No último sábado (17/9), as escolas da rede estadual de ensino realizaram as atividades da Virada Educação Minas Gerais, dedicada  à mobilização de estudantes, pais, professores e funcionários para mostrarem à comunidade as ações que desenvolvem. Outro objetivo é o chamamento de jovens em situação de evasão escolar, para que retomem os estudos.
Cada escola realizou suas atividades de acordo com quatro tipos de ações: diálogos, que englobam ações como rodas de conversas, debates e mesas redondas; exibições, ações que explorem linguagens audiovisuais, apresentações artísticas ou mostras; intervenções, iniciativas que englobam atividades relacionadas a passeatas e visitas à comunidade; e trilhas e oficinas, que são ações de caráter formativo, oficinas e jogos.

A Escola Estadual Mestre Candinho, em Cordisburgo, e a Escola Estadual Anísio Teixeira em Lagoa Bonita organizaram feiras científicas e culturais, mobilizando toda a comunidade.

A Secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, ressaltou a importância da participação da comunidade nas atividades da Virada Educação: “Nós temos que resgatar o envolvimento da comunidade com a escola. A comunidade tem que estar presente, eles ainda estão entendendo a importância da participação deles no aprendizado dos alunos”. Como estratégia para atrair a comunidade, a diretora destaca as atividades abertas promovidas pelas escolas: “temos que deixar de usar só o espaço da sala de aula e usar todo o espaço - o pátio, a quadra, área verde, praça – com atividades como hip hop, informática, capoeira, futebol. Nossa filosofia é receber bem a comunidade e tratar todos muito bem”, conclui.

Com Agência Minas. Editado.

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.