O sábado foi bastante movimentado no Haras M G Endurance, em Caetanópolis - cidade vizinha à Cordisburgo , onde se encontra uma das melhores referencias para a prática do esporte no Brasil.

Ali, no Haras Minas Gerais, são oferecidas estrutura de primeira linha e trilhas que combinam beleza e segurança para os praticantes do esporte equestre.

Esta etapa, foi a 3ª que o haras recebeu para a Copa Chevaux de Enduro - prova inserida no calendário do Campeonato Brasileiro da modalidade.

Mas de 80 cavaleiros se reuniram para o grande evento festivo; entre os quais, alguns dos maiores nomes do enduro brasileiro - a bicampeã brasileira Mônica Graziano; o atual campeão de 120 km, Paulo Roberto dos Santos e o melhor brasileiro colocado no ranking internacional de Young Riders - José Caio Vaz.

O evento contou ainda, com Campeonato Mineiro de Paraenduro - com as categorias 5, 10 e 15 km, além de provas de todos os níveis, com percursos de 20 km até a disputa dos 120 km de distancia, que teve 26 conjuntos inscritos.


A Chevaux, se iniciou com a certeza de que seria possível fazer mais pelo esporte equestre em nosso país. 

O objetivo era explorar todo o potencial das modalidades, conquistando visibilidade, investimentos e mais praticantes.

Para superar todos os desafios, a estratégia deveria se concentrar em oferecer eventos de alta qualidade, dando suporte aos atletas e criando oportunidades para os patrocinadores.
Leonardo Abreu - Endurista e Diretor proprietário do Haras Minas Gerais, localizado em Caetanópolis, diz que a sua paixão por cavalos é de família, vem de gerações.

Seus tios, sempre foram criadores de cavalos Árabes e o seu tio-avô - o cordisburguense e escritor João Guimarães Rosa, também escrevia seus livros, desbravando os sertões no lombo de um cavalo.

Por Adriano Bossi - Com dados da Assessoria de Imprensa do HMGE

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.