Pela sua originalidade, o nome Cordisburgo pode causar surpresa e estranheza. Cordis vem do latim coração e burgo é a adaptação portuguesa de burgs, palavra germânica que traz entre seus significados o de pequena cidade, vila, aldeia. Assim, no sentido literal, Cordisburgo é a Cidade do Coração. Segundo escreve Waldemar de Almeida Barbosa no verbete dedicado a Cordisburgo em seu dicionário histórico-geográfico de minas gerais, o coração a que se refere o nome é o Sagrado Coração de Jesus, objeto de devoção tradicionalmente cultuado na Diocese de Mariana, em cujo seminário estudou e foi ordenado o padre João de Santo Antônio, o fundador de Cordisburgo.


Igreja Sagrado Coração / ´Zoológico de Pedras / Estação Ferroviária
“Tomando da inspiração da paisagem a loci opportunitas, declarou-se a erguer ao Sagrado Coração de Jesus um templo, naquele mistério geográfico. Fê-lo e fez-se o arraial, a que o fundador chamou 'o Burgo do Coração'.”
Trecho do discurso de Guimarães Rosa em posse na Academia Brasileira de Letras em 16/11/1967


Cordisburgo / Fotografia de National Geographic / Início séc.XX
“Mais eu murmure e diga, ante macios morros e fortes gerais estrelas, verde o mugibundo buriti, buriti, e a sempre-viva-dos-gerais que miúdo viça e enfeita: O mundo é mágico. — Ministro, está aqui CORDISBURGO.” Trecho do discurso de posse na Academia Brasileira de Letras em 16/11/1967


LOCALIZAÇÃO

O município de Cordisburgo está localizado na região centro-norte do Estado, distante, aproximadamente 120 km de Belo Horizonte por via rodoviária. Seu acesso principal a partir de BH, situa-se na BR-040, sentido Brasília, sendo 93km até Pousada Maquiné, entrando à direita na Rodovia MG –231 e mais 22 km até a cidade de CORDISBURGO.

A partir de Curvelo são 44 km, sendo 6 km de estrada pavimentada e 38 km de estrada não pavimentada pela MG-754 até Cordisburgo.




Tecnologia do Blogger.