Policiais Militares do 25º BPM vinham recebendo denúncias anônimas de que um galpão localizado na Avenida Confrade José Alberto M. Dos Santos, no bairro Flórida, estaria sendo usado para a adulteração de cervejas. Através da equipe de inteligência da corporação, a prática criminosa foi desvendada na noite de terça - feira (19), por volta das 23h30.

Foto: Polícia MilitarFoto: Polícia Militar

Chegando ao local, os Policiais constataram a veracidade da denúncia e desmantelaram o esquema encontrando no local 7106 garrafas de cervejas com indícios de fraude, uma caixa de papelão contendo tampas e diversos rótulos de cervejas de marcas renomadas, três máquinas de lacrar garrafas, um cigarro e uma bucha de maconha, dois aparelhos celulares, vários carimbos, documentos empresariais diversos, e um veículo GM/CELTA.

Foto enviada via WhatsappFoto enviada via Whatsapp

12 homens foram presos e devem responder por crime contra a saúde pública e formação de quadrilha. Um deles, o autor H.S.P. de 27 anos assumiu ser o responsável pelo galpão e pela adulteração do material. O mesmo tentou subornar a Guarnição Militar oferecendo certa quantia em dinheiro.

A Polícia Militar explica que para fazer a adulteração, os suspeitos compravam cervejas mais baratas e adulteravam as garrafas com rótulos e tampinhas diferentes de sua marca original. As bebidas eram vendidas sem nota fiscal e por valor abaixo do praticado no mercado, para comércios de pequeno porte da região. Informações extra oficiais dão conta de que a execução dos trabalhos já durava cinco meses.

Foto: Polícia MilitarFoto: Polícia Militar

Diante do flagrante, os autores foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil. Todo material foi recolhido por caminhões da Distribuidora Amaral.

Fonte: SeteLagoas.com.br