O 'sargentinho' foi surpreendido por Luciano Huck (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)

O 'sargentinho' foi surpreendido por Luciano Huck (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)

A história da cidade mineira de Cordisburgo, com oito mil habitantes, mudou com a chegada do sargento da Polícia Militar Leonardo Leandro Sousa Diniz, que recebeu uma força e tanto do Caldeirão para continuar transformando a realidade da região. Responsável pela revitalização e manutenção da banda Vitalina Corrêa, que reúne 50 jovens músicos, o "Sargentinho", como é conhecido, levou um susto quando Luciano Huck invadiu seu quartel e informou que ele estava no Um Por Todos e Todos Por Um.
O quadro, que ajuda a realizar sonhos de empreendedores socias, entregou, em 10 dias, o Espaço Cultural Haydee Ferreira Viana para a banda administrada pelo "Sargentinho". O lugar que leva o nome da fundadora e presidente da banda contou com decoração de artesanato local, além de sala para ensaios e diversos instrumentos musicais. 
Antes da chegada do Caldeirão do Huck, a banda Vitalina Corrêa contava com uma estrutura precária, mas com a dedicação total do sargento Leonardo. Com uma infância difícil e uma família complicada, Leonardo nunca teve dúvida do que queria: ajudar as pessoas. "Eu precisava construir aquele herói dos meus sonhos de criança", disse.
A Banda Vitalina Corrêa se apresenta no antigo galpão antes da reforma (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)A Banda Vitalina Corrêa se apresenta no antigo galpão antes da reforma (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)
O "Sargentinho", de 35 anos, pediu apenas que o Caldeirão do Huck finalizasse a sede da banda, mas acabou ganhando muito mais. Com a mobilização de toda a cidade e com a ajuda de artistas, como a dupla Cesar Menotti e Fabiano e a Família Lima, o projeto foi um sucesso. 
Leonardo, sua mulher e o maestro André também foram conferir no Rio de Janeiro a apresentação do espanhol Placido Domingos, um dos maiores tenores do mundo. "Eu nunca tinha ido em um teatro. Na minha idade, é a primeira vez que eu entro em um espaço tão bonito e ainda mais com orquestra e Placido Domingos, que eu sou fã", contou Telma. O maestro André chegou a tietar o tenor e saiu com uma foto. 
Dona Haydee, Leonardo e Telma se emocionam na entrega da sede da banda (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)Dona Haydee, Leonardo e Telma se emocionam na entrega da sede da banda (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)
Na entrega da sede da banda, um elenco de estrelas gravou depoimentos em apoio ao projeto, que foram transmitidos na praça de Cordisburgo. O primeiro a aparecer no telão foi Lima Duarte, ídolo da presidente da banda, que guarda uma foto do ator com a Vitalina Corrêa quando ele esteve em Cordisburgo.
 "Haydee minha querida, é um prazer mandar um abraço para você e especialmente para o seu projeto, que se chama Além do Coração. Pois eu sei de uma musiquinha que foi além do meu coração. Indo tão além que chegou até a minha infância. E que dizia assim: 'A poeira do Cordisburgo não faz mal para ninguém não. Do pulmão lá ninguém morre. Lá o que mata é o coração'", disse o ator, seguido pelos depoimentos dos sertanejos Michel Teló e Paula Fernandes e da atriz mineira Débora Falabella.
E as surpresas não pararam aqui! Luciano Huck convidou a Vitalina Corrêa para ir ao Caldeirão e os músicos arrasaram no palco do programa ao lado do também mineiro Milton Nascimento. "Espero que as pessoas que tenham assistido essa matéria olhem pro lado e tentem encontrar sargentinhos nas suas ruas, nas suas cidades, e que apoiem porque o empreendedor social precisa de apoio", finalizou Huck.
Fonte: Organizações Globo/Rede Globo

O “Um por todos e Todos por um” do Caldeirão do Huck gravado em Cordisburgo que contou a história da infância difícil e do projeto social desenvolvido pelo Sargento da Polícia Militar, Leonardo, vai ao ar nesse sábado, 30. Através do programa, a banda de música Vitalina Corrêa ganhou um espaço cultural onde crianças em vulnerabilidade da região terão aulas de música com violino, violão, piano, entre alguns instrumentos. 

Sgt Leonardo com Milton Nascimento e banda durante a gravação do programa que vai ao ar no sábado / Foto: Divulgação
Sgt Leonardo com Milton Nascimento e banda durante a gravação do programa que vai ao ar no sábado / Foto: Divulgação

E para mostrar que realmente são afinados e fizeram por merecer o novo espaço, crianças que compõem a banda, ao lado do idealizador do projeto, estiveram no estúdio do programa para gravar a apresentação que vai ao ar nesse fim de semana. Na prova que garantiu o “Espaço Cultural Haydeé Ferreira Viana” para a banda Vitalina, os músicos foram desafiados a tocar Canção da América para ninguém menos do que o cantor Milton Nascimento que aprovou a execução. 

Início da obra da sede da banda antes da participação no programa / Foto: Arquivo PessoalInício da obra da sede da banda antes da participação no programa / Foto: Arquivo Pessoal

Refeito das emoções dos últimos meses desde quando Luciano Huck esteve na sede do 25° Batalhão para anunciar que o quadro seria com o policial, AQUI, e da volta do apresentador para a entrega da nova sede da banda, AQUI, Sgt. Leonardo garante que o novo espaço vai mudar a vida de mais crianças em Cordisburgo. “A sede entregue vai servir de motivação para os músicos, pois encontrarão um local lindo e aconchegante. Muitas portas vão se abrir e novos músicos irão aparecer e fazer a banda ainda melhor”, confia.

E o novo espaço no dia da entrega com Luciano Huck / Foto: Arquivo PessoalE o novo espaço no dia da entrega com Luciano Huck / Foto: Arquivo Pessoal

Com o sonho da sede da banda realizado, o militar já pensa a frente e adianta que pretende levar música para crianças também dentro da escola porque com disciplina e estudo o policial que tem 16 anos de carreira transformou sua própria vida e agora pode dar um futuro melhor para as crianças da região onde vive. “O projeto música na escola é para atender os alunos e ensinar música dentro de sala de aula. O objetivo não é transformar os alunos em músicos profissionais, mas sim em cidadãos dispostos a viver neste mundo tão incerto”, vislumbra.

O nome do espaço, Haydeé Ferreira Viana, foi sugerido por Leonardo para homenagear sua vice-presidente na banda. Prova viva de que boas ações conseguem mudar o ambiente ao seu redor, o policial que viu na música a oportunidade de um futuro melhor para crianças carentes confia que com estudo e perseverança tudo na vida tem um tempo e avisa. “Nunca desista dos sonhos, eles chegarão ao tempo de Deus".

Fonte: SeteLagoas.com.br
Tecnologia do Blogger.