Após solicitação do Executivo, do Legislativo e de significativa parcela da comunidade cordisburguense, a Drª Kellen Cristini de Sales e Souza - D.D. Juíza de Direito da Comarca de Paraopeba determinou que o Estado de Minas Gerais e o Departamento de Estrada de Rodagem do Estado promovam estudos para desviar do centro da cidade de Cordisburgo o tráfego de veículos da rodovia LMG-754, que liga Curvelo a nossa cidade e dá acesso à MG-231.

Face ao asfaltamento da estrada, já em fase final, autoridades estão prevendo o aumento significativo de tráfego de  veículos pela Rua São José, e solicitaram tal desvio.

Segundo o documento, nada foi feito para garantir a preservação do patrimônio histórico-cultural do estado, como a Capela ao Patriarca São José, Prefeitura Municipal, Câmara Municipal e Academia Cordisburguense de Letras, bem como o tráfego intenso e de veículos pesados colocaria em risco crianças e adolescentes que estudam na Escola Estadual Mestre Candinho, além de causar transtorno para os internos do Lar dos Idosos Sagrado Coração de Jesus.

Foi deferido ao DER que elabore e apresente em juízo, no prazo de 30 dias, o projeto para o desvio de trânsito pesado da Rua São José e que seja promovido o referido projeto no prazo de 90 dias, sob pena de multa diária de R$ 5.000,00 até o limite de R$ 50.000,00.


*Resta lembrar que o PROJETO foi Deferido e não o desvio em si.

Por Adriano Bossi e Lucas Gustavo

Postar um comentário

  1. Com o Comércio ruim do jeito que tá o povo ainda quer tirar o único movimento da cidade e ainda atrapalhar o turismo que é uma das fontes de renda de muitos na cidade. SANTA IGNORÂNCIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm acho isso uma bobagem, tenho comercio na avenida e tenho muitos clientes caminhoneiros e viajantes que passam por aqui. Com o desvio isso vai atrapalhar muito minhas vendas.

      Excluir
    2. Monta um comercio la na estrada!! Vcs não percebem que essa estrada é o fim da pacata Cordisburgo??? Corredor de fulga da bandidagem... fala serio! Cordiburgo é patrimonio historico e tem q ser preservada.
      MP te de agir rapido contra esse absurdo.

      Excluir
  2. Não sei de nada. Só observo. Infelizmente o progresso traz riscos sociais. Eu prefiro uma cidade movimentada que uma parada. Rota de fuga? Talvez! Acredito porém que o maior fluxo de veículos traga oportunidades colocando Cordisburgo outra vez no eixo do desenvolvimento.

    ResponderExcluir

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.