Durante a manhã desta quinta-feira (09), por volta das 9h, a Policia Militar agiu rápido e prendeu quatro suspeitos de terem tentado roubar um carro, na rua rua Dr. Idelfonso Mascarenhas, na cidade de Cordisburgo.

Segundo informações da PM, os militares realizavam patrulhamento na região central da cidade, quando receberam o chamado da vítima M.V.M, alegando que três indivíduos haviam tentado roubar o seu veículo dentro da garagem de sua residência, e relatou que os autores estavam em fuga e ocupava um veículo Corola Preto.

Diante das informações, os militares realizaram patrulhamento na MG-231, no sentido BR-040, onde tiveram contato visual do veículo ocupado pelos autores. Diante disso, abordaram o veículo, ocupado por Y.J.S.F 21 anos, W.S 38 anos, H.D.D 30 anos e R.S.C de 34 anos.

O condutor do veículo alegou para os militares que é motorista do aplicativo UBER, e havia sido contratado pelo suspeito H. D. D., para fazer uma corrida até Sete Lagoas, e quando chegaram a cidade, o indivíduo pediu para o motorista seguir viagem até Cordisburgo, e deram uma volta na cidade.

Ainda segundo o motorista, depois de rodar a cidade, os meliantes pediram para ele parar perto de uma esquina, próximo ao endereço da tentativa de furto, que os suspeitos iam até a casa de uma menina que eles tinham conhecido pelo Facebook, e alegaram que iam voltar. Logo em seguida, eles voltaram correndo, e pediram para ir embora pela MG-231, no sentido da BR-040

Um dos suspeitos confessou para a polícia que tinham ido para Cordisburgo realizar o furto do veículo, que logo em seguia seria clonado. O autor ainda afirmou que no momento da ação, eles foram surpreendidos pelo proprietário do veículo e saíram correndo de volta para o Corola Preto que os aguardava.

Diante disso, os autores foram presos em flagrante e encaminhados para a delegacia de Policia Civil em Sete Lagoas. O veículo foi removido para o pátio credenciado.

Com Tecle Mídia

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.