As polícias Civil e Militar realizaram nesta quinta-feira, 14 de julho, em Paraopeba, operação conjunta para combater o crime na região.

Ainda durante a madrugada os policiais se deslocaram para Pompéu, para  cumprir mandados de busca e apreensão em residências localizadas no bairro Várzea do Galinheiro. Logo ao amanhecer os policiais de Paraopeba, juntamente com policiais militares de Pompéu, cumpriram os mandados judiciais, localizando em um dos imóveis ANDRE LUIZ SILVA MARTINS, de 27 anos, e GUSTAVO HENRIQUE SILVA OLIVEIRA, de 20 anos. A dupla, que é de Paraopeba e morava em Pompéu há pouco tempo, estava com mais de 20 porções de cocaína e crack, tendo confessado que vendia drogas no local. Também foram apreendidos telefones celulares, dinheiro e uma motocicleta em situação irregular. ANDRÉ e GUSTAVO foram presos em flagrante pelo crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas e permanecerão na unidade prisional de Pompéu, à disposição da justiça.

Em seguida os policiais, civis e militares, de Paraopeba, retornaram à cidade de origem, onde continuaram a operação policial.

No bairro Dom Cirilo foi apreendido o automóvel GM/Vectra GLS, placa JEV-7548, veículo esse utilizado para a venda de drogas e que por isso era objeto de mandado de busca e apreensão.
 
 
Em seguida os policiais se deslocaram para o bairro Industrial, onde, no estabelecimento chamado "Bar do Vital", cumpriram mandado de prisão preventiva contra o proprietário, VITAL PEREIRA NETO, de 42 anos. O bar é conhecido na região por ser frequentado por usuários de drogas e traficantes, que vendem o material no estabelecimento, com a conivência do proprietário, por isso VITAL é suspeito de cometer os crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas. O indivíduo ainda mantinha e comercializava no bar cigarros de fabricação estrangeira, pelo que também foi preso em flagrante pelo crime de contrabando. Ainda no "Bar do Vital" foi dado cumprimento a mandado judicial, expedido pela Justiça atendendo a representação da Polícia Civil, de lacração do estabelecimento,o que se fez com a colocação de parede de alvenaria na entrada.
Guilherme Gomes da Silva

A operação policial continuou no bairro Nossa Senhora do Carmo, onde foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência de GUILHERME GOMES DA SILVA, de 27 anos, contra o qual também havia mandado de prisão preventiva, porém o homem não foi localizado. Foi presa no local sua esposa, JAYNE FRANCIELE ALVES DOS SANTOS, de 24 anos, em decorrência de mandado de prisão preventiva, por ser suspeita da prática dos crimes de associação para o tráfico de drogas e corrupção de menores. No local ainda foram apreendidos pássaros da fauna silvestre, configurando crime ambiental.

Também no bairro Nossa Senhora do Carmo foi preso em virtude de mandado de prisão temporária DIEGO WALLACE SILVA, de 21 anos. Ainda foi preso temporariamente WESLEY FERNANDO DA SILVA, de 30 anos. A dupla é suspeita de cometer homicídio duplamente qualificado, ocorrido em fevereiro deste ano, em Paraopeba.

Todos os homens presos em Paraopeba foram encaminhados ao presídio de Sete Lagoas, e a mulher ao presídio local, onde permanecerão à disposição da Justiça.

GUILHERME GOMES DA SILVA é foragido da Justiça, portanto qualquer pessoa que tenha notícias sobre o seu paradeiro deve acionar imediatamente a polícia, para que ele seja preso.
 
Assessoria de Comunicação Polícia Civil - DRPC

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.