Doze cidades mineiras vão ser beneficiadas e terão ligação aérea direta com a capital, entre elas está o município de Curvelo. O projeto de integração do modelo aéreo é uma iniciativa da Codemig, em parceria com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas e tem como objetivo promover o desenvolvimento econômico regionalizado.
Com o valor das passagens variando entre R$ 200 e R$ 220, o serviço dificilmente irá se tornar tão popular quanto as viagens por terra, mas ainda sim será um facilitador em termos econômicos e turísticos. 
Vale lembrar que uma viagem de ônibus de Curvelo até a capital tem a duração média de 3 horas e um custo aproximado de R$ 50, enquanto que em uma viagem aérea este percurso seria de apenas 27 minutos.
A partir da segunda quinzena de agosto os 12 municípios da primeira fase do projeto - Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Juiz de Fora, Muriaé, Patos de Minas, Ponte Nova, São João del Rei, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa - passarão a contar com voos fretados para Belo Horizonte.
O projeto visa fomentar os negócios regionais, desenvolver o turismo e facilitar o deslocamento de moradores do interior a Belo Horizonte, permitindo que tenham acesso rápido a eventos e serviços disponíveis na capital.

Para Minas Gerais, que possui uma área total de quase 600 mil quilômetros quadrados, o investimento na regionalização por meio do transporte aéreo é estratégico e indispensável para atender à meta de redução das desigualdades nos 17 territórios de desenvolvimento criados pelo Governo do Estado.

A nova forma de se chegar até a capital pode não ser muito atrativa para a maioria das pessoas, que certamente irão optar pelo carro ou ônibus quando precisarem viajar. Mas a possibilidade de se economizar duas horas e meia de viagem pode ser um atrativo e tanto para quem precisa de tempo.
A compra de passagens ainda não está disponível e deverá ser feita apenas através do cartão de crédito. Você encontrará mais informações e a tabela completa com os valores das passagens no site www.voeminasgerais.com.br. Lá você também pode conferir a lista com as doze cidade contempladas pelo projeto.
Fonte: Click Curvelo e Agência Minas

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.