A Diocese de Sete Lagoas publicou na manhã desta terça-feira (17), nota informando que o Bispo Diocesano, Dom Guilherme Porto, sofreu um sequestro relâmpago, nesta segunda-feira (16).

CONFIRA A CARTA DA DIOCESE NA INTEGRA:

No dia de ontem (16), o nosso Bispo Diocesano, Dom Guilherme Porto, foi novamente assaltado. Hoje, logo pela manhã entrei em contato particular com o mesmo que me esclareceu: “Dois rapazes jovens me pegaram e levaram-me até a região de Belo Horizonte e me deixaram próximo ao CEASA, levaram o carro da Diocese e dinheiro, felizmente eu não estava com cartão de crédito e nem celular. Consegui rapidamente contactar-me à um carro da polícia ao qual me levou até Contagem e registrei um Boletim de Ocorrência.”

Dom Guilherme já se encontra em sua residência, aqui em Sete Lagoas, com ele, fisicamente nada foi feito pelos criminosos, “foi apenas mais um susto” – disse o bispo. Assim, peço à nossa comunidade que esteja em oração pelo nosso pastor. Dom Guilherme Porto, no dia 12 de outubro de 1998, em Sete Lagoas foi ordenado bispo para essa Igreja particular.
Dom Guilherme é o quarto e atual Bispo Diocesano, da Diocese da qual Cordisburgo faz parte, e completará 75 anos de idade no próximo sábado (21), aproximando-se então do início do processo de renúncia do Serviço Pastoral à frente de nossa Igreja Particular.

Com Tecle Mídia e Mega Cidade

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.