O cantor Lulu Santos esteve em Cordisburgo neste sábado, 30 de Março, onde pôde conhecer os principais pontos turísticos da cidade.

Acompanhado do namorado, o cantor visitou a Gruta do Maquiné e o Museu Casa Guimarães Rosa, tendo inclusive postado fotos em suas redes sociais.

Durante o tempo que esteve na cidade, o cantor esbanjou simpatia, conversando com as pessoas e tirando várias fotos.

Lulu seguiu para Belo Horizonte, onde encontrou com outros cantores como Milton Nascimento e Samuel Rosa.


Grande leitor e fã do escritor João Guimarães Rosa ( 1908-1967), o escritor moçambicano Mia Couto vem ao Brasil para o lançamento de Grande Sertão: Veredas, que acaba de sair pela Companhia das Letras, depois de anos no catálogo da Nova Fronteira. O lançamento de Grande Sertão: Veredas será no dia 9 de abril, às 20 horas, no Sesc Pinheiros.

Além de Mia Couto, participam do lançamento, com leitura, integrantes do Grupo Miguilim. A direção é de Bia Lessa.

De 1956, Grande Sertão: Veredas é uma das maiores obras da literatura brasileira, e a obra-prima de Guimarães Rosa - um mergulho no sertão mineiro e, sobretudo, na alma humana.

O livro que chega agora às livrarias conta com novo estabelecimento de texto, cronologia ilustrada, indicações de leituras e  textos publicados sobre o romance, incluindo um breve recorte da correspondência entre Clarice Lispector e Fernando Sabino e escritos de Roberto Schwarz, Walnice Nogueira Galvão, Benedito Nunes, Davi Arrigucci Jr. e Silviano Santiago. 

Por Estadão



DIVULGAÇÃO DE CHAMADA PÚBLICA 

CAIXA ESCOLAR "CLÁUDIO PINHEIRO DE LIMA" no uso de suas atribuições  constantes no Regulamento Próprio de Licitação da Caixa Escolar e em cumprimento a Lei Federal no 11.947/2009 e Resolução CD/FNDE NO 026/2013, torna público que fará realizar no dia 12/04/2019, às 10:00 horas, na sala de reuniões da Escola Estadual "Cláudio Pinheiro de Lima", situada nesta cidade, na Rua Frei Estevão, no 402, Centro, Cordisburgo/MG, Chamada Pública, nos termos do Edital no 001/2019, destinado a aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar. 

O Edital no 001/2019 com todas as exigências e condições encontra-se afixado e à disposição dos interessados no endereço acima mencionado, no período de 21/03/2019 à 11/04/2019, no horário de 08:00 às 16:00 horas. 

Cordisburgo, 21 de março de 2.019. 

Patrícia e Fátima de Matos Vaz Corrêa 
Presidente da Caixa Escolar 


A Polícia Civil fechou na tarde desta quinta-feira (28) uma fábrica de falsificação de água mineral em um galpão dentro de um sítio, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Quatro pessoas foram conduzidas para a delegacia.

Segundo a polícia, o grupo abastecia os galões com água de cisterna e usava impressoras para fazer os rótulos. “Os suspeitos retiram a água da cisterna e, como vocês puderam perceber no processo de fabricação, eles colocam essas águas em embalagem, lacram com selo e revendem em toda região metropolitana”, disse Pedro Henrique Vieira, delegado responsável pelo caso.

Os produtos falsificados seriam da marca Igarapé.

No local, também foi encontrado uma grande quantidade de fogos de artifício. De acordo com a corporação, ainda foram apreendidos materiais de alta tecnologia para fazer a cópia dos selos e rótulos.

Por G1


A equipe econômica estuda a redução de tributos sobre empresas, em troca da cobrança de Imposto de Renda sobre dividendos, disse hoje (27) o ministro da Economia, Paulo Guedes. Em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, o ministro declarou que a medida aumentaria a competitividade do Brasil no exterior sem piorar a distribuição de renda.

Se o mundo todo começa a reduzir impostos sobre empresas, como você consegue reduzir sem piorar a distribuição de renda? Se pode abrir uma empresa a 20% de imposto lá, e aqui a 34%, quem sabe podemos reduzir a 20% aqui, mas pega imposto sobre dividendo e sobe? Tem que fazer uma compensação. Estamos dizendo o seguinte: vamos baixar de empresas, mas aumentar em dividendo. Isso que está sendo estudado", declarou o ministro.

Atualmente, as empresas brasileiras que lucram mais de R$ 20 mil por mês pagam 25% de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e 9% Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), totalizando 34%. Em compensação, desde 1995, o Brasil não cobra Imposto de Renda sobre dividendos (parcela do lucro distribuída aos acionistas de uma empresa), na contramão da prática internacional.

Segundo o ministro da Economia, a carga tributária do Brasil é alta. De acordo com Guedes, se os tributos fossem mais baixos para toda a sociedade, o governo não precisaria ter concedido subsídios e desonerações a setores específicos da economia nos últimos anos. Para ele, tais políticas beneficiam apenas setores com capacidade de pressão, enquanto empresas sem conexões políticas quebram por não conseguirem articular-se.

Seguro rural

Sobre a intenção de o governo reduzir os subsídios à agropecuária e aumentar as operações de seguro rural, Guedes respondeu que nunca defendeu o fim de subsídios a um segmento específico da economia, mas a redução generalizada para todos os setores. “Fui eu mesmo que determinei uma compensação ao setor agrícola depois que retiramos a tarifa antidumping do leite em pó importado, depois que os produtores brasileiros reclamaram”, rebateu.

Por Agência Brasil


Aconteceu nesta segunda-feira, a Reunião Ordinária dos vereadores de Cordisburgo, referente ao mês de Março de 2019.

Inicialmente, a EMATER de Cordisburgo, através do técnico Ronaldo, apresentou as ações da empresa no ano de 2018 na cidade. Toda a equipe estava presente: o técnico Glauco, a secretária Myriam, além da servente Vera.

Foram votados os seguintes projetos:

Projeto de Lei nº 06/2019 – Dispõe sobre Diária de Viagem, Adiantamento e Ajuda de Custo a Servidor Público e Agentes Políticos e dá outras providências. O projeto foi reprovado. Foram 4 votos contra: Paulo Eduardo, Arnaldo de Paula, Aldair Marques e Gilson Rodrigues; 3 votos a favor: Ney Freitas, Edimar Araújo e Erivélton Santos e 1 abstenção: Péricles Pereira.

Projeto de Lei nº 07/2019 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a Realizar a Cobrança de Inscrição e Conceder Premiação nos Eventos Esportivos Municipais e dá outras providências. O projeto foi retirado de pauta para "vistas", a pedido do vereador Paulo Eduardo, concedido pela presidente Geralda Maria.

Projeto de Lei Complementar nº 02/2019 – Autoriza Reajuste do Vencimento Base dos Profissionais do Magistério e dá outras providências. O projeto também apresentava o reajuste de 2 cargos comissionados da administração municipal: Assessor Contábil e de Administrador de Tributação, Arrecadação e Fazenda. O vereador Ney Freitas solicitou que fosse votado em 2 discussões na mesma reunião, para que o reajuste tivesse efeito imediato. O projeto foi aprovado por unanimidade.

Projeto de Decreto Legislativo nº 01/2019 – Institui a Medalha “Octacílio Negrão de Lima” e  Projeto de Decreto Legislativo nº 02/2019 – Institui Medalhas a Serem conferidas a Alunos Destaques da Rede Estadual do Ensino Público do Município de Cordisburgo; foram também ambos aprovados por unanimidade.

A reunião completa e a palavra dos vereadores podem ser assistidas no vídeo abaixo:


Na manhã deste domingo a equipe do Máster 50 de Cordisburgo enfrentou os veteranos de Araçaí e perdeu por 3 tentos a 1, na disputa da melhor de três partidas, no Estádio da Várzea, em Cordisburgo. 

A equipe do Máster 50 de Cordisburgo entrou em campo com a seguinte formação:
Marcelo Félix, César Braite, Fabinho do Velú, Carlai, Sander, Paulinho, Geraldo, Renato "Feijão", Cabeção, Laci e Carton.

Entraram no decorrer da partida: 
Beto Curvelano, Adair, Zezinho Coelho, Dinho, Tião Paraná e Som.

A equipe de Araçaí foi agraciada com o troféu de "Vencedor da melhor de três partidas". Houve distribuição de troféu para Paulinho, eleito pelos torcedores presentes como o melhor em campo e troféu da amizade para a equipe do Máster 50 de Cordisburgo.





A empresa Brasil Vida Taxi Aéreo adquiriu, pelo valor de R$ 2.226.710,00, o avião LearJet, modelo 35A, marca PT-LGW. A aeronave ficava à disposição do gabinete dos ex-governadores mineiros e foi colocada à venda após determinação do governador Romeu Zema, dentro da proposta de corte de despesas no Estado. 

A comercialização foi conduzida pela Comissão Permanente de Alienação, da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), e ocorreu por meio de licitação, Edital 001/2019, na modalidade de concorrência, na última terça-feira (19/3). O valor mínimo estipulado pelo Estado, quando foi iniciado o procedimento licitatório, foi de pouco mais de R$ 2,2 milhões. A homologação do resultado foi publicada na edição deste sábado (23/3) do Diário Oficial Minas Gerais.

A aeronave, fabricada em 1984, tem capacidade para oito passageiros, além de dois tripulantes e está equipada com um forno elétrico e um toilette. Até a última utilização, em 22 de novembro de 2018, foram registradas 4.720,1 horas de voo.

Todas as informações relativas à licitação podem ser acessadas em:


Um estudante de 17 anos foi apreendido depois de usar as redes sociais para ameaçar atacar uma escola de Montes Claros, na região Norte de Minas. No WhatsApp, o jovem publicou mensagens que fazem alusão ao massacre com dez mortos e 11 feridos, em Suzano, na Grande São Paulo.

"Amanhã nós caçaremos, vcs serão vítimas do inesperado" e "a aula de amanhã vai ser top", publicou o rapaz no status do aplicativo de mensagem. As frases acompanhavam fotos do menino com armas, touca e um sobretudo preto. A postagem rapidamente viralizou e o pânico se instaurou na cidade. Alunos, professores e pais ficaram com medo de que o jovem cometesse um crime na instituição.

A Polícia Civil foi acionada e, na casa do menor, apreendeu uma réplica de arma, uma touca e outros objetos usados nas postagens. Aos agentes, o estudante falou que "tudo não passou de uma brincadeira". O caso aconteceu no início da noite de quarta-feira (20) e o adolescente foi levado para a Delegacia de Plantão.

De acordo com a polícia, ele permanecerá no local até as 14h desta quinta-feira (21), quando será apresentado ao juiz da Vara da Infância e Juventude do município para as providências cabíveis. De acordo com a corporação, o procedimento padrão é que o apreendido assine um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e seja liberado. O caso do estudante, contudo, será analisado e decidido pelo juiz.

A Polícia Civil informou que o adolescente pode ser indiciado por incitar publicamente a prática de crime. A pena para o delito varia de três a seis meses de prisão, ou pagamento de multa. 



Aulas

Depois das ameaças, surgiram rumores na web de que a aula na escola apontada como alvo do estudante ficaria fechada nesta quinta-feira. A informação foi desmentida pelo diretor da instituição, que informou que o local está funcionando normalmente.

Por Hoje Em Dia


A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) não vai mais aceitar a inscrição em seus quadros de bacharéis em direito que tenham agredido mulheres, idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência física e mental. Sem a inscrição no órgão, os recém-formados não podem exercer a advocacia nem se apresentar como advogados.

A edição de uma súmula que torne os casos de agressões e violência contra mulheres, idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência física e mental um impeditivo à inscrição na Ordem foi aprovada pelo plenário do Conselho Federal da OAB nesta segunda-feira (18). A súmula com os detalhes da medida deve ser publicada ainda esta semana, mas, segundo a assessoria da OAB, a decisão já está em vigor, podendo ser aplicada pelas seccionais da Ordem.

Os conselheiros concordaram com a tese de que quem incorre em qualquer um destes casos não tem idoneidade moral para exercer a profissão. Ao analisar a proposta apresentada pela Comissão Nacional da Mulher Advogada, que tratava especificamente da violência contras as mulheres, o relator, o conselheiro Rafael Braude Canterji, afirmou que, mesmo que ainda não tenha sido julgada pelo Poder Judiciário, a simples denúncia é um fator contrário à aceitação do acusado nos quadros da OAB.

“A violência contra a mulher, decorrente de menosprezo ou de discriminação à condição de mulher, não se limitando à violência física, constitui sim fator apto a caracterizar a ausência de idoneidade moral necessária para a inscrição na OAB, independentemente da instância criminal, sendo competentes os conselhos seccionais para deliberação dos casos concretos”, afirmou Canterji em seu voto – que foi seguido pelos outros conselheiros.

“A OAB não pode compactuar com aquele que pratica a violência contra a mulher. Esse é o recado que a gente espera com a aprovação dessa súmula, no sentido de dizer que esse é um valor essencial para a OAB”, ressaltou a conselheira e presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada, Daniela Lima de Andrade Borges.

Segundo a OAB, no processo de inscrição, os candidatos devem apresentar atestado de antecedentes criminais - documento que traz informações sobre processos ou condenação em casos de violência. Anualmente, cerca de 100 mil bacharéis em direito obtêm a inscrição na OAB e se tornam advogados.  

Por Agência Brasil


Na última sexta-feira, 15, aconteceu a reinauguração do Bar e Danceteria do Emin.

O evento foi apresentado pelo Ponto do Peixe e Açougue Tonico e contou com um ótimo público que assistiu a um excelente show do cantor belo-horizontino Diego Lisboa. O cantor Rafael Marin também fez uma participação especial.

A sonorização ficou por conta de DJ Paulo.

Agora, a Danceteria do Emin conta com a administração de Emin e Alemão, apresentando  novas opções no cardápio e um excelente ambiente.























A Eco135, concessionária que administra a principal rodovia de acesso à capital do estado, anunciou neste sábado (16) a data para a cobrança dos pedágios; a partir de 1º de abril, a empresa terá seis pontos.

A concessionária iniciou as obras há cerca de nove meses e, segundo a empresa, foram R$ 137 milhões investidos em infraestrutura das rodovias BR-135, MG-231 e LMG-754. “Antes da cobrança do pedágio, foram investidos milhões em obras de melhorias previstas no plano de trabalhos iniciais do contrato de concessão, com o objetivo de restabelecer as condições mínimas de segurança viária. Diversos pontos do trecho passaram por recuperação do pavimento, com correção de depressões e degraus da pista. Foram aplicadas 84 mil toneladas de asfalto novo, quantidade equivalente a 7 mil caminhões do material”, informa a nota da Eco135.

A empresa afirma que esta segunda parte dos trabalhos, que culminam com a cobrança do pedágio, são obras mais “robustas”, como a duplicações, vias adicionais, que deverão ser entregues nos cinco primeiros anos.

“No total, 136 quilômetros da BR-135 serão duplicados, entre Montes Claros e Bocaiúva, e entre as cidades de Corinto e Curvelo, e ainda a construção de sete trevos em desnível ao longo da malha viária. Os investimentos previstos estão na ordem de R$ 577 milhões, em cinco anos de trabalhos”, garante em nota.

A Eco135 terá 30 anos de concessão e afirma que, ao todo, serão investidos mais de R$ 1,9 bilhão em obras.

Atendimento 24 horas

Em dezembro de 2018 a empresa iniciou os serviços de atendimento aos usuários das rodovias BR-135 (Montes Claros a São José da Lagoa), MG-231 (Cordisburgo a Paraopeba) e LMG-754 (Curvelo a Cordisburgo).

Conforme contrato de concessão, estão disponíveis aos usuários da rodovia os serviços de socorro mecânico, remoção de veículos e atendimento pré-hospitalar. Nessas atividades são cinco guinchos, cinco ambulâncias, duas inspeções de tráfego, um veículo para apreensão de animais e um para combate a incêndios próximos à rodovia.

Por G1 - InterTV Grande Minas


A Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, através da Delegacia de Polícia Civil de Caetanópolis, prendeu nesta quinta-feira, 14/03, os autores de um homicídio ocorrido no município, em 28 de julho de 2018.

O corpo da vítima, um homem de 28 anos, foi localizado em um terreno baldio, no bairro Nossa Senhora das Graças, já sem vida, com afundamento de crânio, além de 10 perfurações por objeto perfuro-cortante, no tórax, pescoço, nuca e costas.

Após investigações, a Polícia Civil apurou que W. W. da C., V. D. R., C. V. de O. S., W. R. M., mulher C. C. R. S., além de um adolescente, mataram a vítima, devido a uma briga anterior em que se envolveram, sendo utilizados como instrumentos do crime pedras e pedaços de madeira.

Foram cumpridos 5 mandados de prisão, além de 1 mandado de internação de adolescente.

Os presos, a exceção de um deles, que já estava preso por outro motivo, foram encaminhados ao sistema prisional e sócio-educativo, e ficarão à disposição da Justiça.

Com Ascom Polícia Civil



A Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, através da Delegacia de Polícia Civil de Cordisburgo, esclareceu um furto nesta sexta-feira, 15 de março, e recuperou os objetos que haviam sido furtados de uma residência no Centro do município, em 02 de março de 2019.

Na ocasião as vítimas passaram alguns dias fora de casa e, quando retornaram, depararam-se com a residência arrombada, tendo sido subtraídos diversos objetos, como eletrônicos, eletrodomésticos, roupas, utensílios de cozinha e alimentos, totalizando aproximadamente R$ 7.500,00.

Após investigações, a Polícia Civil esclareceu que C. T. A. dos S. C., de 29 anos, juntamente com sua filha, de 13 anos, vizinhas de fundo das vítimas, aproveitaram-se da ausência dos moradores para arrombar o portão que dá acesso à rua e uma das portas do imóvel, e assim acessar o seu interior para subtrair objetos que estavam no local. As autoras do crime aproveitaram-se ainda do fato de já terem residido no imóvel arrombado, pelo que conheciam muito bem o local e sabiam onde estariam os objetos do seu interesse.

A Polícia Civil recuperou os objetos furtados, os quais estavam na residência das autoras, e os bens foram restituídos para as vítimas.

C. foi indiciada por furto qualificado e corrupção de menores, enquanto à adolescente foi atribuído ato infracional análogo ao crime de furto qualificado, e ambas responderão a processo criminal.

Com Ascom Polícia Civil


A população de Paraopeba, município da região Central do Estado, recebeu, na tarde de terça-feira (12), as obras de reforma e ampliação da Delegacia de Polícia Civil na cidade. A entrega das obras foi realizada pela Polícia Civil de Minas Gerais, com o objetivo de garantir infraestrutura de excelência para os servidores que trabalham na Unidade e, também, possibilitar melhorias e ampliação no atendimento à população. A Comarca de Paraopeba abrange os municípios de Santana de Pirapama, Cordisburgo, Araçaí, Caetanópolis e Paraopeba, atendendo a uma população estimada em 60 mil habitantes. A Delegacia integra a Regional de Sete Lagoas e o 19° Departamento de Polícia Civil em Sete Lagoas.

A estrutura, anteriormente, funcionava como Delegacia e cadeia pública feminina e passou por adequações para a expansão da nova sede, como explicou o Delegado Titular Arlem Peterson Silva Ribeiro. “Cada detalhe foi pensado e desenvolvido para auxiliar no trabalho desta equipe que integra a Comarca de Paraopeba, uma equipe extremamente capacitada e que tem realizado um trabalho de destaque e qualificado. A nova infraestrutura ainda vai garantir os avanços nos serviços de identificação civil, vistoria em veículos e na atividade de Polícia Judiciária”, ressaltou o Delegado.

A obra contou com a parceria da Prefeitura de Paraopeba, de empresários e comerciantes locais. O Delegado Assistente da Chefia da Polícia Civil, Delegado-Geral Arlen Bahia da Silva, representando o Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Delegado-Geral Wagner Pinto de Souza, também destacou a excelência da infraestrutura da Delegacia em Paraopeba. “A Chefia da Polícia Civil não tem medido esforços para valorizar os seus servidores, com a consciência que essa valorização tem efeitos diretos na excelência dos serviços de investigação policial e de atendimento ao público”, observou o Delegado Assistente. “Não temos dúvidas que esta nova casa da Polícia Civil irá contribuir para um novo tempo da segurança pública na região, de paz social e de um atendimento acolhedor e respeitoso para toda a comunidade do município de Paraopeba”, concluiu.  



A obra contou com a parceria da Prefeitura de Paraopeba, de empresários e comerciantes locais, além da atuação de voluntários. “Esta obra é da comunidade paraopebense, e vocês são os protagonistas deste evento”, finalizou o Delegado Arlem Peterson. 

O prefeito da cidade de Paraopeba, José Valadares Bahia, parabenizou a Polícia Civil pela obra e a equipe da Delegacia naquele município. “O que está acontecendo aqui na cidade, com a criminalidade caindo ano após ano, nós temos que divulgar”, observou Valadares, que ainda completou dizendo que “a segurança é uma das principais líderes de qualidade de vida de toda a população”. O Chefe do 19° Departamento de Polícia Civil em Sete Lagoas, Delegado-Geral Juarez Ferreira da Luz, também registrou o agradecimento a todos que contribuíram para a realização das obras. O Chefe de Departamento ainda ressaltou que “ao longo desses dois anos, desde a criação do Departamento, que tem a sede na cidade de Sete Lagoas, as ações da Polícia Civil têm responsabilidade sob a queda nos índices de criminalidade da região”. Para o Delegado-Geral Juarez Ferreira, as obras são mais um sinal de que “a Polícia Civil é parceira da comunidade”.                             
Com Ascom Polícia Civil




Após ação conjunta entre PRF e PMMG, policiais rodoviários federais abordaram um VW/Gol na tarde dessa segunda-feira, 11/03, na BR 040 em Sete Lagoas.

Seus ocupantes D. S. F., 25 anos e R. F. A., 28 anos demonstraram nervosismo incomum. Ao vistoriar o veículo, foram localizados 04 barras grandes e 01 pequena de maconha em compartimento oculto no painel, momento que foi dado voz de prisão aos envolvidos. Em continuidade a fiscalização, foram encontrados mais 09 barras grandes da mesma droga na lataria do veículo.

A droga e os autores foram encaminhados à Polícia Civil de Sete Lagoas onde foi ratificado o flagrante pelo crime de tráfico de drogas. O veículo foi recolhido ao pátio do socorro credenciado.

Por Tecle Mídia




As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, segundo cronograma divulgado na tarde de hoje (27) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Pelo calendário, as inscrições estarão abertas de 6 a 17 de maio.

Entre 1º e 10 de abril os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018. O edital do Enem, conforme o instituto, será publicado no próximo mês.

No ano passado, 5,5 milhões de pessoas se inscreveram para fazer o Enem, mas 4,1 milhões compareceram aos dois dias de provas. Nos dois domingos de exame, os estudantes precisam desenvolver conhecimentos de linguagens, incluindo redação, ciências humanas, ciências da natureza e matemática.

Os resultados do Enem podem ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento do curso pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em 2019 o Sisu ofereceu 235,4 mil vagas, distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Além de universidades brasileiras, os estudantes podem se inscrever em 37 instituições portuguesas que têm convênio com o Inep. 

Por Agência Brasil


Começou nesta quinta-feira (7) o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) 2019. Os contribuintes terão até 30 de abril para acertar as contas com a Receita. As regras para a entrega do ajuste anual estão na Instrução Normativa 1871/2019, da Receita Federal, publicada no Diário Oficial da União de 22 de fevereiro. De acordo coma a Receita Federal, quem tem restituição para receber, quanto mais cedo enviar a declaração mais rapidamente receberá o valor.
As restituições são liberados prioritariamente para idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.
O programa para fazer a Declaração do Imposto de Renda deste ano está disponível desde a última semana. O Fisco espera receber neste ano 30,5 milhões de declarações. No ano passado, foram entregues 29,27 milhões. Do total previsto para 2019, a expectativa é que entre 700 mil e 800 mil declarações sejam feitas por tabletse smartphones. Em 2018, 320 mil declarações foram feitas por meio de dispositivos móveis.
A Receita promete acelerar o processamento da declaração este ano. Assim, o contribuinte pode checar no e-CAC se há alguma pendência na declaração e fazer correções.
No site da Receita, é possível conferir uma série de perguntas e respostas sobre a declaração deste ano.
Depois do Prazo
A declaração depois do prazo deve ser apresentada pela internet, utilizando o PGD IRPF 2019 ou o serviço “Meu Imposto de Renda”, ou em mídia removível, nas unidades da Receita Federal, durante o seu horário de expediente.
A multa para quem apresentar a declaração depois do prazo é de 1% ao mês ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o Imposto sobre a Renda devido, com valor mínimo de R$ 165,74, e máximo de 20% do Imposto sobre a Renda devido.
Lotes de restituição
As restituições do Imposto de Renda serão feitas em sete lotes, a partir de junho deste ano: o primeiro sairá no dia 17 de junho; o segundo em 15 de julho; o terceiro, no dia 15 de agosto; o quarto em 16 de setembro; o quinto, no dia 15 de outubro; o sexto em 18 de novembro; e o sétimo em 16 de dezembro.
Programa
A declaração pode ser feita de três formas: pelo computador, por celular ou tablet ou por meio do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC). Pelo computador, será utilizado o Programa Gerador da Declaração - PGD IRPF2019, disponível no site da Secretaria da Receita Federal.
Também é possível fazer a declaração com o uso de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, por meio do aplicativo “Meu Imposto de Renda”. O serviço também está disponível no e-CAC no site da Receita, com o uso de certificado digital, e pode ser feito pelo contribuinte ou seu representante com procuração.
O contribuinte que tiver apresentado a declaração referente ao exercício de 2018, ano- calendário 2017, poderá acessar a Declaração Pré-Preenchida no e-CAC, por meio de certificado digital. Para isso, é preciso que no momento da importação do arquivo, a fonte pagadora ou pessoas jurídicas tenham enviado para a Receita informações relativas ao contribuinte referentes ao exercício de 2019, ano-calendário de 2018, por meio da Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (Dirf), Declaração de Serviços Médicos e de Saúde (Dmed), ou a da Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias (Dimob).
Segundo a Receita, o contribuinte que fez doações, inclusive em favor de partidos políticos e candidatos a cargos eletivos, também poderá utilizar, além do Programa Gerador da Declaração (PGD) IRPF2019, o serviço “Meu Imposto de Renda”.
Para a transmissão da Declaração pelo PGD não é necessário instalar o programa de transmissão Receitanet, uma vez que essa funcionalidade está integrada ao IRPF 2019. Entretanto, continua sendo possível a utilização do Receitanet para a transmissão da declaração.
O serviço Meu Imposto de Renda não pode ser usado em tablets ou smartphonespara quem tenha recebido rendimentos superiores a R$ 5 milhões.
Obrigatoriedade
Estará obrigado a apresentar a declaração anual o contribuinte que, no ano-calendário de 2018, recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, quem obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50
Também estão obrigadas a apresentar a declaração pessoas físicas residentes no Brasil que no ano-calendário de 2018:
- Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
- Obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
- Pretendam compensar, no ano-calendário de 2018 ou posteriores, prejuízos com a atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2018;
- Tiveram, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;
- Passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e nessa condição encontravam-se em 31 de dezembro; ou
- Optaram pela isenção do Imposto sobre a Renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato.
CPF de dependentes
Neste ano, é obrigatório o preenchimento do número do CPF de dependentes e alimentados residentes no país. A Receita vinha incluindo essa informação gradualmente na declaração. No ano passado, era obrigatório informar CPF para dependentes a partir de 8 anos.
Dados sobre imóveis e carros
Em 2019, não será obrigatório o preenchimento de informações complementares em Bens e Direitos relacionadas a carros e casas. A previsão inicial da Receita era que essas informações passassem a ser obrigatória neste ano, mas devido à dificuldade de contribuintes de encontrar os dados, o preenchimento complementar não precisa ser feito.
Desconto simplificado
A pessoa física pode optar pelo desconto simplificado, correspondente à dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitado a R$ 16.754,34.
Deduções
O limite de dedução por contribuição patronal ficou em R$ 1.200,32, devido ao reajuste do salário mínimo. No ano passado, o limite era R$ 1.171,84. Se não houver nova lei, este é o ultimo ano em que há a possibilidade dessa dedução de contribuições pagas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por patrões de empregados domésticos com carteira assinada. Essa medida começou a valer em 2006 para incentivar a formalização dos empregados domésticos.
A dedução por dependente é de, no máximo, R$ 2.075,08 e, para instrução, de R$ 3.561,50.
Os contribuintes também podem deduzir valores gastos com saúde, sem limites, como internação, exames, consultas, aparelhos e próteses, e planos de saúde. Nesse caso é preciso ter recibos, notas fiscais e declaração do plano de saúde e informar CPF ou CNPJ de quem recebeu os pagamentos.
As chamadas doações incentivadas têm o limite de 6% do Imposto de Renda devido. As doações podem ser feitas, por exemplo, aos fundos municipais, estaduais, distrital e nacional da criança e do adolescente, que se enquadram no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Segundo a Receita, neste ano o formulário sobre as doações ao ECA vai ficar mais visível.
Aqueles que contribuem para um plano de previdência complementar – Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e Fundo de Aposentadoria Programada Individual (Fapi) - podem deduzir até o limite de 12% da renda tributável.
Por Agência Brasil


Cordisburgo realizou com sucesso o CarnaCordis 2019, com muita música, fantasia e diversão.

O evento foi uma realização da Prefeitura de Cordisburgo, através da Secretaria de Turismo, Ecologia e Meio Ambiente, juntamente com a de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, contando ainda com o apoio do COMTUR, Comércio da Avenida Padre João, Arraial do Conto, Sertão Comunicação Visual, Cordis Notícias, Polícia Militar, Câmara Municipal, Secretaria de Obras e Secretaria de Saúde.

O carnaval foi iniciado na sexta-feira com o tradicional desfile e comemoração das escolas. À noite a abertura oficial ficou a cargo do Bloco do Boi da Manta, juntamente com os Acadêmicos do Rosa que abrilhantaram a cidade, mesmo debaixo de chuva, com muita alegria e comemoração.

No sábado, o Bloco Acadêmicos do Rosa desfilou novamente na avenida, realizando ainda a entrega oficial das camisas aos membros do grupo. Finalizando, o cordisburguense Matheus Borges e sua Banda apresentaram várias músicas carnavalescas.

Já no Domingo, um trio elétrico embalou um grande número de pessoas pelas ruas da cidade, durante a quinta edição da já tradicional Caminha Alcoológica. Enquanto isso, acontecia na Av. Padre João, matinê das crianças. Durante à noite, a Banda do Popota, de Pedro Leopoldo finalizou as festividades do dia.

Na segunda-feira, o "Bloco das Loucas", reuniu centenas de pessoas vestidas à caráter, desfilando ao sol dos Acadêmicos do Rosa, realizando ainda homenagem a dois dos idealizadores e membros do Bloco por vários anos, Hércules e Pri, que devido a problemas de saúde estão com sério problemas visuais. O excelente Grupo Allegretto encerrou o dia com um grande show musical.

No último dia, o Grupo Allegretto voltou para alegrar a matinê das crianças. Os Acadêmicos do Rosa e Bloco Boi da Manta desfilaram novamente pela Avenida com muita alegria, boa percussão e lindas fantasias, sobretudo de palhaços. Por fim, fechando com chave de ouro, Matheus Borges e Banda realizando um excelente show.

O CarnaCordis resgata os velhos tempos de carnaval, com muitas marchinhas, fantasia e diversão familiar.

Diante da crise atual, a Prefeitura de Cordisburgo foi a que menos gastou entre as cidades da região que realizaram o carnaval. Segundo o Portal da Transparência do município, entre a estrutura e show, foram gastos aproximadamente R$ 30.000,00. Em contraste, pode-se comparar com a cidade vizinha de Araçaí, que em Ata de Registro de Preços divulgada em seu site oficial, orçou somente a estrutura do carnaval no valor de R$ 107.900,00.

Portanto, Cordisburgo está de parabéns pelo excelente carnaval realizado, com muita alegria e diversão.

Por Lucas Gustavo

































































































































































































Tecnologia do Blogger.