O prefeito de Baldim, na região Central, João Antônio da Trindade (PT), mais conhecido como Zito, de 58 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira pela Polícia Civil de Minas Gerais acusado pedofilia e uso indevido de bem público.

A prisão é resultado de pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Procuradoria de Justiça de Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, que investiga o líder do executivo desde a semana passada.

Segundo o MPMG, uma representação feita ao órgão trouxe relatos de que Trindade teria trocado mensagens de cunho pornográfico com um adolescente de 16 anos, utilizando, inclusive, aparelho celular de propriedade da prefeitura.

Ainda de acordo com o MP, as investigações preliminares e o depoimento do adolescente confirmaram o teor das denúncias, levando o órgão a requerer ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) a prisão preventiva do acusado, o que foi acatado pelo desembargador do caso. Nesta segunda-feira, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa e no gabinete do prefeito, onde foram recolhidos computadores e telefones celulares.

A Polícia Civil de Minas Gerais informou que o prefeito foi encaminhado para o sistema prisional do Estado, mas, por normas de protocolo, não informou em qual presídio ele está. A polícia informou que não dará mais detalhes sobre o caso para que a investigação seja mantida em sigilo.

Com informação de O Tempo e Tecle Mídia
Imagem: Reprodução/Internet

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.