Para tentar aliviar a crise e combater o transporte clandestino de passageiros, que nos últimos anos, fizeram o setor perder 400 mil usuários, as empresas de transporte de passageiros no estado de Minas Gerais, através do Sindpas-MG, começam a implantar as promoções.

A política de tarifas promocionais, que já é praticada pelas empresas de aviação, deverá ser adotada a partir desta semana. Nas aéreas, tem dado certo...aguardemos na empresas rodoviárias.

Os valores, hoje definidos para cada linha, passam a ser a tarifa-teto e não mais aquele a ser cobrado obrigatoriamente de casa passageiro.

As promoções nos preços das passagens de ônibus já são adotadas há mais tempo pelo transporte interestadual, com autorização da Agencia Nacional de Transporte Terrestre - ANTT.

A medida foi autorizada pelo governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas - Setop-MG e vinha sendo amadurecida pelo governo do estado e representantes das empresas, durante vários meses.

Entre 2015 e 2016, o setor sofreu forte queda no faturamento, fruto da recessão econômica e também, em virtude da oferta de transporte irregular (táxi-lotação e vans clandestinas) que proliferam por todas as cidades e rodovias.

Agora, resta aos passageiros e usuários destas linhas intermunicipais, assistirem a implantação do novo serviço e depois opinarem à respeito.

Por Adriano Bossi - Com matéria de Juliana Gontijo - O Tempo

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.