A concessionária Via 040, empresa administrada pela Invepar e responsável pelo trecho da BR-040, de Brasília a Juiz de Fora - passando pela nossa região, em um total de 936,8 quilômetros, protocolou no ultimo dia 11/9, solicitação de devolução amigável da concessão do trecho.

Caso a ANTT, aceite tal pedido, que ainda está sob análise da agencia, os investimentos serão suspensos, cabendo a concessionária executar apenas, serviços de operação, manutenção e conservação.

Segundo a ANTT, a redução de investimentos será acompanhada de redução tarifária dos "pedágios", porém, ainda não há valor definido. Assim, ao longo dos próximos dois anos, o Governo Federal deverá finalizar os estudos para uma nova concessão do trecho.
Cabe destacar, que os serviços de operação com inspeção 24 horas e socorro médico e mecânico, e ainda, a manutenção da rodovia, com trabalhos de conservação, sinalização e manutenção do piso, continuarão a ser executados sem nenhum prejuízo aos usuários - disse a empresa em nota.

A Via 040 desde que assumiu a concessão em 2014, fez investimentos vultosos e atendeu em média 100 ocorrências diariamente e chegou a repassar R$ 26 milhões de Impostos Sobre Serviços (ISS) aos 35 municípios que margeiam a rodovia. Houve enorme redução (32%) do número de acidentes com vítimas fatais ente 2014 e 2017; considerando todo o trecho sob sua responsabilidade.

A invepar alega ainda, que o projeto inicial da concessão, datado de 2013, foi totalmente desconfigurado pelas alterações nas condições previstas na licitação e pelos impactos negativos da crise econômica que o Brasil enfrenta desde 2014.

A Via 040, informa também, que já havia sinalizado estes entraves, com um pedido de revisão do contrato junto à ANTT em maio deste ano.

Repórter Adriano Bossi - com matéria de Marcelo Sander- Jornal Sete Dias/Sete Lagoas

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.