A Aneel - Agência Nacional de Energia Elétrica, reconhece que cometeu erro ao cobrar a mais dos consumidores nas contas de energia durante 2015 e 2016 e agora, devolverá o valor nas contas de luz, devidamente acompanhada de uma explicação.

A tarifa se refere a uma cobrança feita a todos os consumidores, para custear a geração de energia de Angra 3, que deveria entrar em operação no ano passado - o que não ocorreu. A usina não ficou pronta e os consumidores foram antecipadamente obrigados a pagar pela obra.

O valor pago pelos consumidores implicou em mais de R$ 1,8 bilhão nas tarifas do país e agora, a determinação é de que as distribuidoras devolvam o valor imediatamente.

A Aneel, inicialmente, considerou devolver os recursos corrigidos nas conta de luz ao longo de um ano, mas, de acordo com o diretor geral da agência, Romeu Rufino, a decisão nova, é por fazer uma retificação nas contas de uma só vez.

"A orientação é para a pronta devolução daquilo que foi arrecadado com base em uma previsão errada".

Mas, a decisão final sobre como será feito o pagamento, vai ser tomada pela agência de energia elétrica, no dia 28 de março.

Que esta ação possa ser favorável aos consumidores e que seja efetivada imediatamente, é o que todos esperam.

Por Adriano Bossi

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.