Imagem: Lucas Gustavo 
Nesta Quarta-Feira, 05/08, a Estação Ferroviária de Cordisburgo completa 111 anos de existência.

Foi inaugurada em 1904 pela então Estrada de Ferro Central do Brasil, e sendo uma grande responsável para o desenvolvimento econômico do município, gerando vários empregos durante décadas passando pela Rede Ferroviária Federal e chegando a atual FCA.

Nestes 111 anos, grande parte da história dos 131 anos de fundação cordisburguense passou por ali. Dados historiográficos dão conta de que a linha férrea não passaria por Cordisburgo, mas foi devido a uma reunião do Padre João de Santo Antônio com o governo que possibilitou tal implementação.

Pode ser considerada um marco da história mineira, sendo considerada a porta de entrada para a Gruta do Maquiné, estando também presente na obra de Guimarães Rosa, sendo inclusive uma das peças principais do arranjo musical "Trem para Cordisburgo" de Tom Jobim.

Atualmente encontra-se fechada e é eventualmente utilizada pela Ferrovia Centro Atlântica como depósito ou outras finalidades.

Seria interessante seu funcionamento como museu ou memorial ao enorme número de ferroviários que nosso município colecionou ao longo dos tempos.

A última abertura da estação foi organizada pela Associação dos Amigos do Museu Casa Guimarães Rosa há anos atrás durante a Semana Roseana com exposições de artesanatos feitos no município e bordados do Grupo da Melhor Idade Estrelas do Sertão.

Reportagem: Lucas Gustavo

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.