No último Domingo, 25 de Março, aconteceu em Curvelo a 1ª Corrida da Paz, corm organização da BR Mais Eventos, apoiada pela Prefeitura de Curvelo.

Entre os cordisburgunes, Ana Maria conquistou a segunda colocação na categoria 4 a 7 anos. Um fato interessante é de que ela tem 3 anos e 3 meses, portanto participou de uma categoria superior a sua idade.

Cauã Felipe conquistou a terceira colocação na categoria 7 a 10 anos.

Na categoria de 9 a 13 anos, Yasmin Emanuelle conquistou a segunda colocação.


Na categoria adulta principal, Carlos Gomes Fonseca foi o vencedor nos 12 Km da prova, e conquistou a 7ª colocação geral.

Carlos já é conhecido em representar o nome de Cordisburgo nas provas de atletismo. Ele conquistou as duas últimas corridas organizadas em Cordisburgo: a I Educa Cordis e o I Cordis Uphill, ambas ocorridas no ano de 2017.

A família de corredores cordisbuguenses participou do evento representando o Instituto Arraial do Conto, contando também com o apoio da Coordenadoria de Esporte e Lazer da Prefeitura de Cordisburgo, através do Programa Esporte para Todos.

Por Lucas Gustavo




O Cordisburgo Sport Club, recebeu na noite desta quinta-feira, no Ginásio do Cecopa, a equipe do Lubricenter F.C., de Curvelo, para mais um jogo-treino.

Foi uma partida muito movimentada e mostrou a boa performance das duas equipes, que se preparam para estrear na próxima semana, em um grande torneio de futsal, que será disputado em Curvelo.

O placar do jogo foi 4 a 4, e o desempenho dos atletas na quadra, mostrou o grande equilíbrio entre os dois times.

Foi um jogo empolgante.

O Cordisburgo S. C., entrou na quadra com esta formação - Mateus, Periquito, Marcinho, Andrezinho e Borrachinha.

Entraram no decorrer da partida - Fabiano, Antonio, Jacques Bossi, Tarcísio, Marcus Vinicius, Zoinho e Manoel.

Os gols da equipe foram marcados por - Marcinho (2), Tarcísio e Zoinho.

Todos o integrantes da equipe cordisburguense entraram na quadra e participaram intensamente da partida.

Comissão técnica - Zé Geraldo e Jeferson Mucia.

O Lubricenter F.C., jogou com esta formação - Jonathan, Warlen, Vitinho, Pablo e Bill. O único suplente da equipe, Caroço, entrou na partida e teve destacada participação.

Os gols da equipe foram assinalados por - Caroço (2) e Pablo; o quarto gol da equipe foi marcado contra por Antonio, jogador do Cordisburgo.

Técnico da equipe - João Beleza.

Árbitro do jogo - Mateus Antonio (Curvelo).

Mesário da partida - Geraldo Humberto.

A partida foi transmitida pelo Portal Cordis Noticias, pela Web Rádio Maquiné e pela Rádio Cordis 104,9 FM (Comunitária), com a seguinte equipe: Lucas Gustavo (narrador), Toninho Maria (comentários) e Adriano Bossi (repórter).

Reportagem Adriano Bossi



Tendo nascido em Cordisburgo
E muito amante do lugar
Adorei a brincadeira
Peço licença para entrar


Me refiro às “exigências”
Para ser considerado
Filho legítimo da cidade
E tudo aquilo vivenciado


Agradeço aos conterrâneos
E reitero uma vez mais
Pelos lembretes divulgados
Pelas redes sociais


Participo com os versos
A seguir consignados
Em forma de poesia
Exaltando nosso passado



Diz que é de Cordisburgo
Mas te faço um desafio
Se lembrar do curral de ferro
Já merece um elogio


Perto do Bar do Efigênio
E do Clube Social
Famoso pelos bailes de gala
E do seleto carnaval


Se você não é da época
Da loja do Xavier
E da padaria do Zé Padeiro
De Cordisburgo você não é


Alega ter nascido em Cordis
E não se lembra do Bar Brasília
Também do Bar do Cecílio
E muito menos da Coletoria


Diz ser filho da terrinha
Mas duvido se na época viu
O Bradesco em atividade
Minascaixa e o Mercantil


Tem gente que canta de galo
Mas não estaria se lembrando
Da siderúrgica produzindo
E da cerâmica funcionando


A Banda do Raimundo Totó
E todo o povo aglomerado
RC-5 e D’ens Boys
Mugstones ovacionado


Zezé Leone e sua farmácia
Então médico de família
Aniceto e Doutor Tápia
Da saúde a vigília


Diz que é de Cordisburgo
Mas pode ter se esquecido
Da antiga fábrica de doce
E da fábrica de tecido


Saudáveis prosas noturnas
Na marquise da Estação
Dos funcionários da Rede
Mas fofoca tinha não


O cenário me remete
Ao hotel da Inhatina
À Dona Cirila das empadas
E à saudosa Patrocínea


Devolva o seu passaporte
Se você nunca escorregou
Na escadinha da Estação
E o trem nunca pulou


E o “foot” depois da missa
Uma paquera, boa prosa
Roberto Carlos na Gruta
E “O Diamante Cor de Rosa”


São dois grandes requisitos
E não são exigências minhas
Ter frequentado o Carrossel
E a Boite da Zizinha


Ricardo e a “Farmácia do Povo”
Que na verdade era frutaria
Vaquinha do leite buzinando
“Eu era feliz e não sabia”


Descarrilamentos na Quininha
Quero testar a memória sua
Caminhões de leite chegando
E o Raminho varrendo a rua


Luzia Patroa, Antônia Gomes
João Pequi e Mané da Conferência
Geraldo Calango, ainda Alvino
A eles, nossas reverências


A pipoca do Afonsino
Lá na porta do cinema
Muitos adultos e meninos
Assistindo ao Giuliano Gemma


Era Cine Santo Antônio
Cinemascope colorido
Palco de outros eventos
Além de mocinho e bandido


Bem detrás do Santuário
Quadros vivos admirados
E a subida no pau de sebo
Quando Judas era queimado


Me lembro do Frei Gabriel
Por longo tempo o vigário
Freis Agnelo D’Angelo e Paciano
E da Igrejinha do Rosário


Diz ter nascido em Cordis
Mas é pura mentirinha
Se não aprendeu datilografia
Com a professora Verinha


Por eu ter vivenciado
Memória ainda me sobra
Dos bailes de debutantes
E das festas da abóbora


Cenas comuns todos os sábados
O Mugstones ensaiando
E o som da radiola
Do Pepeu se propagando


Diz que é cria da cidade
Mas esta fala te compromete
Se não usou boca de sino
E não dançou bilisquete


Os bailes no São Vicente
E as famosas barraquinhas
Com bingos e correio amoroso
Sem faltar o arroz com galinha


Serenatas e horas dançantes
Também bailes nos colégios
Com cuba libre e porradinha
Para nós era um privilégio


Solenidades de sete de setembro
Com orgulho e honraria
Desfiles com traje de gala
Disciplina e harmonia


Outra posse do Ladu
Pra novo período de gestão
Só através da prefeitura
Se completava uma ligação


O churrasco “fogo de chão”
Que o Marinho fazia
Bem em frente à prefeitura
E à antiga delegacia


Excesso de turistas na Gruta
O estacionamento não comportava
Concorrência entre os restaurantes
E lá embaixo o “Baú do Barba”


Jamais é de Cordisburgo
Se você nunca entrou
Em circo por baixo da lona
E o palhaço não acompanhou


Boi Pontal, Palhaço Cheiroso
Grandes espetáculos circenses
Quero realmente saber
Se, de fato, é cordisburguense


Se você nunca se escondeu
De vaca brava na rua
Não é cria da terrinha
Outra naturalidade é a sua


E também sem se esquecer
Da antiga venda da Delminda
E dos presépios do Inácio
Obras raras, mais que lindas


Perto lá da cooperativa
Me esforçando um pouquinho
O futebol na pracinha
E a serraria do Tuzinho


A máquina de tirar retrato
Do excêntrico Zé Lobinho
E sua banca de revista
Onde hoje é o Paulinho


Revoada de pombos-correio
Após a soltura das gaiolas
Formando imagens no céu
Naqueles tempos de outrora


E as brigas no futebol
Cidade vizinha disputar
Poço Barranco e Poço Chapéu
Banhos no córrego pra relaxar


Antigas casas populares
Onde era futebol de salão
Ponto Final Dois Mil e Um
Desse eu não me lembro não


Pescando no Onça Velha
A gente ainda menino
Mas sendo repreendido
Pelo pessoal do Saturnino


Quem nunca roubou uma pera
Na fazenda da Nadir do Nego
De dia buscando leite
Mas, à noite era segredo


O Poçômetro da Central
Na boca da Ponteleão
Enchentes no Córrego do Onça
Eram sempre grande atração


A antiga vaporosa
Com seu canudo de fumaça
Trens de bois e passageiros
Saudade que nunca passa


Os apitos daqueles trens
Ainda ecoam no tempo
No trole o pessoal da soca
Ia remando contra o vento


O temor dos baianos da linha
E no trajeto a Cruzelina
Eram reais os relatos
Sobre a luz da Fulorzina


Hoje eu choro com saudades
Infância que ficou marcada
Turma da Central em ruínas
E não mais a Charqueada


Cowboy, finca, malha e pião
Bodoque e outras brincadeiras
No rádio “Jerônimo, o Herói do Sertão”
E na rua o “Dia dos Pereira”


Tantos outros personagens
Que ficaram na memória
E também outros eventos
Construíram a nossa história


Me limito em aplaudi-los
Para mais não me alongar
Registrados estão no tempo
Quero a todos homenagear


Essas passagens nos orgulham
Com uma pitada de vaidade
Um singular privilégio
Antigos filhos da cidade


Tais condições, entre outras
Fazemos questão de ostentar
Que conferem autenticidade
Filhos natos do lugar


Jura ser de Cordisburgo
Mas vou te dar uma sugestão
Se não viveu tudo isso
Rasgue a sua certidão


Enfim, pra todos é uma honra
E contamos cheios de prosa
Temos a Gruta do Maquiné
Conterrâneos de Guimarães Rosa


Agora, brincadeiras à parte
Razão para bater no peito
Cordisburguense de ontem ou hoje
O orgulho é do mesmo jeito


Hoje Cordis, outras histórias
Novos valores, grandes eventos
Sempre altaneira e acolhedora
Com sua magia e encantamento.


Brasília-DF,
Antônio Pereira de Souza



Antônio Pereira de Souza nasceu em Cordisburgo-MG e reside em Brasília-DF. É casado com sua conterrânea Magna Cristina, com quem tem três filhos. É graduado em Ciências Econômicas, bem como em Ciências Contábeis pelo UniCEUB, com especialização em Direito Público e Controle Externo pela Universidade de Brasília-UnB. É servidor aposentado do Tribunal de Contas da União-TCU e membro da Academia Cordisburguense de Letras Guimarães Rosa.


Na noite de terça-feira (27), na Fazenda Guarani em Cordisburgo, Fábio Geraldo Matias, de 38 anos, morreu prensando por uma báscula hidráulica (caçamba/basculante).

Fábio deu entrada no Hospital Municipal de Cordisburgo, sem vida. A esposa de Fábio, Tereza Christina de Souza de 44 anos, relatou que seu marido estava mexendo na báscula, momento em que a mesma desceu e prensou Fábio no chassi do caminhão.

Nesse momento Tereza pediu ajuda para terceiros que retiraram Fabio de baixo da báscula e socorreram para o Hospital onde o óbito foi constatado.

O corpo de Fabio foi removido para o IML de Sete Lagoas (MG).

Com informações de Tecle Mídia


Na noite desta terça-feira, durante patrulhamento, a Polícia Militar de Cordisburgo tomou conhecimento de um veículo Volkswagen Gol de cor prata, em atitude suspeita e que seria proveniente da cidade de Santana de Pirapama, onde seu condutor havia tentado passar uma nota de R$100,00 falsa.

Diante disso, foi iniciado rastreamento pela cidade, logrando êxito na localização quando o veículo se preparava para deixar a cidade.

Durante as buscas individuais e no veículo, não foi localizado nada de irregular, contudo ao verem os ocupantes do veículo sendo abordados, vários comerciantes da cidade começaram a informar que o indivíduo havia passado por seus estabelecimentos e tentado comprar em um deles um maço de cigarros com uma nota de R$ 100,00 falsa, não tendo sido concluída a compra.

Diante da suspeita, a passageira J. C. S., de 33 anos, informou que o motorista C. G. P., de 37 anos, havia comprado uma garrafa de refrigerante e pago com a nota de R$100,00, contudo, não sabia informar em qual estabelecimento.

Realizando a busca por todos os comerciantes da área central da cidade, foi localizado o comerciante E. A. R, que apresentou a nota que recebeu e informou que o autor havia comprado um refrigerante e recebido R$ 96,00 de troco, que não foram localizados.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos autores. Durante a confecção do registro, o autor foi encaminhado para o HPS de Cordisburgo, onde foi medicado pela médica plantonista devido a realizar o uso de medicação controlada.

O autor, C. G. P. não possuía CNH e já havia passagens anteriores por associação ao tráfico de drogas, sendo autuado em flagrante por colocar em circulação moeda falsa.

O veículo foi apreendido por estar sendo usado para a prática de crime e removido ao pátio de socorro em Paraopeba. 

A passageira, J. C. S., foi liberada pela Polícia Federal por falta de provas de seu envolvimento no caso.

Por Cordis Notícias



A galeria que recebe as águas das chuvas que se localiza na Av. Governador Valadares, entre a rua Padre João e a linha ferroviária, no centro da cidade, está apresentando problemas.

Devido ao período chuvoso, o manilhamento que recebe enorme volume de água que desce da Rua São José, cedeu e um buraco se formou junto à mesma.

A Secretaria Municipal de Obras, precisa agilizar o quanto antes a recuperação daquela via pública, para que o problema não aumente ainda mais.

O trafego de veículos por ali é intenso e os veículos estão precisando efetuar desvio para evitar qualquer tipo de acidente.

Abaixo da linha ferroviária, igualmente, outro problema se apresenta - a enxurrada danificou grande parte do asfalto junto a calçada e os buracos estão expostos em quantidade.

Reportagem Adriano Bossi



A Câmara Municipal de Cordisburgo realizou nesta segunda-feira, reunião ordinária referente ao mês de Março de 2018.

Na tribuna livre, o Sr. Guilherme Couri Nogara reclamou da remoção da pequena horta comunitária idealizada por ele no Bairro da Várzea durante o mutirão de limpeza da Prefeitura Municipal. Solicitou ainda os planos de governo do Executivo e do Legislativo.

Em seguida, o Sr. Geraldo Pereira da Cruz solicitou melhorias nas vias públicas do Bairro da Quininha, destacando os vários problemas presentes no local.

Fora votados em segunda discussão o Projeto de Lei Nº 01/2018 que institui o Programa de Recuperação Fiscal - REFIS no município de Cordisburgo e o Projeto de Lei Nº 02/2018 que concede reajuste geral aos servidores da Câmara Municipal de Cordisburgo, sendo ambos aprovados por unanimidade.

Em primeira discussão foi votado o Projeto de Lei Nº 03/2018 que dá denominação à via pública situada no Distrito de Lagoa Bonita, de autoria do vereador Arnaldo de Paula, que também foi aprovado por unanimidade.

Aconteceu também a discussão e votação prévia do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais referente às contas do Município no Exercício Financeiro de 2016, sendo também aprovado por unanimidade.

Finalizando a sessão, os vereadores puderam expor suas opiniões livremente. O destaque ficou por conta do vereador Erivélton dos Santos que expôs sua indignação com o que vem acontecendo com o transporte escolar que opera no povoado do Maquinézinho, e que inclusive seus filhos são usuários.

O Presidente, Ney Freitas, solicitou às secretárias o envio de ofícios ao Executivo com as reivindicações apresentadas e finalizou com o tradicional Pai Nosso, sendo também concedido espaço para que o presente Guilherme Nogara pudesse apresentar também sua oração.

Confira a reunião completa abaixo:


Nesta quarta-feira das 16 às 20h, na Escola Octacílio Negrão de Lima, acontecerá uma "Ação pelo Emprego".

Será ofertado um "Fast Trainning" gratuito de preparação para o mercado de trabalho, onde será ensinado sobre Marketing Pessoal, Elaboração de Currículos, Entrevista de Emprego entre outros assuntos relativos a seleção realizada pelas empresas.

Também será disponibilizado gratuitamente pelo período de um ano a veiculação de um currículo eletrônico, que estará disponível para seleção de funcionários por empresas através da internet.

O evento é focado em jovens com idade entre 14 e 24 anos, que estão desempregados ou queiram se preparar para o mercado de trabalho.

A ação é organizada pela equipe do projeto Fate.

Menores de idade deverão comparecer acompanhados pelo responsável legal, pai ou mãe.

Maiores informações podem ser obtidas com Carlos Eduardo Barroso através do WhatsApp 97314-4734.


O primeiro jogo foi realizado entre as equipes do Cordisburgo Futebol Clube e o Grêmio Futebol Clube, de Curvelo. A partida teve início às 15:00 horas.

O placar da partida foi favorável ao Cordisburgo FC, que venceu por 4 a 1.

A equipe entrou no gramado com Robert, Jacques Bossi, Nael, Miguel, Gilson Fananã e Marcinho; Arthur, Lucas Cruz e Helik; Pedro e Chicatai.

Entraram no decorrer da partida - Lucão, Manoel, Lincoln Cruz e Periquito.

Os gols da equipe foram assinalados por Jacques Bossi, Lucão e Helik, que marcou 2 vezes.

Técnico do time Jeferson Mucia.

A equipe do Grêmio FC, de Curvelo, jogou com Erick, Lucas, Daniel, Clayson e Verdiano; Ramon, Jonathan e Everton; Pedro, André e Everton Cabinho.

Jogaram ainda, Isaías, Hélio, Warley, Henrique e Bel (goleiro).

O único gol do time, foi marcado por André.

Técnico do Grêmio: Cilico.

Fato a se registrar - os jogadores que atuaram pelo time de Cordisburgo, são por demais conhecidos por todos os desportistas da cidade, pois atuam por equipes de futsal, futebol society e também de campo. São os autênticos "boleiros", no bom sentido da expressão futebolística. São jovens praticantes e atuantes do futebol pelos gramados e quadras, alguns, se apresentando com um futebol muito vistoso. É a nova geração do futebol cordisburguense.

E por serem praticantes assíduos, vestem a camisa com muita garra e disposição, mas hoje, o time que representaram no gramado do estádio da Várzea, não foi o Cordisburgo FC, e sim, o Largados EC (novo nome), mesmos atletas e mesmo uniforme. Informações passadas ao repórter por Jerferson Mucia.

O segundo jogo da tarde reuniu as equipes do Master 50, de Cordisburgo e o Grêmio EC - Pé na Cova, de Curvelo.

A equipe cordisburguense venceu pelo placar de 7 a 2.

A partida começou às 16:45' e o time do Master 50, entrou no gramado com a seguinte formação: Fabiano, Beto, César, Aldair e Sander; Flávio, Jésus e Cré; Carlton, Charuto e Laci.

Entraram no decorrer da partida: Maurinho, Fabinho, Bebeto, Geraldo, Som, Zé Coelho, Bababá, Tião e Carlai.

Os gols foram marcados por - Laci (2), Cré (de pênalti), Charuto, Jésus, Sander e Geraldo.

Técnico do time - Edvaldo Berimbau

O Grêmio - Pé na Cova, jogou com a seguinte formação - Marquinho, Milton, Jairo, Taíde e Mirinho; Clarindo, Zé Wilson e Vaguinho; Gerson, Luiz e Lelo.

Jogaram também: Diego (goleiro), Geraldinho, Chupeta, Geraldão, Ronaldão, Vitor e Walas.

Os gols da equipe foram marcados por - Mirinho e Luiz

Fato a registrar - os organizadores destas partidas amistosas, precisam entender que não é possível marcar jogo de futebol, sem que haja um juiz (árbitro) credenciado para comandar o espetáculo.

Ficam à mercê da boa vontade de alguma pessoa a se dispor apitar o jogo. Hoje, 2 colaboradores (apitadores), com muita boa vontade (um em cada tempo) trabalharam e sem bandeirinhas nas laterais do campo. Ambos, pessoas ligadas ao time do Master 50 e tiveram suas atuações, por demais criticadas pelos jogadores do time de Curvelo.

Vamos ver se para os próximos amistosos por aqui, possamos assistir juízes comandando o espetáculo!

Reportagem Adriano Bossi


Começa neste Domingo, 25 de Março, as comemorações da Semana Santa 2018 em Cordisburgo. Confira a programação completa abaixo:

DIA 25 DE MARÇO - DOMINGO DE RAMOS

8h - Concentração e benção dos ramos em frente ao Santuário e logo após, caminhada em torno da praça Sagrado Coração de Jesus, retornando para a celebração da Santa Missa na Matriz (levar ramos).
Coral: Voz do Amanhecer.
19h - Apresentação dos quadros vivos e Celebração da Santa Missa e benção dos Ramos na Matriz;
Coral: Homens de Paz.

DIA 26 DE MARÇO - SEGUNDA-FEIRA

19h - Celebração da Santa Missa na Matriz e meditação das Sete Dores de Nossa Senhora pelas Mulheres.
Coral: da Comunidade.

DIA 27 DE MARÇO - TERÇA-FEIRA

14h às 17h - Confissão Individual na Matriz.
19h - Confissão Comunitária e Rito da Comunhão Eucarística.

DIA 28 DE MARÇO - QUARTA-FEIRA SANTA

19h - Missa na Matriz e Procissão do Encontro com encenação de quadros vivos em frente a Matriz.
Coral: da Comunidade.

DIA 29 DE MARÇO - QUINTA-FEIRA SANTA

Celebração da instituição da Eucaristia e do Sacerdócio.

9h - Missa da Unidade e benção dos Santos em Óleos em Sete Lagoas.
19h - Celebração da Ceia do Senhor, Cerimônia do lava-pés, Desnudação do Altar
22h às 23h - Adoração do Santíssimo Sacramento na Capela de Nossa Senhora do Rosário
Coral: Vozes do Amanhecer.

DIA 30 DE MARÇO - SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO

6h - Via-Sacra saindo em frente a Matriz e voltando, logo após, Café partilhado.
8h às 15h - Adoração do Santíssimo Sacramento na Capela de Nossa Senhora do Rosário
15h - Celebração da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo com liturgia da palavra, Adoração da Cruz e Rito da Comunhão Eucarística.
Coral: Vozes do Amanhecer.
19h 30min - Celebração da Crucifixão com quadro vivo e procissão do Nosso Senhor morto com organização dos Ministros da Eucaristia pelas ruas Expedicionário José Gomes dos Santos, descendo a Rua Cordis, Geraldino Rocha e retornando para a Matriz.
Obs.: Levar velas para a procissão.
Responsável pelos Quadros Vivos: Grupo de Teatro Kafarnaum.

DIA 31 DE MARÇO - SÁBADO SANTO (VIGÍLIA PASCAL)

19h - Celebração da Ressurreição do Nosso Senhor Jesus Cristo, com Celebração da Luz, Benção do Fogo Novo, com Liturgia da Palavra e Eucaristia.
Obs: Levar velas.
Coral: Homens de Paz.

DIA 01 DE ABRIL - DOMINGO DA PÁSCOA

8h 30min - Missa de Páscoa e batizados na Matriz.
Coral: Vozes do Amanhecer.
10h30min - Missa na Lagoa Bonita.
19h - Missa na Matriz
Coral: Homens de Paz



Aconteceu na última quinta-feira, 22, audiência pública para debater a retomada do processo de regularização fundiária rural em Cordisburgo, paralisada desde 2011.

O evento foi organizado pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário e aconteceu no CAT - Centro de Atendimento ao Turista.

Entre as autoridades, estiveram presentes o Deputado Estadual Sávio Souza Cruz, o Deputado Federal Reginaldo Lopes, e representando a Prefeitura de Cordisburgo, o Vice-prefeito José Maria do Perpétuo Socorro.

Ainda mararam presença, o Representante do Pólo Regional da FETAEMG-MG - Sra. Alícia Cardoso, o Subsecretário de Ação à Terra - Geraldo Abreu, o Estacionista da EMATER-MG - Ronaldo Texeira da Rocha Matos, os vereadores Erivélton Santos e Edimar Araújo, aa Secretária Municipal de Turismo, Ecologia e Meio Ambiente - Rachel Barboza, o Coordenador de Fiscalização de Posturas - Talisson Oliveira, além de Moradores e Produtores Rurais de Cordisburgo.

A ação faz parte do processo de regularização fundiária rural, atendendo demanda histórica da região. Desde a reestruturação do programa, em 2015, o Governo de Minas Gerais já emitiu mais de 2 mil títulos de propriedades rurais.

“Vamos realizar mês que vem mais uma etapa do mutirão nos municípios de Corinto e Cordisburgo, para que as famílias que aguardam há anos o título da terra possam ser atendidas”, diz o subsecretário de Acesso à Terra, Geraldo Abreu. O mutirão será realizado entre os dias 16 e 20 de abril.

O trabalho é realizado em parceria com a Empresa Mineira de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG), Federação dos Trabalhadores Rurais de Minas Gerais (Fetameg), por meio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, além do apoio da câmara e da prefeitura municipal.

“Temos muitas dificuldades para comprovar a posse da terra, para solicitar uma ligação de energia, por falta do documento que comprova a posse da terra”, diz o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cordisburgo, Genésio Alves dos Santos.

A audiência pública é a primeira etapa do processo de regularização fundiária rural e antecede o mutirão para recadastramento das famílias. Após o cadastro, é feita a medição, análise jurídica dos documentos e, caso esteja tudo dentro das normas, a emissão do título de posse.

Os posseiros interessados em fazer o cadastramento deverão comparecer aos postos de atendimento munidos dos documentos pessoais (carteira de identidade, CPF e certidões de nascimento ou casamento) e dos documentos que comprovem a posse (declaração de STTR, Emater, CMDRS e prefeitura; contratos de particulares que versem sobre cessão ou transferência, a qualquer título, do imóvel rural; conta de luz; CCIR; ITR; CAR; cartão de produtor rural - Inscrição Estadual; cadastro perante o IMA, IEF, Igam etc.; recibos ou notas fiscais relativos a insumos utilizados na propriedade; recibos ou notas fiscais relativos a negociação de bens ou produtos agrícolas ou animais, dentre outros).

Com informações de Agência Minas
Fotos de Talisson Oliveira





Tecnologia do Blogger.