Em Dezembro de 2012, o escritor mineiro Fernando Kavera lançou seu terceiro livro intitulado “Sinfonia Cordisburgo”, durante uma movimentada noite de autógrafos no Café com Letras, na cidade de Belo Horizonte.

O novo livro do escritor mineiro descreve os problemas típicos do homem contemporâneo. Trata-se de um romance escrito numa linguagem direta, objetiva, despretensiosa, sem adornos excessivos. Conta a história de Cesar Gabriel, músico solitário, bêbado e misantropo, que tem como novo vizinho um maestro recém-chegado à cidade para assumir a principal orquestra do estado. Certa noite, o maestro o escuta tocar violoncelo com efeitos de guitarra, o que lhe chama a atenção pela técnica e inventividade.
Em face de um misterioso acidente com o chefe dos violoncelistas da orquestra, o maestro convida Cesar a assumir esse posto, no qual ele acaba por se apaixonar por Aida, musa da orquestra, também violoncelista e, para surpresa de Cesar, filha do regente. A partir desse momento, em meio a mistérios, desaparecimento, isolamento e redenção, Cesar envolve-se numa trama alucinante.
"O livro traz alguns traços autobiográficos. A apoteose do protagonista, por exemplo, é a apresentação de uma obra sinfônica homônima ao título do livro", diz o autor. Isso porque, na realidade, Kavera também escreveu uma "Sinfonia Cordisburgo", em quatro movimentos, que a Orquestra Musicoop gravou com regência do americano Mark Lambert.
Conheça a Sinfonia Cordisburgo através da Orquestra Musicoop:


Com informações de Jornal do Belvedere e O Tempo

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.