Catapoesia foi concebido em fkns de 2008 e seu primeiro livro lançado em 2009. A ideia era 'catar' a poesia do dia-a-dia e transformá-la em livros com capa de papelão - cartoneros -, como são conhecidos internacionalmente.

Em Cordisburgo, ele iniciou-se em 2011,com a formação do Coletivo 'Loucos por Memória' que produziu até 2016 próximo de dez títulos após pesquisa, coleta de memórias orais, produção, lançamento e divulgação. Em 2013, ele foi certificado como Tecnologia Social pela FBB - Fundação Banco do Brasil.

Desde seu início na Cidade do Coração, Catapoesia foi acolhido pelos moradores, Academia Cordisburguense de Letras, Espaço Ave Palavra, Museu Casa Guimarães Rosa, Associação dos Amigos do Museu e comércio local.


Entre 2014/2016, em parceria com o mestre Brasinha (Espaço Ave Palavra), coordenou o projeto 'Ponto de Memória Recordança pelo IBRAM - Instituto Brasileiro de Museus,gerando como produtos vídeos e livros, além de inventariar alguns objetos do Espaço e um Seminário sobre Educação Patrimonial.

E é com muito orgulho que já participou de sete das trinta Semanas Rosianas, sendo encantadamente acolhido.

Além de expor seus trabalhos durante esta XXX Semana,também lançará pelo Projeto 'Muros de Ser-Tão' cinco livros, nesta sextas, às 15h, no Museu Casa Guimarães Rosa.

Quem quiser conhecer os livros e prosear é só aparecer em frente ao Museu.



Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.