Imagem: Reprodução

Neste Domingo (28), por volta das 18 horas, parte do Bairro da Várzea ficou sem energia elétrica.

O motivo dessa interrupção não foi divulgado oficialmente, entretanto fontes não oficiais informaram que o problema pode estar relacionado a um transformador, uma vez que esta paralisação ocorreu após um forte estrondo proveniente do mesmo.

Tal recesso impediu a abertura de alguns comércios, causou transtornos aos moradores, além de impedir o uso de refrigeração por parte dos produtores rurais e fornecedores de leite que também sofreram com o fato.

A prestadora do serviço de energia elétrica foi contactada por telefone por vários moradores, mas o fornecimento só foi restabelecido por volta das 10 horas da manhã desta segunda (29). Foram aproximadamente 16  horas de interrupção.

O consumidor que sofrer com a falta de luz em um período de até quatro horas deve ter um desconto na conta de energia, segundo exigência da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Em tese, o ressarcimento pelas horas que o consumidor ficou sem luz não precisa ser solicitado. O valor correspondente deve ser automaticamente abatido no máximo nas duas contas seguintes.


Por Lucas Gustavo
Com informações de Adriano Bossi

Imagem: Reprodução

Somos do tempo em que o mosquito com o nome de pernilongo, chegava aos nossos ouvidos com uma musiquinha irritante e em seguida, dava uma picadinha que provocava intensa coceira.

E como incomodava, esta ação perniciosa de tão pequenino inseto. Que coisa enjoada, diziam muitos!

E para afugentar o inseto, nas cidades do interior notadamente, tinha-se o costume de queimar estrume bovino, para que os mosquitos não se aproximassem, face ao fedor exalado da fumaça do esterco em combustão. O mosquito sumia, mas tínhamos que aspirar toda aquela catinga que ficava dentro dos quartos. Que coisa fedorenta, diziam muitos!

Era esta a solução caseira e quase sempre, usada por todos; até quando, da chegada de um certo repelente, também queimado, que igualmente, deixava uma fumaça afugentando os insetos e muitas vezes, intoxicando as pessoas também. E tudo isso. após o fumaceiro dentro dos aposentos, totalmente fechados, ouvíamos de alguém... um alegre: boa noite!

Pois é, os tempos são outros e o pernicioso inseto, se transformou, progrediu e até se apoderou de uma força super negativa para praticar ataques, disseminando doenças até então desconhecidas.

O novo super pernilongo, recebeu novo nome e agora é o aedes aegypti - muito, muito conhecido de todos nós e até, infelizmente, muito íntimo, intimidador e atemorizador da população. Super mosquito, disseminador da dengue, da chicungunya, da zika e outras, todas elas, doenças gravíssimas e de poder letal.

Causador de tripla epidemia, o aedes aegypti, já alçou altos voos, já frequenta países bem distantes e está deixando autoridades internacionais alarmadas. Tudo isto, face ao poder violento de suas doenças, que se espalham facilmente e são avassaladoras.

O governo brasileiro, diante da explosão, principalmente da dengue e sentindo-se em dificuldade para combater o mosquito, soltou o alerta e começou uma cruzada em todos os estados para combater e tentar eliminar o aedes aegypti.

A situação é grave ou muito grave. Nesta semana, membros da OMS - Organização Mundial da Saúde e também da AIEA - Agencia Internacional de Energia Atômica, dos Estados Unidos, estiveram no Brasil. Visitaram institutos no Rio de Janeiro e no Recife e reuniram com autoridades da área da saúde, para a tentativa de se encontrar imediata solução para o caso.

O governo iniciou a liberação de verbas para os estados e recomendou aos governadores imediata aplicação do dinheiro na área da saúde e principalmente, no tocante à erradicação dos focos de proliferação do inseto.

E para que tudo possa transcorrer da melhor maneira possível, é de suma importância, que o povo possa participar com muita disposição no combate ao mosquito...e que cada família, comece a participar desta ação imediatamente, limpando, cuidando e mantendo limpo os seus quintais. Vamos agir, todos nós, em prol das nossas famílias e da saúde de todos nós, igualmente.

Temos que colocar em mente, que se não acabarmos com o aedes aegypti - na mesma proporção em que o mesmo, está se proliferando; perderemos o controle e aí poderemos ser - todos nós, por ele vencidos ou até mesmo eliminados!

Vamos agir e colaborar...a saúde em primeiro lugar. Saúde o bem maior que devemos preservar. Saúde é Vida e é Vital!

Reportagem Adriano Bossi


Encontramos na loja do "Seu Brasinha" cópia de uma carta escrita por Guimarães Rosa, endereçada ao cônsul Cabral, seu colega, publicada no dia 25/11/1967, no Jornal da Tarde, poucos dias após a sua morte:

Célebre carta composta completamente com C comprida, contém cantada, crítica conta cônsules.

Consul caro colega Cabral,
.

Compareço, confirmando chegada cordial carta.

Contestando, concordo, contente, com cambiamento comunicações conjunto colegas, conforme citada consolidação confraria camaradagem consular.
Conte comigo: comprometo-me cumprir cabalmente, cabralmente condições compendiadas cláusulas contexto clássico código. (Contristado, cumpre-me consolidação coligar cordialmente conjunto
colegas?...crês?...crédulo!...considera:...”cobra come cobra!...” coletividade cônsules compatrícios contém, corroendo cerne, contubérnios cubiçosos, clãs, críticos, camarilhas colitigantes... contrastando, contam-se, claro, corretos contratipos, capazes, camaradas completos.) Concluindo: contentemo-nos com correspondermo-nos, caro Cabral, como coirmãos compreensivos, colaborando com colegas camaradas, combatendo corja contumaz!...

Contudo, com comedida cólera, coloco-me contra certos conceitos contidos carta caro colega, cujas conclusões, crassamente cominatórias, combato, classificando-as como corolários cavilosos, causados conturbação critério, comparável consequências copiosa congestão cerebral. Caso concordes cancelá-los , confraternizaremos completamente, com compreenção calorosa, cuja comemoração celebrarei consumindo cinco chopes (cerveja composta, contendo coisas capiciosas: corantes complicados, copiando cevada, causando cólicas cruéis...)

Céus! Convém cobrar compostura. Cesso contumélias, começando contar coisas cabíveis, crônica comtemporânea:
Como comprovo, continuo coexistindo concerto conviventes coevos, contradizendo crença conterrâneos cariocas, certamente contando com completa combustão, cremação, calcinação corpos cônsules caipiras cisatlânticos...

Calma completa? Contrário! Cessado crepúsculo, céu continuamente crepitante. Convergem cimo curvos clarões catanúvens, cobrindo campinas celestes, crivadas constelações.

Convidados comparecem, como corujas corajosas, contra cidade camuflada. Coruscam célebres coriscos coloridos. Côncavo celeste converte-se cintilante caverna caótica, como casa comadre camarada. Crebro, cavernoso, colérico, clama colossal canhonêio. Canhões cospem cometas com cauda carmesim. Caem coisas cilindro-cônicas, calibrosas, compactas, com carga centrífuga, conteúdo capaz converter casas cascalho, corpos compota, crâneos canjica. Cavam-se ciclópicas crateras (cultura couve-colosso...). Cacos cápsulas contraaéreas completam carnificina. Correndo, (canta, canta calcanhar!...) conjurando Churchil, conjeturando Coventry, campeio competente cobertura, convidativo cantinho, coso-me com chão, cautelosamente. Credo! (como conseguir colocar-me chão carioca Confeitaria Colombo, C.C., Copacabana, Catumbi???)
Cubiço, como creme capitoso, consulados Calcutá, Cobija!... Calma, calma; conseguiremos conservar carcaças.

Contestando, comunico cá conseguimos comboiar cobre captado (colheita consular comum), creditando-o cofres consignatário competente, calculo consegui-lo-ás, contanto caves corajosamente.

Conforme contas, consideras cós curtos como cômoda conjuntura, configuradora cinematográficoa contornos carnes cubicáveis. Curioso! Caso curtificação continue, conseguiremos conhecer coxas, calças?...Cáspite
Continuarei contando. Com comoção consentânea com cogitações contemporâneas, costumo compor canções. Convém conhêças:


CANTADA


Caso contigo, Carmela
Caso cumpras condição
Cobrarei casa, comida,
Cama, cavalo, canção
Carinho, cobres, cachaça,
Carnaval camaradão
Cassino (com conta certa)
Cerveja, coleira e cão,
Chevrole cinco cilindros
Canja e consideração,
Calista, cabelereiro
Cinema, calefação,
Chá, café, confeitaria,
Chocolate, chimarrão
Casemira – cinco cortes
Cada compra, comissão,
Conforto, comodidades,
Cachimbo, calma,... caixão,
Convem-te, cara Carmela?
Cherubim!...Consolação!...
(caso contrário, cabaças!
Casarei com Conceição.)
Caso contigo, Carmela,
Correndo com coração!...

Chega. Caceteei? Consola-te: concluí.

Com cordial, comovido: colega constante camarada,


a) J. Guimarães Rosa

Consul, capitão, clínico conceituado.

Confirme chegada carta, comunicando-me com cartão.
Confirme chegada carta, comunicando-me com cartão.


Por Adriano Bossi
Com o historiador José Osvaldo "Brasinha"

Imagem Ilustrativa

Foi encontrado na noite desta quinta-feira, após 5 dias de buscas, o corpo do senhor que havia desaparecido no Rio das Velhas, no município de Santana de Pirapama, no último Domingo (21). (Clique aqui e entenda o caso)

O corpo foi localizado às margens do rio, próximo a Barra do Luiz Pereira, povoado de Cordisburgo. A equipe de busca do Corpo de Bombeiros foi acionada e deslocou até o local para realizar a retirada do mesmo.

A perícia da Polícia Civil foi acionada, e o corpo foi entregue a funerária para remoção até o IML de Sete Lagoas.

Com Tecle Mídia

Imagem:

Nesta quinta-feira (25), o governo de Minas Gerais, o Ministério Público e a Associação Mineira de Municípios (AMM) firmaram, em Belo Horizonte, um termo de cooperação técnica e operacional contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e zika. Porém, dos 853 prefeitos convidados para a solenidade, apenas 180 compareceram.

Cordisburgo esteve representada no evento através do Prefeito Joaquim Ildeu Santana e do Secretário Municipal de Saúde, Gilmar Ângelo de Carvalho.

Segundo o termo de cooperação, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) vai intensificar a fiscalização da aplicação destes recursos financeiros.

“Os municípios têm recebido verbas, pra esse fim, pra esta finalidade específica. Então, às vezes, na inércia de determinado município, o Ministério Público pode procurar saber do prefeito, questioná-lo sobre a não ação e com isso obter uma evolução no serviço na ação efetiva no combate à endemia”, disse o procurador-geral do estado, Carlos André Mariani Bittencourt. O MP também deve receber informações a respeito de imóveis fechados, abandonados ou aqueles em que haja resistência dos seus proprietários e propor ações para garantir acesso dos agentes de saúde a eles.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), R$ 44 milhões já foram encaminhados para os municípios para o combate ao mosquito. Outros R$ 22 milhões serão enviados até março. Já o governo federal  liberou R$ 16 milhões para Minas Gerais.

O governo informou que tem orientado os municípios a ampliar os horários de atendimento nas unidades básicas de saúde.

Até o dia 16 de fevereiro, Minas Gerais registrou 62.271 casos prováveis de dengue em 2016, segundo a SES. Nesta terça-feira (23), um balanço da secretaria informava que 303 casos de zika, notificados em 2016, seguiam sob investigação. Catorze casos da doença foram confirmados em gestantes. 

Até esta segunda-feira (22), 195 casos foram notificados no protocolo de monitoramento da microcefalia.

A SES ainda investiga se 26 casos de microcefalia tem relação com a zika.
Em relação à febre chikungunya, 128 casos estão sendo investigados no estado.

Fonte: G1/Agência Minas. Editado.


O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru) e do Conselho Estadual de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Conedru), promove a mobilização dos municípios mineiros para a realização das Conferências Municipais da Cidade, que são preparatórias para a Conferência Estadual e Nacional, que serão realizadas no ano que vem. 

As prefeituras mineiras têm até o dia 30 de março para publicação do chamamento público para o evento e até o dia 5 de julho para realização das conferências municipais. Em Minas Gerais, a 6ª Conferência Estadual das Cidades vai acontecer em março de 2017, já a Conferência Nacional será de 5 a 9 de junho, em Brasília, e vai reunir a sociedade organizada, representada por seus delegados, e debater as propostas municipais e estaduais apresentadas previamente. 

As conferências são realizadas desde 2003 e se constituíram em um verdadeiro marco de participação e controle social das ações, programas e projetos de política urbana, fundamentais para o cumprimento do Estatuto da Cidade. A 6ª Conferência Estadual das Cidades vai abordar o tema “A Função Social da Cidade e da Propriedade” e o lema: “Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas”, com o objetivo de pensar e rediscutir o desenvolvimento de nossas cidades. 

As discussões iniciam pela etapa municipal, que propicia a articulação de diversos segmentos da sociedade, o conhecimento das realidades locais e cria oportunidades de estreitar as relações do cidadão com os poderes constituídos e as organizações sociais. 

Para o secretário de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Tadeu Martins Leite, é onde começa o processo de empoderamento municipal. “O espaço democrático e participativo promovido pelas conferências é a oportunidade da população debater propostas e soluções voltadas à realidade local e elaborar projetos para serem apresentados na Conferência Estadual e Nacional, além de viabilizar a inclusão do município na captação de recursos de programas governamentais voltados à política de desenvolvimento urbano”, explica. 

Comissão Preparatória 

O Governo do Estado convida os municípios a realizarem a convocação da Conferência Municipal e coloca à disposição a Secretaria Executiva do Conedru para prestar apoio técnico à realização do evento. A Comissão Preparatória Estadual, constituída pelos conselheiros do Conedru, vinculado à Sedru-MG, coordena a realização da Conferência de Minas Gerais e, está divulgando material contendo as orientações relativas às Conferências Municipais. 

Para a realização de todas as etapas da Conferência deverá ser constituída uma Comissão Preparatória com a participação de representantes dos diversos segmentos sociais. Cabe às comissões preparatórias definir a data e o local do evento, o regimento da conferência municipal, que contém critérios de participação, de sistematização de propostas e de eleição de delegados. 

Para mais informações, acesse o site www.cidades.gov.br/6conferencia, envie um e-mail para [email protected] ou ligue para 31-3915-8555(8980)(7094).

Fonte: Agência Minas


Esteve visitando a nossa cidade nesta terça-feira e marcou presença em dois dos maiores pontos turísticos da terra: Museu Casa de Guimarães Rosa e Gruta do Maquiné, o conhecido e muito carismático, Padre Fábio de Melo.

A nossa cidade com suas atrações turísticas e literatura por demais conhecida por todos, é procurada e desperta grande interesse àqueles que se sentem atraídos por coisas bonitas, interessantes e agradáveis. 

A beleza natural da região e os ingredientes culturais que aqui se afloram, são referenciais contundentes em prol do nosso turismo. 

O Padre Fábio de Melo, jovem religioso, escritor e também cantor de musicas voltadas para o amor, a paz e a serenidade, nos brindou com a sua visita ilustre e certamente, voltará em breve, para rever a Cidade do Coração - Cordisburgo, que muito se entusiasmou com a sua presença.

Por Adriano Bossi






Nesta segunda-feira (22), aconteceu a Reunião Ordinária da Câmara Municipal referente ao mês de Fevereiro de 2016.

A reunião começou com Wagner Antônio Alves Gomes, membro da Subsecretaria de Assistência Social do estado, apresentando as áreas de atuação da Assistência Social, mostrando em slides como funciona a atuação da repartição. Em seguida, Ivone Pereira Castro Silva, secretária de Assistência Social de Cordisburgo, apresentou o consolidado da atuação de sua secretaria, mostrando aumento significativo dos números ano após ano na cidade, além de vários projetos desenvolvidos e acompanhados pelo departamento.

O membro do Conselho Municipal de Saúde, José Ulisses Mingote, também participou da Tribuna Livre apresentando soluções para os plantões médicos no centro de saúde municipal, questionando a legitimidade de sua proposta de acordo com a legislação.

O plenário ainda votou o projeto de lei que pretende contratar médicos ginecologista e pediatra para atendimento na cidade. De forma unânime os vereadores encaminharam alterações no texto apresentado, já que não houve acordo com a carga horária apresentada de 6 horas semanais, exigindo o mínimo de 20 horas, ou o ideal de 40 horas, para a aprovação do projeto em segunda discussão.

Um excelente público esteve presente na reunião. Dentre os presentes pode-se destacar os funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social, do ex-vereador Sávio Trombini, além de Lawrence e do empresário Ney Freitas.

Os vereadores discutiram ainda sobre a limpeza urbana e o fim dos plantões médicos noturnos e nos finais de semana, prometendo discutir sobre o assunto na próxima reunião com o poder executivo.

Reportagem e Imagens: Lucas Gustavo



VÍDEOS DA REUNIÃO

Filhotes na Fazenda das Tias

Os furtos e ataques aos proprietários de sítios, chácaras e fazendas em nosso município estão aumentando muito, deixando todos atordoados e causando um enorme prejuízo.

Em menos de 2 semanas, propriedades na saída para Curvelo - na região dos Guaribas; na região de Lagoa Bonita e também na Fazenda das Tias, sofreram com a ação dos bandidos, em roubo de gados de diversas espécies.

Saqueiam qualquer animal que encontram; bovinos, suínos, equinos e tudo mais que possam roubar. E evidentemente, da maneira como estas ações estão ocorrendo, pode se supor que está havendo a participação de muitas pessoas desonestas.

No Retiro dos Guaribas, roubaram de uma só vez, 2 dezenas de gado bovino. Nas proximidades de Lagoa Bonita, uma só propriedade foi atacada por 4 vezes em pequeno espaço de tempo.

E no ultimo domingo, por volta das 21:00 horas, o criatório de suínos, na Fazenda das Tias, localizado entre a ponte sobre o Ribeirão do Onça e a linha ferroviária, foi igualmente atacado e 2 grandes porcos, em uma ação ousada dos ladrões, foram ali, abatidos e levados para o veículo dos bandidos,

Neste furto, a vítima foi o Sr. Antonio Colchão, que é funcionário da fazenda e tem com outros companheiros uma pequena criação de leitões para engorda e consumo próprio.

Ninguém fica satisfeito quando toma qualquer tipo de prejuízo, ainda mais, em circunstância desta natureza.

O que fazer então? Primeiramente acionar a Polícia Militar e fazer a ocorrência.

Não se pode negligenciar o cuidado com as propriedades; aumentar a vigilância e ainda, reforçar a segurança, é mais do que necessário. Neste momento, é muito providencial termos consciência de que estamos vivendo momentos de autêntica crise, em todos os setores e devemos então, redobrar nossas ações, para que os problemas não nos leve ao desânimo.

Reportagem Adriano Bossi

Imagem: Café com Letras

O CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil, em Belo Horizonte, é um dos imponentes museus do Corredor Cultural da capital mineira. Está localizado na Praça da Liberdade e é um dos mais visitados, face ao grande número de mostras e exposições que oferece aos turistas e amantes das artes.

Espaço grandioso, multiuso, dotado de vários ambientes, que oferece várias exposições e mostras simultâneas.

E para os amantes da boa comida, existe no CCBB, uma casa requintada e de excelente atendimento, que oferece um cardápio de primeira qualidade aos inúmeros frequentadores. Uma casa, voltada também, para a artes - é o restaurante Café com Letras.

No Café com Letras, está acontecendo a Mostra Implacáveis, exposição que tem mais de 100 placas captadas e recolhidas em diversas cidades do interior, inclusive de outros estados, pelo "objeteiro" e "catador" de peças - Antonio Carlos Figueiredo, que é o curador da exposição.

Imagem: Hoje em Dia
 
No período carnavalesco, algumas placas foram "achadas" em nossa cidade pelo Antonio Carlos, que diante de tanta simplicidade, curiosidade e até mesmo, real autenticidade, nelas "escritas", achou por bem, coloca-las na mostra do Café com Letras.

Lá se encontram, as placas pintadas aqui, em materiais diversos e produzidas - por gente da nossa gente - que fazem arte, sem saber que estão produzindo a mais pura arte popular. 

Só mesmo, o olhar aguçado de um bom "entendedor", poderia vislumbrar tudo isso, nestas bandas de cá do sertão.

As placas são de autoria do Sr.Luis, da Bicicletaria São Luis, do Sr. José Osvaldo, da Loja do Brasinha e também, de um certo repórter da nossa cidade.

Cordisburgo, cidade cultural, literária e turística, cada vez mais, sendo vista e divulgada por todos os lugares. E isso é muito bom,

Cordisburgo, cidade do coração de todos nós!

Reportagem Adriano Bossi

Imagem: Hoje Em Dia

Imagem Ilustrativa

No final da tarde deste Domingo (21), o Corpo de Bombeiros de Sete Lagoas foi acionado para atendimento de um afogamento no Rio das Velhas, na cidade de Santana de Pirapama.

Chegando ao local, o solicitante informou que avistou um senhor cair no rio, próximo a uma ponte e desaparecendo em seguida nas águas turvas do flúmen.

A equipe de bombeiros orientou os populares com relação aos demais procedimentos a serem adotados e acionou a Polícia Militar. Uma equipe retornou para o local na manhã desta segunda-feira para dar continuidade aos trabalhos de busca. 

 Até o fechamento dessa reportagem o corpo ainda não havia sido localizado.

Com Tecle Mídia

Imagem: Reprodução

Neste Domingo, 22, o Corpo de Bombeiros Militar de Sete Lagoas foi acionado para atender uma ocorrência de capotamento. O veículo acidentado trafegava no sentido Sete Lagoas. Segundo o condutor do veículo, ele perdeu o controle do carro após passar por um buraco na estrada, em Silva Xavier, vindo a capotar logo em seguida. 

A equipe do Corpo de Bombeiros, chegou ao local e se deparou com as 3 vítimas sentadas já do lado de fora do veículo, dentre eles estava uma mulher grávida, em seu terceiro mês de gestação, no entanto apresentava apenas algumas escoriações. Um outro ocupante do veículo constatou-se suspeita de fratura no braço direito.   

Foram adotados todos os procedimentos necessários para atendimento das vítimas, e devidamente encaminhados para o Hospital Municipal.

Com Tecle Mídia

Imagem: BAND

Com a estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que 4 milhões de pessoas sejam infectadas pelo vírus Zika no continente americano em 2016 são muitas as dúvidas sobre a doença, recém-chegada ao Brasil. 
Conhecido pela medicina desde o fim dos anos 40, o Zika passou a ser assunto nos lares brasileiros depois da associação do vírus a diversos casos de microcefalia em recém-nascidos.
Por enquanto, a certeza é que o vírus é transmitido pelo Aedes aegypti, mas outras formas de transmissão estão sendo pesquisadas.

>> Saiba o que é boato e o que é verdade sobre o vírus Zika:

- Mulheres com Zika não podem amamentar
Boato. Embora já se tenha identificado o vírus no leite materno, não houve, até o momento, relatos de transmissão do vírus Zika para o bebê na amamentação. A Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), afirma que, por conta de todos os benefícios que o leite materno traz ao recém-nascido, incluindo o aumento da imunidade, a amamentação deve ser encorajada e incentivada mesmo em áreas endêmicas para o vírus zika. 
A Organização Mundial da Saúde também reforça que as mães devem continuar amamentando normalmente seus filhos e ressalta que esta deve ser a única fonte de alimentação do bebê até os seis meses de vida. 

- O aumento de casos de microcefalia foi causado por vacinas contra rubéola vencidas
Boato. O Ministério da Saúde diz que nenhuma vacina com vírus atenuado, como é o caso da vacina contra rubéola, é aplicada em gestantes. Além disso, não há registro na literatura médica nacional e internacional sobre a associação do uso de vacinas com a microcefalia. 
Em novembro do ano passado, o Ministério da Saúde confirmou que a infecção por Zika em gestantes é capaz de provocar microcefalia. Desta forma, a chegada do vírus no Brasil foi o que causou o aumento inesperado do nascimento de crianças com a malformação. 

- O vírus Zika pode desencadear a Síndrome de Guillain-Barré 
Verdade. A Síndrome de Guillain-Barré é uma reação muito rara a agentes infecciosos, como vírus e bactérias, entre eles o Zika. Os sintomas são fraqueza muscular e paralisia dos músculos. Eles podem apresentar diferentes graus de agressividade. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o vírus Zika também pode causar outras síndromes neurológicas como meningite, meningoencefalite e mielite. 

- A infecção é mais perigosa para crianças com até 7 anos
Boato. Circularam em mensagens no Whatsapp áudios mencionando que crianças menores de 7 anos e idosos estariam mais vulneráveis a sintomas neurológicos decorrentes do vírus Zika. Segundo a Fiocruz, essas informações não têm fundamentação científica.
A fundação esclarece que, assim como outros vírus, a exemplo da varicela, do enterovírus e da herpes, o zika poderia causar, em pequeno percentual, complicações clínicas e neurológicas em adultos e crianças, sem distinção de idade.

- Você pode ter sido contaminado pelo Zika e não saber
Verdade. Mais de 80% das pessoas infectadas pelo vírus Zika não apresentam sintomas. Isso dificulta a contabilização dos casos pelo governo brasileiro. Para o restante dos infectados os sintomas são febre leve e manchas vermelhas pelo corpo com coceira. Muitas vezes a pessoa também apresenta conjuntivite, dores musculares ou nas articulações, com um mal-estar que começa entre dois e sete dias após a picada de um mosquito infectado. 

- O vírus pode ser transmitido pelo sêmen
Não há resposta conclusiva. O vírus Zika foi encontrado no sêmen humano, porém, há apenas um caso relatado na literatura científica de transmissão do vírus Zika por relação sexual. A OMS diz que são necessárias mais evidências para assegurar que o vírus pode ser transmitido sexualmente.
Até que as pesquisas sejam concluídas, a OMS aconselha que homens e mulheres que vivam ou que estejam retornando de um país onde o vírus Zika circula, principalmente mulheres grávidas e seus parceiros, se protejam usando preservativo.

- O Zika pode ser transmitido pela saliva ou pela urina
Não há resposta conclusiva. A Fiocruz divulgou recentemente resultado de estudo que mostra a presença do vírus zika ativo, ou seja, com potencial de provocar a infecção, em amostras de saliva e de urina. A fundação ainda pesquisa a possibilidade de a saliva e a urina serem meios de transmissão.
 
Fonte: Agência Brasil - Aline Leal e Lílian Beraldo

Imagem: Reprodução

Em decreto de numero 1065, assinado no dia 16/fevereiro - terça-feira, o prefeito de Cordisburgo - Joaquim Ildeu Santana, diante da situação de excepcional emergência, resolveu também, entrar firme no combate ao mosquito aedes aegypti.

E considerando como primordial necessidade, partir para combater a proliferação do nocivo mosquito, causador da dengue, chicungunya e da zika, foram contratados 8 funcionários, para ação continuada por 60 dias e com a possibilidade de prorrogação por mais 2 meses, se necessário.

O mutirão já começou, com a equipe recolhendo pelas ruas de diversos bairros da cidade, lixos oriundos de diversos seguimentos, notadamente, aqueles recipientes plásticos, que possam acumular água e outros detritos que podem ser local de utilização e reprodução das fêmeas do terrível "pernilongo".

Em alguns locais, foram usados os "fumacês" - homens devidamente equipados com equipamento apropriado para a fumigação de veneno, através de fumaça tóxica, para dizimar os focos do inseto.

E não é de agora, que a dengue vem ocorrendo e, a cada dia que se passa, mais e mais pessoas, vão sendo contaminadas pela "picada" venenosa, e isso, em todos os lugares, por todas as cidades.

E, indiferente a esta boa ação da prefeitura de Cordisburgo, agora iniciada, a nossa cidade está convivendo com vários casos da doença. 

Todos os dias, pessoas com sintoma da dengue, estão procurando atendimento na Unidade de Saúde - ex Hospital Jenny Negrão de Lima, para uma consulta especializada. E isto é uma testificação.

É uma realidade que não imaginávamos e não desejávamos que ocorresse por aqui, mas agora, com tantas pessoas apresentando os sintomas, infelizmente, temos que aceitar e conviver com a situação - a dengue chegou por aqui.

E todos nós, estamos sujeitos a contrair tão maléfica doença.

A erradicação do mosquito é a única solução, ou acabamos com ele (ela), ou este terrível aedes aegypti, poderá acabar com todos nós.

Outra vez - Nem pensar!

Reportagem Adriano Bossi
Imagens: Fernando Silva e Cleison Sim


Imagem: BestDay

O horário de verão termina à 0h – meia-noite – deste domingo (21). De sábado para domingo, os moradores de 10 estados, além do Distrito Federal, terão que atrasar os relógios em uma hora. 
O Ministério de Minas e Energia informou no final de 2015 que a versão 2015/2016 do horário de verão seguiria as regras estipuladas no decreto 6.558, de 2008, revisado em 2013, que fixa a duração de quatro meses, entre o terceiro domingo de outubro de cada ano e o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.
Pela legislação, o horário de verão vigora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, nas seguintes unidades:
- Rio Grande do Sul
- Santa Catarina
- Paraná
- São Paulo
- Rio de Janeiro
- Espírito Santo
- Minas Gerais
- Goiás
- Mato Grosso
- Mato Grosso do Sul
- Distrito Federal
Esta é a 40ª edição do horário de verão no país. A primeira vez ocorreu no verão de 1931/1932. O objetivo é estimular o uso racional e adequado da energia elétrica.
"A estimativa de ganhos com a adoção do horário de verão supera o patamar de R$ 4 bilhões por ano, que representa o valor do custo evitado em investimentos no sistema elétrico para atender a uma demanda adicional prevista, de aproximadamente 2.250 MW no parque gerador nacional, um valor certamente muito expressivo", informou o Ministério de Minas e Energia em outubro de 2015.
Segundo o ministério, nos últimos dez anos, o horário diferenciado em parte do país durante o verão tem possibilitado uma redução média de 4,6% na demanda por energia no horário de pico. 
Fonte: G1

Imagem: Mises

Segundo o Jornal Sete Dias, em comunicado oficial à imprensa, a Secretaria Municipal de Saúde de Sete Lagoas confirmou, na manhã desta quarta-feira (17), o primeiro caso de morte por Zika Vírus na cidade.

Os números oficiais da contaminação pelo Aedes Aegypti e as doenças relacionadas ao mosquito (dengue, Chikungunya e Zika) são:

Em Sete Lagoas, uma gestante de 31 anos, residente na cidade, deu entrada na maternidade do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) no dia 28 de janeiro com 15-16 semanas de gestação, sendo admitida devido a quadro de aborto espontâneo em evolução, quadro clínico de febre, artralgia importante, conjuntivite e história de exantema.

O HSNG realizou notificação compulsória do caso suspeito para Zika Vírus sendo que a Superintendência de Vigilância Epidemiológica orientou a realizar coleta de material para análise pela Fundação Ezequiel Dias (FUNED).

No final da tarde da última segunda-feira (15) a Secretaria Municipal de Saúde foi informada pela Superintendência Regional de Saúde de Sete Lagoas que o material em análise foi positivo para o Zika Vírus. A Secretaria Municipal de Saúde realizará criteriosamente o acompanhamento à puérpera, como está fazendo o de todas as gestantes que acessam a rede de saúde.

A Superintendência de Vigilância Epidemiológica Municipal criou uma ficha adaptada para os registros de casos suspeitos de Zika Vírus para todas as faixas etárias. Até então, o registro dos casos era somente para gestantes, considerando um grupo prioritário seguindo o Protocolo de Atenção à Saúde à Microcefalia relacionada ao Zika, do Ministério da Saúde, 2016.

Essa ficha está sendo introduzida essa semana na rede pública e privada de saúde em Sete Lagoas, disponibilizando, assim, exames para diagnóstico do Zika Vírus em todas as faixas etárias. Os pacientes que se enquadrarem no protocolo serão atendidos e devidamente encaminhados para exame laboratorial para confirmação ou descarte do diagnóstico.

A Atenção Primária está preparada para atender a todos os usuários com suspeita de Dengue, Febre Chikungunhya e/ou Zika Vírus, sendo a porta de entrada para esse atendimento.

A Secretaria orienta a procurar sua unidade de saúde de referência caso apresente quaisquer dos sintomas relacionados às doenças.

O Jornal Sete Dias afirma que na versão impressa , na próxima sexta-feira (19) irá trazer todos os detalhes.

 

Fonte: Tecle Mídia com Secretaria Municipal de Saúde e Jornal Sete Dias

Imagem: Bruno Cantini
A modelo cordisburguense Samíria Santana, participou na noite desta segunda (15) do lançamento dos uniformes do Clube Atlético Mineiro, fabricados pela empresa canadense Dry World Industries.

Modelo no lançamento de 2015
Este já é o segundo ano da modelo no desfile do clube. Em 2015 ela participou do lançamento dos equipamentos assinados pela alemã Puma.

Samíria tem 21 anos, já participou de diversos concursos, sendo finalista do "Garoto e Garota Super 2014" e eleita a "Rainha do Café do Estado de Minas Gerais" em 2013. Atualmente mora em Belo Horizonte, trabalhando na agência Mega Model BH, bastante renomada no estado.

O desfile de apresentação dos uniformes do Atlético é muito tradicional. Conta com intensa cobertura televisiva nacional, sobretudo dos canais esportivos, tendo sido transmitido ao vivo pela internet para todo o país.

É Cordisburgo mais uma vez representada em grandes eventos do país. Parabéns pelo sucesso, Samíria Santana!

Reportagem: Lucas Gustavo
Imagens: Bruno Cantini

 Modelo no lançamento dos uniformes de 2016
Tecnologia do Blogger.