O serviço de transporte escolar que a Prefeitura de Cordisburgo disponibiliza aos alunos da zona rural, está operando com alguma deficiência e necessitando de uma reformulação.
A situação não é de agora, mas recentemente, denúncias chegaram ao conhecimento dos vereadores Aldair Marques e Gilson Alves que, imediatamente apresentaram os problemas na Câmara Municipal.
E na Reunião do Legislativo, do dia 08 de junho, foi constituída uma Comissão com os vereadores Gilson Rodrigues Alves (Pres.), Paulo Eduardo Rocha (Vice) e Arnaldo de Paula Ferreira (Relator), para verificar a real situação do transporte escolar no município.
Todas as 15 linhas escolares, que percorrem diariamente todos os longos e sinuosos trajetos das estradas vicinais, foram verificadas e pode se apurar e constatar o seguinte:
Falta de manutenção adequada nos veículos, às vezes deixando muito à desejar.
Estradas por onde trafegam os ônibus, se encontrando em estado precário.
Falta de monitores a bordo, para o acompanhamento dos alunos.
Cobrança de passagens a não estudantes, em uma das linhas. Em outra, número de alunos (7) ultrapassa a capacidade de lotação do veículo.
Motoristas pleiteando o recebimento de horas trabalhadas em excesso (extras) e nem sempre recebidas.
Em cima dos fatos apurados, a comissão passou a Presidência da Câmara um completo relatório, para que o mesmo, seja encaminhado ao Prefeito Municipal e ao Secretário de Educação, para que as necessárias providências sejam tomadas.

Repórter Adriano Bossi

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.