O que o Cruzeiro não apresentou no clássico de ida da final do Campeonato Mineiro e na partida contra o Vasco pela Copa Libertadores, mostrou na decisiva partida do Estadual contra o Atlético, na tarde deste domingo (8), no Mineirão. Tanto que venceu o Galo por 2 a 0, gols de Arrascaeta e Thiago Neves, e conquistou o título em cima de seu arquirrival. Mais do que a vitória o time de Mano Menezes cumpriu a profecia do torcedor Rafael Padovani, conhecido por pintar o rosto de azul e torcer nas arquibancadas.
Como precisava vencer por dois gols de diferença, já que havia perdido a primeira partida por 3 a 1, o Cruzeiro fez valer sua vantagem e deu em campo a resposta: “Não acabou, não. Domingo tem mais”, disse o torcedor que acabou virando meme. E ele tinha razão, o título não estava decidido. A vitória por 2 a 0 comprovou a superioridade celeste no campeonato e garantiu o 37º troféu Mineiro aos celestes.
A festa
A torcida compareceu, fez o espetáculo na arquibancada e deu ao clássico os ingredientes que apimentam ainda mais a rivalidade. Antes da partida os atleticanos espalharam cartazes provocando os rivais, chamando-os de “Maria Bailarina”, em referência à apresentação artística ocorrida na posse do presidente celeste Wagner Pires de Sá.
O troco dos cruzeirenses aconteceu com uma faixa afixada dentro do Mineirão. OS torcedores da Raposa indicavam como “galinheiro” o setor onde os atleticanos estavam no Gigante da Pampulha.
Os mais de 49 mil cruzeirenses presentes ao Mineirão cantaram alto, calaram o torcedor adversário e fizeram uma bela festa com cânticos, bandeiras e luzes nas arquibancadas. Uma interação intensa que transformou o Mineirão em um caldeirão. 
“É campeão, É campeão”, gritavam os cruzeirenses enquanto os atleticanos viam toda a festa em silêncio. Até um princípio de confusão com a polícia aconteceu no setor dos visitantes, que ainda ouviram “ão, ao, ão, segunda divisão”, pela disputa da Série B em 2006.
Fogos de artifício, hino do clube e euforia na entrega da taça também marcaram a comemoração do Cruzeiro. A volta olímpica coroou a conquista do clube estrelado, o melhor da primeira fase do Campeonato Mineiro. Festa azul em Belo Horizonte. 
Agora o clube se concentra nos jogos da Copa Libertadores e no Campeonato Brasileiro que começa para a Raposa no dia 14, contra o Grêmio.

Por Hoje Em Dia

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.