Quando Paulo Roberto, 63, técnico em eletrônica aposentado, consertou uma lâmpada pela primeira vez, a reação dele foi a de surpresa e de alegria ao ver a luz se acender. Ciente do que isso poderia representar para o meio ambiente e para diversas pessoas, não hesitou em trabalhar para iluminar centenas de residências gratuitamente e também os pensamentos de muitos indivíduos em relação à sustentabilidade.

O candidato irá realizar uma palestra na sede da Banda de Música Vitalina Corrêa sobre seu trabalho voluntário, em data ainda a ser marcada, sendo apoiado neste concurso pelo presidente da banda, Sargento Leonardo Leandro, que é amigo pessoal de Paulo.

A trajetória do aposentado tem marcado vidas de tal forma que, agora, ele é um dos cinco finalistas do Prêmio Bom Exemplo, uma iniciativa da TV Globo Minas em parceria com o jornal O tempo.  A Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) e a Fundação Dom Cabral. A partir de hoje, você vai poder acompanhar aqui as histórias dessas cinco pessoas que têm atuado para ajudar a transformar o mundo em um lugar melhor.

Claridade. Quando uma lâmpada fluorescente deixa de funcionar nas casas de vários moradores de Sete Lagoas, cidade onde mora Roberto, localizada na região Central do Estado, o objeto já costuma ter, há 11 anos, um destino certo: as mãos desse técnico em eletrônica, que intitulou o seu projeto com o nome “De Volta à Luz”. Ele faz questão de recolher a lâmpada queimada e entregar outra recuperada, sem receber qualquer pagamento por isso.x

“A meta é não deixar o mercúrio ir para o lixo”, explica ele, uma vez que essa substância contamina a natureza, e a recomposição do ambiente pode demorar até um século para acontecer. “Praticamente todas têm conserto, e até aquelas que não podem ser recuperadas oferecem algum tipo de material para ser reutilizado”, destaca ele.

Em apenas uma semana, Roberto recebe cerca de 200 lâmpadas – entre elas também estão algumas incandescentes, que são trocadas pelas fluorescentes. “Cada uma tem um valor muito especial para mim. Sei que, em relação à quantidade desses itens presente em todo o Brasil, o que faço é bem pouco, mas é significativo. Nós nunca devemos nos desanimar a respeito disso. Se cada um achar que o que faz não tem importância, nada será realizado. O que eu sempre digo para as pessoas é: ‘Seja útil onde você estiver’”, ressalta o técnico em eletrônica. “Minha felicidade é dupla, já que ajudo o meio ambiente e também muitas pessoas que precisam”, finaliza Roberto.

Votação

De 8 a 29 de abril, você poderá votar no seu candidato preferido ao Prêmio Bom Exemplo, na categoria Cidadania. Basta acessar o site www.globominas.com/premiobomexemplo.

Com informações de Tecle Mídia e Globo Minas

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.