Enorme área com plantação de eucaliptos sofre com ação do fogo, desde o inicio da tarde deste domingo e causa muita apreensão.

O incêndio, que ainda não se sabe a origem - espontâneo ou criminoso; até as 17:30 horas, não havia sido debelado.
 
A grande plantação de propriedade da Siderúrgica Gerdau, localizada no Quintino Vargas, após o aeroporto, na saída para Curvelo, ardia sob chamas intensas e de difícil controle.

Desde Cordisburgo, muitos moradores se assustaram quando perceberam os grossos rolos de fumaça que subiam aos céus na direção noroeste, entre a serra do Maquiné e a saída para a vizinha cidade.

Houve mobilização imediata de brigadistas, colaboradores e voluntários, que em ação conjunta, partiram para o enfrentamento do grave problema. Um dos primeiros colaboradores a chegar ao local, foi o vice-prefeito de Cordisburgo, Antonio Luiz, que ao tomar conhecimento do fato, se dirigiu imediatamente para a área afetada.

O grupo de brigadistas do IEF-MG, que atua junto ao Parque Ecológico da Gruta do Maquiné, que é comandado pelo gerente Mário Lúcio, entrou em ação com todos os componentes da equipe e principiou o trabalho de combate às chamas.

Funcionários da Gerdau também, entraram em combate, com algumas máquinas e um caminhão pipa, e se juntaram aos brigadistas.

Outras máquinas de voluntários, também se agregaram para o auxilio, pois, a intensidade do fogo era bem grande e todos se juntavam para auxiliar no combate ao fogo.

Houve trabalho de abertura de aceiros com algumas máquinas, para evitar que as chamas se propagassem para outras áreas adjacentes, pois este tipo de reflorestamento, é bastante difundido em toda região.

Reportagem Adriano Bossi - Fotos Lucas Gustavo

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.