram através de acolhimento individual e atendimento pelas Enfermeiras Maryana de Lourdes Xavier Silva COREN/MG – 568152 e Rossana Maria Silva Viana COREN/MG – 552354, e pelo Médico Dr. Sebastião de Souza Leite CRM/MG – 5950, seguindo os Protocolos do Ministério da Saúde e a Nota Técnica COES MINAS COVID-19 Nº 47/2020 – 09/06/2020 em anexo.

Diante disto, cabe informar que todos os pacientes atendidos na referida data, não se enquadravam nos critérios para realização de testagem do COVID-19, porém orientados a qualquer alteração do quadro clinico a procurar imediatamente a Unidade de Saúde. Sendo assim, assinaram o TERMO DE DECLARAÇÃO conforme Portaria Nº 454 do Ministério da Saúde de 20/03/2020, devendo ficar em isolamento social pelo período de 14 (quatorze) dias, monitorados diariamente via telefone pela Equipe de Enfermagem.

Na oportunidade, cabe salientar que as únicas medidas eficazes no combate ao COVID-19, ainda são o isolamento social, a higienização das mãos e objetos, o distanciamento pessoal e o uso de máscaras.

O Ofício na íntegra pode ser conferido por ESTE LINK.

A Nota Técnica que o documento faz referência pode ser acessada CLICANDO AQUI.



Fonte: Site da Prefeitura de Cordisburgo


Subiram para 79 os casos confirmados de coronavírus em Sete Lagoas. O município registrou 15 novos casos desde a última sexta-feira (12): 13 homens e 2 mulheres. O número de pacientes em isolamento domiciliar são 37 e curados 36.

O número de notificações chegou a 1952 e 13 pessoas estão hospitalizadas com síndrome respiratória aguda grave, destas 9 em enfermarias e 4 em leitos de UTI (7 com resultado positivo para Covid-19 e outros 6 aguardam o resultado de exame).


Por MegaCidade


A Prefeitura Municipal de Cordisburgo, através da Secretaria de Saúde, confirmou na manhã deste domingo o primeiro caso de Covid-19 na cidade.
A informação foi confirmada através do portal institucional e das redes sociais da administração municipal.



Cordisburgo conta até a data de hoje, 14 de Junho, com 47 notificações, sendo 27 síndromes gripais leves em monitoramento, 15 monitoramentos concluídos, 04 casos descartados e agora 01 confirmação.

O caso confirmado trata-se de um indivíduo do sexo masculino que já vinha sendo monitorado pelo profissionais de saúde da cidade, e neste sábado foi transferido para UPA de Sete Lagoas, tendo o diagnóstico confirmado. Ele foi transferido para o Hospital Municipal Monsenhor Flávio D'Amato para a continuação do tratamento, conforme informou a Secretaria Municipal de Saúde ao Cordis Notícias.

Confira o boletim epidemiológico da cidade:


Com esta confirmação, é importante que a população cordisburguense se conscientize e tome todas as medidas necessárias para a prevenção do contágio da doença, além de priorizar pelo distanciamento social.

Qualquer cidadão que apresentar os sintomas deverá procurar uma unidade de saúde imediatamente.

Prevenção

As recomendações de prevenção à COVID-19 são as seguintes:

  • Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.
  • Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
  • Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.
  • Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
  • Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas. Se puder, fique em casa.
  • Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar.
  • Durma bem e tenha uma alimentação saudável.
  • Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.



O pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começará no fim de junho e irá até o meio de novembro. As datas serão organizadas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiados. De acordo com a estimativa da Caixa, 60 milhões de pessoas receberão, cada uma, R$ 1.045 em todo o país.

O cronograma foi anunciado hoje (13) em entrevista coletiva virtual concedida pelo presidente do banco, Pedro Guimarães. O anúncio havia sido feito em abril pele equipe econômica do governo federal.

O processo envolverá dois calendários: um de crédito em conta e outro de saque. O primeiro procedimento será realizado semanalmente, às segundas-feiras, começando no dia 29 de junho e indo até 21 de setembro. A exceção será o dia 8 de setembro, terça-feira, em função do feriado da independência.

O crédito será encaminhado a contas da Caixa que serão abertas para pessoas e podem ser acessadas pelo app CaixaTem. Com essa ferramenta, a pessoa não poderá sacar imediatamente ou fazer transferência, podendo pagar contas, realizar compras pela internet e efetuar pagamentos em até 9 milhões de estabelecimentos utilizando a tecnologia de QR Code.

Já os saques serão liberados aos sábados a partir do dia 25 de julho. A partir de 17 de outubro, eles serão autorizados de 15 em 15 dias. Nos dois casos, as datas avançam conforme o mês de nascimento do beneficiário. O calendário detalhado será publicado no site da Caixa.

Os saques poderão ser feitos em postos de autoatendimento da Caixa e em lotéricas. Também será possível a partir desta data realizar transferências para outras contas da Caixa ou de outros bancos. Guimarães argumentou que o impedimento da transferência logo quando do envio do crédito visou evitar aglomerações de pessoa que repassavam o dinheiro para outras contas e iam retirá-lo.

Calendários

>> Para crédito em conta
Mês de aniversárioDia do depósito
Janeiro 29/06
Fevereiro 06/07
Março 13/07
Abril 20/07
Maio 27/07
Junho 03/08
Julho 10/08
Agosto 24/08
Setembro 31/08
Outubro 08/09
Novembro 14/09
Dezembro 21/09

>> Disponível para saques e transferências
Mês de aniversárioDia da liberação
Janeiro 25/07
Fevereiro 08/08
Março 22/08
Abril 05/09
Maio 19/09
Junho 03/10
Julho 17/10
Agosto 17/10
Setembro 31/10
Outubro 31/10
Novembro 14/11
Dezembro 14/11
Perguntado sobre o tempo para início do pagamento, o presidente da Caixa justificou o cronograma pela necessidade de planejar os procedimentos. “Em nenhum momento se falou em pagar todos na segunda-feira. O que se falou com começar o calendário e o pagamento. Estamos fazendo de forma digital de forma mais acelerada do que o saque imediato. Vamos começar no dia 29 porque precisamos abrir as contas digitais, que são 60 milhões e você não abre isso da noite para o dia. É uma base de dados muito grande”, afirmou.

Todos com saldo de FGTS têm direito ao benefício. Contudo, há um limite para o saque. Se a pessoa tem menos do que R$ 1045 de saldo, poderá apenas retirar o que estiver na sua conta. Quem não desejar receber o recurso deve notificar este desejo por meio do App do FGTS, até 10 dias antes do crédito. Se o correntista não fizer nada e não mexer no dinheiro, ele será devolvido à conta do FGTS após o fim de novembro.

A conta poupança digital aberta não envolve a cobrança de tarifa. Mas a movimentação nela tem o limite de até R$ 5 mil. No total, serão movimentados R$ 37,8 bilhões na disponibilização dos recursos para o saque emergencial.


Por Agência Brasil
Tecnologia do Blogger.